Compartilhe!
  •  
  • 1
  •  
  •  

As 15 torcidas com pelo menos 1% da população feminina, de acordo com o Datafolha em 2019.

A última pesquisa nacional de torcida foi produzida pelo Datafolha, em 2019. Depois, os estudos de campo foram suspensos devido à pandemia da Covid-19. Assim, o levantamento do instituto paulista segue atual, mensurando os perfis das torcidas do Brasil. Nesta publicação, foco nas torcidas femininas no futebol.

As mulheres são maioria na população nacional, com 52,4%, considerando a estimativa do IBGE no respectivo ano. Ou seja, são 110,24 milhões de mulheres, com 71% delas inseridas de forma direta no futebol, com preferência clubística. Portanto, existem 78,27 milhões de torcedoras, numa projeção do blog sobre os dados oficiais do Datafolha. A torcida masculina no país soma 85,91 milhões, com 86% deste público torcendo por algum clube.

O cenário absoluto da pesquisa do Datafolha foi abordado no blog em 17 de setembro de 2019, contando com os 18 clubes presentes, incluindo seis nordestinos, todos a partir de 1%. Já no recorte entre as mulheres, o número de clubes com esta base cai para 15. Da região, seguem Bahia, Sport e Fortaleza, com 1% – o instituto não usa casas decimais, sempre arredondando os dados, daí o empate. Assim, Santa Cruz, Ceará e Vitória têm “quase 1%”.

Num comparativo entre o cenário geral, com mulheres e homens, e o cenário exclusivamente feminino, a ordem dos clubes é quase a mesma, também com a folgada liderança do Fla, com 5 pontos percentuais a mais que o Corinthians (19% x 14%). No cenário absoluto a diferença entre os dois de 6 pontos (20% x 14%). Já a maior subida entre as listas foi do Inter, do 8º para o 5º. Vale dizer que 8 dos 15 clubes com dados precisos têm mais torcedoras que torcedores, incluindo o trio nordestino. É uma parcela gigantesca que precisa de atenção plena.

Parabéns às leitoras neste Dia Internacional da Mulher, em 8 de março de 2021. Hoje e sempre!

Pesquisa de torcida feminina, via Datafolha (Brasil 2019)
Período: 29 e 30 de agosto de 2019
Público: 1.514 entrevistadas (em 175 municípios)
População estimada (IBGE/2019): 110.243.181 mulheres (52,46% do total)

1º) 20.946.204 (19%) – Flamengo
2º) 15.434.045 (14%) – Corinthians
3º) 6.614.590 (6%) – São Paulo
4º) 5.512.159 (5%) – Palmeiras
5º) 3.307.295 (3%) – Vasco
5º) 3.307.295 (3%) – Cruzeiro
5º) 3.307.295 (3%) – Grêmio
5º) 3.307.295 (3%) – Internacional
9º) 2.204.863 (2%) – Santos
9º) 2.204.863 (2%) – Atlético-MG
11º) 1.102.431 (1%) – Botafogo
11º) 1.102.431 (1%) – Bahia
11º) 1.102.431 (1%) – Fluminense
11º) 1.102.431 (1%) – Sport
11º) 1.102.431 (1%) – Fortaleza
16º) Quase 1%: Santa Cruz, Ceará e Vitória

Outros times: 2.204.863 (2%)
Sem clube: 31.970.522 (29%)

O percentual de torcida feminina dentro de cada clube
52,4% – Corinthians
52,4% – Internacional
52,4% – Atlético-MG
52,4% – Botafogo
52,4% – Bahia
52,4% – Fortaleza
52,4% – Sport
52,4% – Fortaleza
49,8% – Flamengo
43,7% – Palmeiras
39,3% – São Paulo
39,3% – Vasco
39,3% – Cruzeiro
39,3% – Grêmio
34,9% – Santos

Leia mais sobre o assunto
Pesquisa de torcida do Datafolha em 2019 aponta empate em PE, BA e CE


Compartilhe!
  •  
  • 1
  •  
  •