Compartilhe!

Com a semifinal de 2018 definida, com Bahia x Ceará e ABC x Sampaio Corrêa, eis a atualização do levantamento sobre os semifinalistas em todas as edições oficiais da Copa do Nordeste. Foram 15 torneios nos últimos 24 anos, com 20 clubes alcançando o G4.

Com a presença, o Baêa se isola na liderança neste contexto, descolando de Sport e Vitória. Até então havia um triplo empate. Agora, o tricolor soma 10 semifinais, com ótimo aproveitamento nas 14 campanhas – mas não é o melhor índice, como mostra a lista abaixo.

Em termos de Nordestão, o Ceará se firma como quarta força, ao menos em termos de chegada. É o time com mais semifinais à parte dos ‘cotistas da TV’, uma vez que as receitas de transmissão de Bahia, Sport e Vitória, pelo Brasileiro, já começa a render em janeiro, influenciando diretamente na disputa regional.

Analisando especificamente o futebol pernambucano, a Lampions 2018 não deixará saudades. Afinal, o estado se fez presente na semi nos quatro anos anteriores, incluindo os títulos de 2014 (Sport) e 2016 (Santa). O Clássico das Multidões foi a própria semi em 2014 e 2017. Desta vez, porém, ninguém alcançou a 3ª fase, num vexame pior que o de 2013, quando a copa voltou ao calendário oficial da CBF. Dos três representantes nesta edição, apenas um passou da fase de grupos, o tricolor do Arruda perdendo os dois jogos no primeiro mata-mata.

Ranking de semifinais da Copa do Nordeste de 1994 a 2018 (15 edições)*
10 – Bahia (94, 97, 98, 99, 01, 02, 15, 16, 17 e 18)
9 – Sport (94, 97, 99, 00, 01, 14, 15, 16 e 17) e Vitória (97, 98, 99, 00, 02, 03, 10, 15 e 17)
5 – Ceará (97, 13, 14, 15 e 18)
4 – Santa Cruz (02, 14, 16 e 17)
3 – ABC (03, 10 e 18) e América de Natal (98, 03 e 14)
2 – Campinense (13 e 16), CSA (99 e 10), Fortaleza (01 e 13) e Náutico (01 e 02)
1 – ASA (13), Botafogo-PB (98), CRB (94), Cruzeiro-AL (94), Fluminense de Feira (03), Poções-BA (00), Sampaio Corrêa (18), Sergipe (00) e Treze (10)

* A edição de 1998 foi a única sem o formato clássico de semifinal. Na ocasião, foram dois quadrangulares, com os líderes disputando o título. O blog considerou as duas melhores campanhas gerais entre os eliminados na penúltima fase

Aproveitamento (nº de semifinais sobre as participações)
100% – Cruzeiro-AL e Poções-BA (1/1)
75,0% – Sport (9/12)
71,4% – Bahia (10/14)
64,2% – Vitória (9/14)
50,0% – ASA (1/2)
40,0% – Campinense (2/5)
38,4% – Ceará (5/13)
33,3% – Santa Cruz (4/12)
25,0% – Sampaio Corrêa (1/4)
23,0% – ABC (3/13)
21,4% – América de Natal (3/14)
20,0% – Náutico e Fortaleza (2/10)
16,6% – CSA (2/12)
14,2% – Fluminense de Feira (1/7)
12,5% – Treze (1/8)
10,0% – Sergipe (1/10)
7,1% – Botafogo-PB e CRB (1/14)

Ranking de finais da Copa do Nordeste de 1994 a 2017 (14 edições)
7 – Vitória (97, 98, 99, 00, 02, 03 e 10)
6 – Bahia (97, 99, 01, 02, 15 e 17)
5 – Sport (94, 00, 01, 14 e 17)
2 – Campinense (13 e 16) e Ceará (14 e 15)
1 – ABC (10), América de Natal (98), ASA (13), CRB (94), Fluminense de Feira (03) e Santa Cruz (16)

Ranking de títulos da Copa do Nordeste de 1994 a 2017 (14 edições)
4 – Vitória (97, 99, 03 e 10)
3 – Bahia (01, 02 e 17) e Sport (94, 00 e 14)
1 – América de Natal (98), Campinense (13), Ceará (15) e Santa Cruz (16)


Compartilhe!