Compartilhe!

A versão original da camisa, em 93. Na época, uma produção da CCS, fornecedora entre 91 e 94.

Em 1993, o Santa conquistou o título pernambucano numa virada incrível sobre o Náutico. Os corais perdiam até os 38 minutos do 2º tempo, no Arruda, mas viraram com gols de Fernando e Célio, com a vantagem do empate prevalecendo na prorrogação. Aquela decisão consagrou Célio, o autor do segundo gol, aos 44, com a campanha sendo uma das mais lembradas no clube.

Daí, a justificativa para a produção de um uniforme retrô, através da marca Cobra Coral. O 25º aniversário da conquista foi lembrado com a recriação da camisa branca – oficialmente, o segundo padrão. Foi lançada ainda no fim de 2018, como benefício aos sócios com anuidades pagas em 2019 – numa ação ligada à campanha de sócios Tricolor de Coração. Agora, o Santa Cruz lança uma edição limitada para o público geral, incluindo a utilização num jogo oficial. No caso, na estreia de Milton Mendes, na 5ª rodada da Série C, em 25 de maio, diante do ABC, em casa.

Torcedor coral, o que você achou da camisa inspirada no modelo de 1993?

Preço da camisa retrô de 1993
Masculino – R$ 193 (tamanhos: P ao 3G)
Feminino – R$ 179 (tamanhos: P ao GG)

Leia mais sobre o assunto
A linha de uniformes do Santa para a temporada 2018/2019, via Cobra Coral


Compartilhe!