Compartilhe!
  •  
  • 3
  •  
  •  

Foi a 7ª vitória do proletário em casa e o 11º revés do timbu fora. Foto: Luiz Neto/Confiança.

A rodada parecia perfeita para o Náutico, com Paraná e Vitória empatando em casa e, sobretudo, com o Figueirense perdendo do lanterna. Porta aberta para a saída da zona de rebaixamento da Série B, flertando até com um salto para o 15º lugar em caso de triunfo.

Vindo de uma série invicta de cinco rodadas, o timbu vivia um momento bem melhor que o adversário, uma vez que o Confiança havia perdido as últimas cinco partidas e começava a ficar ameaçado também. Entretanto, o jogo não funcionou para o alvirrubro pernambucano, que foi inferior ao adversário, errou mais e acabou não tendo poder de reação no segundo tempo.

O scout de finalizações, entre tentativas certas e erradas, apontou 19 x 13 para o mandante, à frente tanto no 1T (10 x 7) quanto no 2T (9 x 6), via dados do SofaScore. O Confiança teve mais volume e foi mais eficiente. O timbu até contou com a volta de Kieza, que chegou a 100 jogos pelo clube, mas o atacante só teve uma chance real, numa cabeçada aos 15 da segunda etapa. Àquela altura o dragão já vencia por 1 x 0, gol de Reis num pênalti infantilmente cometido por Anderson, que fazia boa partida. O atacante marcou o seu 8º gol no BR – e o 15º no ano.

Sem Hélio dos Anjos no banco, pois o treinador testou positivo para a Covid-19, o time pernambucano fez as cinco alterações no 2T, mas sem resposta em campo, com os laterais tendo uma atuação bem abaixo – e este era um ponto favorável nas últimas apresentações. No fim, na base do tudo ou nada, Dudu errou o domínio e o contragolpe resultou no gol do volante Madison, aos 51 minutos. Confiança 2 x 0, fazendo um lá e lô no Náutico nesta competição. Este, sim, viu uma rodada perfeita, subindo para o 11º lugar e abrindo 7 pontos sobre o Z4. Quanto ao timbu, ainda em 17º, a volta pra casa, para dois jogos nos Aflitos, torcendo mais uma vez por uma rodada favorável. Desta vez desperdiçou…

Náutico em 32 rodadas na Série B de 2020
Mandante (15 jogos, 25 pts e 55.5%): 6V, 7E e 2D
Visitante (17 jogos, 10 pts e 19.6%): 2V, 4E e 11D

Escalação do Confiança (melhores: Reis, Gorne e Madison)
Rafael Santos; Thiago Ennes, Luan, Matheus Mancini e Everton (Djalma Silva, 39/2T); Amaral (Madison, 18/2T), Serginho (Rafael Vila, intervalo) e Guilherme Castilho; Reis, Renan Gorne (Jeferson Lima, 31/2T) e Iago (Alexandre Tam, 39/2T). Técnico: Daniel Paulista

Escalação do Náutico (piores: Foguinho, Hereda e Kevyn)
Anderson; Hereda (Dudu, 19/2T), Rafael Ribeiro, Camutanga e Kevyn; Rhaldney (Jorge Henrique, 28/2T), Djavan (Renan Foguinho, 8/2T e Jean Carlos (Rui, 18/2T); Vinícius (Álvaro, 19/2T), Kieza e Bryan. Técnico: Marcelo Rocha (interino)

Histórico geral de Confiança x Náutico (todos os mandos)
21 jogos
12 vitórias alvirrubras (57,1%)
4 empates (19,0%)
5 vitórias sergipanas (23,8%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Celso Ishigami, João de Andrade e Rodolpho Moreira):

Abaixo, assista aos gols da partida, através do perfil oficial da Série B no Twitter.


Compartilhe!
  •  
  • 3
  •  
  •