Compartilhe!

Após dois meses de disputa, o título da 2ª divisão do Campeonato Pernambucano de 2018 será disputado por Petrolina e Centro Limoeirense, que avançaram três fases até a decisão.

Pelo regulamento, apenas o campeão terá vaga na primeirona do futebol local em 2019 – devido ao processo de enxugamento da competição, que terá apenas apenas dez clubes. Ambos os times já conquistaram acessos locais, mas estão longe da elite há alguns anos.

Enquanto o Petrolina não joga a Série A1 do Estadual há 5 anos, o Centro não participa há uma década. Ou seja, mais tensão na disputa pelo título da A2 – que será transmitido pela FPF TV, com o link oportunamente sendo publicado aqui no blog.  O favoritismo pende para o clube do Sertão do São Francisco, invicto, com um investimento maior e a vantagem de decidir em casa, embora o critério de desempate seja apenas de pontos e saldo. Persistindo a igualdade, pênaltis.

31/10 (20h00) – Centro Limoeirense x Petrolina (José Vareda)
04/11 (16h00) – Petrolina x Centro Limoeirense (Paulo Coelho)

Na sua opinião, qual clube deve conquistar o acesso? Isso corresponde à torcida particular?

A agenda da final da segundona

Obs. Embora o confronto tenha sido decidido em 26/10, após a vitória do Centro sobre o Serrano, encerrando a semi, a decisão só foi confirmada em 30/10 após decisão do TJD, que indeferiu o pedido do Decisão, que alegava escalação irregular de um atleta do Petrolina.

Petrolina Social Futebol Clube
Município: Petrolina (sertão, a 713 km do Recife)
Estádio: Paulo Coelho, municipal
Capacidade: 5.000 pessoas

Campeão da Série A2 em 2001 e 2010
Participações na A1: 9x (última em 2013)

A fera sertaneja fez a melhor campanha na primeira fase, com 16 pontos conquistados entre os 18 disputados. Liderou o grupo A, que teve ainda o rival 1º de Maio, o Serrano e o Sete de Setembro, que acabou desistindo – por isso, as duas vitórias do Petrolina foram por W.O., ambas por 1 x 0. No mata-mata, tirou Cabense (quartas) e Decisão (semi), em ambos os casos com vitória e empate.

Time-base
Fernando; Anderson, Jefferson Silva, Alemão e Wellington; Douglas, Jefferson Belo e Rei; Waguinho, Eduardo e Arianderson. Técnico: Pedro Manta

Campanha na Série A2 de 2018
10 jogos; 7V, 3E e 0D; 14 GP e 5 GC
Artilheiros: Douglas (4 gols), Waguinho (2), Eduardo (2) e Alemão (2)

Festa do Petrolina na semifinal. Foto: Adolfo Júnior/Petrolina/facebook (@PetrolinaSFC)

Centro Limoeirense de Futebol
Município: Limoeiro (agreste, a 78 km do Recife)
Estádio: José Vareda, particular
Capacidade: 5.000 pessoas

Vice da Série A2 em 1995 e 2000
Participações na A1: 7x (última em 2008)

O dragão fez uma campanha apenas regular na primeira fase, quando terminou em 2º lugar no grupo C, que ainda teve Vera Cruz, Náutico (time B) e Timbaúba. Na fase eliminatória, porém, se mostrou copeiro. Nas quartas, tirou o Porto nos pênaltis, em Caruaru. Na semifinal, encheu o seu estádio e bateu o Serrano no jogo de volta, num movimentado 3 x 2.

Time-base
Panda; Andrezinho, Janelson, Ney e Alemão; Amaral, Carlos, Everton e Naílson; Daniel Floro e Renan. Técnico: João Alfredo

Campanha na Série A2 de 2018
10 jogos; 3V, 5E e 2D; 13 GP e 11 GC
Artilheiros: Daniel Floro (7 gols, líder geral), Renan (2) e Janelson (2)

Festa do Centro na semifinal. Foto: Luís Francisco Prates (@luisf_prates)


Compartilhe!