Compartilhe!

Acima, o time do Central em 1937, o primeiro representante do interior no Estadual.

Da Jaqueira ao Lacerdão, foram mais de 166 mil minutos de bola rolando com o Central em campo. Fundado em 1919, o clube fez história ao contratar Zago em 1937, junto ao Atlético-MG. Pioneiro no interior, o alvinegro tornou-se, também, pioneiro no estado na transição do amadorismo para o profissionalismo. Neste período, quando passou a disputar as competições da FPF, foram 1,8 mil partidas em 82 anos de história.

A seguir, então, o histórico do alvinegro em todos os campeonatos oficiais ainda vigentes, independentemente da divisão. No caso, o Central disputou as quatro séries do Brasileiro e as duas séries do Pernambucano, além da Copa do Brasil. Ao todo, 97 campanhas. Somando o nacional (A, B, C e D), são 331 jogos, com 103 vitórias, 103 empates e 125 derrotas – com o 103º triunfo ocorrendo no dia do centenário, num jogo de portões abertos pela 4ª divisão. Há tradição demais no futebol de Caruaru.

Nesse tempo todo, a patativa ainda disputou o Torneio Início (1 título), a Copa Pernambuco (1 título), a Copa Jarbas Vasconcelos (1 título) e o Torneio Incentivo da FPF (3 títulos). Entretanto, essas quatros competições de âmbito estadual, oficiais, já foram descontinuadas pela federação. Além disso, há uma enorme dificuldade para obter esses dados.

Total em competições oficiais*
1.849 jogos (2.200 GP e 2.349 GC, -149)
663 vitórias (35,8%)
486 empates (26,2%)
700 derrotas (37,8%)
* Considerando os torneios oficiais ainda em disputa

Primeiro: Flamengo do Recife 2 x 1 Central (04/04/1937), na Jaqueira (Estadual)
Último: Central 2 x 0 Jacuipense (15/06/2019), no Lacerdão (Série D)

No Campeonato Pernambucano, 1915-2019 (ranking: 4º)
1.472 jogos (1.789 GP e 1.940 GC, -51)
536 vitórias (36,4%)
369 empates (25,0%)
567 derrotas (38,5%)

– 58 participações (entre 1937 e 2019)
– 2 vices (2007 e 2018)
– 2 rebaixamentos (1998 e 2004)

No Campeonato Pernambucano da 2ª divisão, 1977-2019
39 jogos (48 GP e 23 GC; +25)
23 vitórias (58,9%)
10 empates (25,6%)
6 derrotas (15,3%)

– 2 participações (1999 e 2005)
– 1 título (1999)
– 1 vice (2005)
– 2 acessos (1999 e 2005)

No Brasileirão unificado, 1959-2019
32 jogos (30 GP e 48 GC, -18)
7 vitórias (21,8%)
11 empates (34,3%)
14 derrotas (43,7%)

– 2 participações (1979 e 1986)

Na Série B, 1971-2019
180 jogos (182 GP e 184 GC, -2)
52 vitórias (28,8%)
62 empates (34,4%)
66 derrotas (36,6%)

– 18 participações (entre 1972 e 1997)
– 1 acesso (1986*)
– 1 rebaixamento (1997)
* Subiu no mesmo ano (o sistema tradicional surgiu em 1988)

Na Série C, 1981-2019
50 jogos (60 GP e 70 GC, -10)
17 vitórias (34,0%)
13 empates (26,0%)
20 derrotas (40,0%)

– 5 participações (entre 2000 e 2008)
– 1 rebaixamento (2008)

Na Série D, 2009-2019
69 jogos (86 GP e 74 GC, +12)
27 vitórias (39,1%)
17 empates (24,6%)
25 derrotas (36,2%)

– 9 participações (entre 2009 e 2019)

Na Copa do Brasil, 1989-2019
7 jogos (5 GP e 10 GC, -5)
1 vitória (14,2%)
4 empates (57,1%)
2 derrotas (28,5%)
5 confrontos; 2 classificações e 3 eliminações

– 3 participações (2008, 2009 e 2019)
– 2ª fase (2008 e 2009)

Histórico de Central x Santa Cruz (1933-2019*)
292 jogos
44 vitórias alvinegras (15,0%)
75 empates (25,6%)
173 vitórias tricolores (59,2%)
* Somando jogos em competições oficiais e amistosos

Histórico de Central x Náutico (1933-2019*)
266 jogos
47 vitórias alvinegras (17,6%)
72 empates (27,0%)
147 vitórias alvirrubras (55,2%)
* Somando jogos em competições oficiais e amistosos

Histórico de Central x Sport (1931-2019*)
268 jogos
29 vitórias alvinegras (10,8%)
62 empates (23,1%)
177 vitórias rubro-negras (66,0%)
* Somando jogos em competições oficiais e amistosos

Os 5 maiores públicos da patativa no Lacerdão
1º) 24.450 – Central 2 x 1 Flamengo (22/10/1986, Série A)
2º) 19.995 – Central 0 x 0 Sport (12/10/1980, Estadual)
3º) 18.171 – Central 0 x 1 Vasco (15/11/1979, Série A)
4º) 16.000 – Central 0 x 0 Náutico (29/03/1998, Estadual)
5º) 14.957 – Central (4) 1 x 1 (5) Santa Cruz (02/08/1986, Estadual)

Abaixo, a foto do centenário em 2019, marcado pela vitória diante da Jacuipense.


Compartilhe!