Compartilhe!
  • 147
  •  
  •  
  •  

Após o ranking mundial de público entre clubes, a Pluri Consultoria divulgou outro levantamento sobre o mesmo período (2008-2017). Desta vez, sobre o número de jogos oficiais disputados em escala mundial. E aqui fica mais claro que o sol o nível de inchaço do calendário brasileiro, com 28 clubes entre os 50 primeiros que mais entraram em campo nos últimos dez anos. No quadro abaixo, o detalhamento de cada um, do Estadual ao Mundial.

Refinando a análise, são 18 times entre os 20 primeiros, ou o top ten inteiro, com a dupla gaúcha à frente. No período, tanto Inter (1º) quanto Grêmio (2º) ganharam a Libertadores.

Somando a disputa do Brasileirão, Copa do Brasil, Gauchão e outras copas sul-americanas, uma média de 70 partidas por ano! Enquanto isso, o time europeu com mais jogos é o Barcelona, que aparece apenas em 29º lugar, logo após o Náutico – e no período disputou inúmeras decisões de copas nacionais e internacionais.

De acordo com Fernando Ferreira, diretor do instituto responsável pela pesquisa, o ranking global reflete o impacto dos campeonatos estaduais, que responderam a 25% dos jogos do calendário brasileiro, resultando numa média de 20 jogos a mais a cada ano para os clubes do país em relação aos times europeus – e são apenas 11 no top 50.

“Esses jogos de nível técnico mais baixo (sobre os Estaduais) resultam em desinteresse do público e parceiros comerciais, baixo nível técnico por desgaste de elenco e consequente aumento de custos com formação e manutenção da equipe. Um verdadeiro jogo de perde-perde.”

Em relação aos times do nordeste, são seis presentes no top 50. A surpresa é o ABC. O blog entrou em contato com a consultoria e obteve os dados absolutos de Fortaleza e Santa Cruz. Os dois tricolores disputaram divisões abaixo das Séries A e B, ou seja, com bem menos jogos. No período, o Fortalezou jogou a Série C 8x, enquanto o Santa disputou 3x a C e 3x a D.

Ranking entre os brasileiros (entre parênteses, o % de jogos pelo Estadual)
1º) Internacional – 713 jogos (30%)
2º) Grêmio – 703 jogos (27%)
3º) Santos – 701 jogos (30%)
3º) São Paulo – 701 jogos (28%)
5º) Palmeiras – 684 jogos (28%)
6º) Corinthians – 674 jogos (29%)
7º) Fluminense – 673 jogos (27%)
8º) Flamengo – 671 jogos (26%)
9º) Atlético-PR – 668 jogos (29%)
10º) Vitória – 666 jogos (27%)

Ranking entre os nordestinos (entre parênteses, o % de jogos pelo Estadual)
1º) Vitória (10º) – 666 jogos (27%)
2º) Ceará (12º) – 662 jogos (30%)
3º) Sport (14º) – 660 jogos (24%)
4º) Bahia (16º) – 654 jogos (28%)
5º) Náutico (28º) – 595 jogos (27%)
6º) ABC (32º) – 577 jogos (31%)
7º) Fortaleza (59º) – 506 jogos
8º) Santa Cruz (112º) – 466 jogos


Compartilhe!
  • 147
  •  
  •  
  •