Compartilhe!

O “Peixe da Amazônia” com o último troféu de campeão estadual em 2019. Fotos: FAF/instagram.

O calendário oficial do futebol brasileiro para esta temporada determinou o dia 21 de abril como limite para o encerramento dos campeonatos estaduais, com o Campeonato Brasileiro começando em seguida. Das 27 competições locais, 19 atenderam à data, com outras 5 acabando na semana seguinte. No entanto, três demoraram um pouco mais, por questões burocráticas ou por mau tempo. Uma além da conta, no Amapá.

Curiosamente, isso já é algo reconhecido pela CBF. Devido ao rigoroso período chuvoso nos primeiros meses do ano por lá, o torneio costuma começar em maio. Em 2019 a primeira rodada ocorreu somente em 4 de julho. Com apenas cinco clubes, o campeonato só teve 16 jogos, todos no mesmo estádio, o Zerão – cujo centro do campo é, literalmente, cortado pela Linha do Equador. E lá neste cenário curioso saiu o o 27º campeão estadual do ano, o Santos. E se o objetivo era definir da forma mais tardia possível, o título só veio aos 48 minutos do segundo tempo, quando zagueiro Preto Barcarena marcou de cabeça, fazendo 2 x 0 sobre o Ypiranga – na ida, o time havia perdido por 1 x 0.

Foi o 7º título do Santos (2000, 13, 14, 15, 16, 17 e 19), cuja taça deu três vagas em 2020: Copa do Brasil, Série D e Copa Verde. A seguir, todos os campeões deste ano, com títulos separados por até 138 dias, de 13 de abril a 29 de agosto. Entre os 27 vencedores, dois inéditos e doze com taças em sequência, com o tetra do São Raimundo de Roraima sendo a maior em vigor.

Curiosidade – Lembra de Acosta? O uruguaio jogou bola demais no Náutico em 2007, com 19 gols na Série A. Aos 42 anos, o atacante fez parte do grupo campeão, com 3 gols na campanha.

Ordem cronológica dos campeões estaduais de 2019 (e o nº de títulos de cada um)
1º) 13/04 – MA – Imperatriz (3º)
1º) 13/04 – PI – River (31º)
3º) 17/04 – RS – Grêmio (38º, bi)
4º) 20/04 – DF – Gama (12º)
4º) 20/04 – MG – Cruzeiro (39º, bi)
4º) 20/04 – PB – Botafogo (30º, tri)
4º) 20/04 – SE – Frei Paulistano (1º)
8º) 21/04 – AL – CSA (39º, bi)
8º) 21/04 – BA – Bahia (48º, bi)
8º) 21/04 – CE – Fortaleza (42º)
8º) 21/04 – GO – Atlético (14º)
8º) 21/04 – MT – Cuiabá (9º, tri)
8º) 21/04 – MS – Águia Negra (3º)
8º) 21/04 – PA – Remo (46º, bi)
8º) 21/04 – PE – Sport (42º)
8º) 21/04 – PR – Athletico (25º, bi)
8º) 21/04 – RJ – Flamengo (35º)
8º) 21/04 – SC – Avaí (17º)
8º) 21/04 – SP – Corinthians (30º, tri)
20º) 22/04 – AC – Atlético (9º)
21º) 24/04 – RN – América (36º)
22º) 27/04 – AM – Manaus (3º, tri)
22º) 27/04 – ES – Vitória (10º)
22º) 27/04 – RO – Vilhenense (1º)
25º) 15/05 – RR – São Raimundo (10º, tetra)
26º) 23/06 – TO – Palmas (7º, bi)
27º) 29/08 – AP – Santos (7º)

A torcida presente no Zerão durante a final do Amapaense 2019, nos hemisférios norte e sul.


Compartilhe!