Compartilhe!

Pipico sobe para testar para o 2º gol na Ilha, eliminando o Sport. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz.

A última rodada da fase classificatória do Campeonato Pernambucano de 2020 aconteceu 116 dias depois do previsto. Passou do dia 25 de março para o dia 19 de julho, mantendo a estrutura com cinco jogos simultâneos, praxe para a questão competitiva. Numa rodada de portões fechados, a exigência feita para um concessão precoce (na minha visão), o dia acabou sendo histórico no futebol local. A vitória coral na Ilha do Retiro eliminou o Sport ainda na primeira fase.

O leão não ficava abaixo do G4, numa classificação final do Estadual, desde 1936, no último ano da era amadora. Portanto, esta campanha já é a pior do clube na era profissional. Já vexatória, poderá ficar ainda mais dependendo do desempenho no quadrangular do rebaixamento – atual campeão, o leão terá que jogar para evitar o descenso à Série A2.

Quanto ao Santa, que já tinha a liderança geral assegurada, veio a confirmação de uma ótima campanha. Pelo cenário antes da pandemia, o time decidiria todos os jogos no Arruda, mas, por determinação do governo do estado, os jogos finais dos times da capital vão acontecer na Arena Pernambuco, mesmo sem público. Se Santa e Salgueiro já estavam na semifinal, o domingo confirmou quatro times nas quartas: Retrô, Náutico, Central e Afogados. Os quatro venceram na rodada. Os outros dois que ainda tinham chances, Sport e Petrolina, perderam.

A seguir, um resumo dos 5 jogos e os destaques, além da classificação do turno e a agenda do mata-mata. Ao todo, em 45 jogos no PE, já foram marcados 109 gols, com média de 2,42.

Sport 1 x 2 Santa Cruz – Com dois gols de Pipico, o tricolor venceu o clássico e terminou a fase com 92,5% de aproveitamento, invicto. Já o rival foi eliminado na 1ª fase, num vexame colossal.

Afogados 1 x 0 Vitória – A coruja quase se complicou, mas venceu a Acadêmica e avançou. Porém, não obteve a vaga na Série D de 2021 (jogará na D em 2020, mas pela campanha no PE 2019).

Salgueiro 1 x 2 Náutico – Pressionado, o timbu correspondeu e confirmou a vaga na G4, embora não possa exercer o mando de campo nos Aflitos – o jogo pelas quartas será na Arena PE.

Decisão 0 x 5 Central – Mesmo na condição de visitante, a patativa atuou em Caruaru, mas no Antônio Inácio. Com 2 gols de Leandro Costa, o time aplicou a maior goleada desta edição.

Retrô 5 x 0 Petrolina – O estreante também estabeleceu a maior goleada da competição, terminando com o ataque mais positivo do campeonato. Foram 20 gols em 9 jogos, média de 2,22.

A classificação do turno após 9 rodadas
1º) 25 pontos (8V, 1E, 0D) – Santa Cruz (+12 SG; 16 GP)
2º) 16 pontos (5V, 1E, 3D) – Salgueiro (+3 SG; 12 GP)
3º) 15 pontos (4V, 3E, 2D) – Retrô (+10 SG; 20 GP)
4º) 15 pontos (4V, 3E, 2D) – Náutico (+4 SG; 13 GP)
5º) 13 pontos (3V, 4E, 2D) – Central (+4 SG; 10 GP)
6º) 13 pontos (3V, 4E, 2D) – Afogados (0 SG; 13 GP)
7º) 11 pontos (2V, 5E, 2D) – Sport (+3 SG; 10 GP)
8º) 7 pontos (1V, 4E, 4D) – Petrolina (-10 SG; 6 GP)
9º) 4 pontos (1V, 1E, 7D) – Decisão (-18 SG; 6 GP)
10º) 2 pontos (0V, 2E, 7D) – Vitória (-8 SG; 3 GP)

Mata-mata
Com esta classificação, teremos Náutico x Central e Retrô x Afogados pelas quartas de final, ambos os duelos em jogos únicos na Arena Pernambuco, no próximo domingo. Os vencedores vão enfrentar Santa Cruz e Salgueiro, respectivamente, também em jogos únicos na semi. O carcará, porém, poderá atuar no Cornélio. A fase semifinal está prevista para o dia 29/07, enquanto a decisão, a única etapa em ida e volta, será nos dias 2 e 5 de agosto.

26/07 (16h00) – Náutico x Central (Arena PE), Globo
26/07 (20h00) – Retrô x Afogados (Arena PE), SporTV

Quadrangular do rebaixamento
Criada nesta edição, a etapa conta com os quatro eliminados na 1ª fase, que vão se enfrentar em turno único. Os dois piores colocados no quadrangular serão rebaixados à Série A2 de 2021.

1ª rodada
27/07 (16h00) – Sport x Vitória (Ilha do Retiro)
27/07 (16h00) – Petrolina x Decisão (Paulo Coelho)

2ª rodada
31/07 (16h00) – Decisão x Sport (Antônio Inácio)
31/07 (16h00) – Vitória x Petrolina (Lacerdão)

3ª rodada
03/08 (16h00) – Sport x Petrolina (Ilha do Retiro)
03/08 (16h00) – Decisão x Vitória (Antônio Inácio)

Artilheiros
6 gols – Pipico (Santa);
5 gols – Diego Ceará (Afogados); Willian Lira (Retrô)
4 gols – Muller Fernandes (Salgueiro); Brocador (Sport); Leandro Costa (Central)
3 gols – Bruninho (Petrolina); Willian Anicete (Salgueiro); Janderson (Retrô)
2 gols – Candinho e Douglas Bomba (Afogados); Aruá e Kady (Decisão); Kieza, Matheus Carvalho e Salatiel (Náutico); Hudson (Petrolina), Héricles, Marlon e Valdeir (Retrô); Danny Morais e Fabiano (Santa)
1 gol – Aurélio, Edivan, Júnior Mandacaru e Phillip (Afogados); Adailson, Allan Miguel, Bambam, Caíque e Soares (Central); Éverton, Felipe Almeida (Decisão); Carpina, Erick, Erick Daltro, Jean Carlos, Jorge Henrique e Thiago (Náutico); Nildo (Petrolina); Anderson, Charles, Fabiano, Jaildo, Marcinho e Thiaguinho (Retrô); Ciel, Daniel, Renato e Richard (Salgueiro); Patrick, Jeremias, Mayco Félix, Toty, Victor Rangel e William Alves (Santa); Barcia, Ewandro, Juninho, Marquinhos e Yan (Sport); Erverson, Fabinho Vitória e Lucas Santos (Vitória)

Análise detalhada dos jogos
Santa vence aos 50 e elimina o Sport na 1ª fase do PE. A pior campanha do leão em 84 anos

Náutico vence a primeira das decisões seguidas fora de casa. No Estadual, avançou


Compartilhe!