Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

A formação da patativa no rebaixamento em 17 de maio de 2021. Foto: Central/Instagram.

Pela 3ª vez em sua história, o Central acabou rebaixado no Campeonato Pernambucano. Disputando o torneio pela 60ª vez, sendo a 59ª desde 1961, um recorde absoluto entre clubes do interior, a patativa teve um desempenho horroroso, mas condizente com o trabalho feito em Caruaru, com direito a “comitê gestor” tocando o futebol com seguidas mudanças no comando técnico e contratações de qualidade técnica invisível. Vexame.

Na última rodada do “quadrangular do rebaixamento”, o time perdeu em casa do lanterna, a Acadêmica Vitória, que não vencia fora há nove meses. Ambos caíram. Salvaram-se Retrô e Sete de Setembro, que conseguiu a permanência com a vitória sobre a fênix, em jogo realizado no Arruda. Foi novamente com emoção, pois o acesso dos garanhuenses, na última temporada, foi confirmado com um gol aos 46 do 2º tempo.

Quanto ao Central, sem balanço financeiro divulgado e com problemas de receita para o decorrer dos trabalhos, um revés duríssimo. O curioso é que o clube ainda irá disputar a Série D em 2021, com início ainda em maio – o alvinegro herdou a vaga do Salgueiro, que, em crise, abdicou da participação. Exceção feita a uma grande surpresa, é difícil imaginar uma campanha minimamente competitiva. Sobre o retorno à elite do futebol pernambucano, o clube só jogará na Série A2 no segundo semestre de 2022! Nas duas vezes anteriores o clube subiu num bate-volta, em 1999, como campeão, e em 2005, como vice. E desta vez?

Os rebaixamentos do Central no Pernambucano
1998 – 23 jogos; 8V, 6E e 9D (9º lugar entre 12 times)
2004 – 18 jogos; 5V, 2E e 11D (9º lugar entre 10 times)
2021 – 12 jogos; 2V, 4E e 6D (9º lugar entre 10 times)

Caruaru de fora?
Caso o Porto não suba na A2 de 2021, a cidade de Caruaru, a maior do interior do estado, ficará de fora da 1ª divisão local após 61 anos tendo representantes. O município soma quatro vice-campeonatos na A1, sendo 2x com o Porto e 2x com o próprio Central, o último há apenas 3 anos.

Leia mais sobre o assunto
Campeão estadual, Salgueiro desiste da Série D e vaga fica com o Central, pela 11ª vez

A tabela da Série D de 2021, com 22 clubes do Nordeste e grupo pesado (CE, PB, PE e RN)


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •