Compartilhe!

FPF/divulgação

Embora tenha sido superior ao dado anterior (3.396 x 2.402), a média de público do Campeonato Pernambucano de 2018 foi a segunda pior em vinte anos. Há tempos, este cenário contrasta com a tevê. Entretanto, se o esvaziamento na arquibancada não vinha sendo sentido na telinha, desta vez foi. Com uma audiência média de 648 mil telespectadores no Grande Recife, considerando as partidas exibidas na Globo Nordeste, o dado foi o menor dos últimos três anos – apesar de ainda ter sido mais que suficiente para liderar o horário.

Talvez o quadro seja numa consequência do nível técnico nos gramados, com duas das principais forças na Série C, do calendário espremido e das eliminações precoces de Sport e Santa, os clubes de maior audiência no estado, mas a verdade é que o campeonato demanda um ajuste para a próxima edição, em 2019.

Paralelamente a essa necessidade surgiu o plano comercial da competição, elaborado pela FPF numa parceria com a emissora detentora dos direitos, cujo novo acordo vai de 2019 a 2022. O documento traz os produtos à disposição para a exposição de marcas, como prismas, ações pontuais nos jogos, entrevistas coletivas com painéis especiais e até webseries com personagens locais (ex-jogadores, atores e cantores). Abaixo, a íntegra da proposta, que tem quatro categorias de negócio (diamante, platinum, ouro e prata).

Obs. Em relação às cotas, Náutico, Santa Cruz e Sport devem receber R$ 1 milhão, cada. Os clubes também receberam “luvas” pela assinatura do contrato válido pelas quatro próximas edições.

Audiência do Estadual na RMR (entre parênteses, a média pontos; ao lado, o campeão)*
2010 – 541 mil telespectadores (25,0 pts), Sport
2011 – 526 mil telespectadores (24,0 pts), Santa Cruz
2012 – 524 mil telespectadores (24,0 pts), Santa Cruz
2013 – 555 mil telespectadores (24,0 pts), Santa Cruz
2014 – 696 mil telespectadores (24,0 pts), Sport
2015 – 500 mil telespectadores (21,6 pts), Santa Cruz
2016 – 700 mil telespectadores (29,5 pts), Santa Cruz
2017 – 702 mil telespectadores (29,7 pts), Sport
2018 – 648 mil telespectadores (27,4 pts), Náutico
* Dados da MW Telereport, o instituto utilizado pela Globo NE

Transmissões do Pernambucano pela Globo Nordeste
2012 – 25 jogos (ou 18% de 138, o total de partidas)
2013 – 18 jogos (ou 13% de 138)
2014 – 14 jogos (ou 10% de 140)
2015 – 14 jogos (ou 11% de 124)
2016 – 14 jogos (ou 15% de 92)
2017 – 13 jogos (ou 13% de 95)
2018 – 16 jogos (ou 25% de 63)
2019 – 15 jogos (ou 26% de 57 – previsão)

Em relação à média de público do Campeonato Pernambucano, clique aqui.


Compartilhe!