Compartilhe!

Jornais de 1941, 1943 e 1953, com o início das denominações populares dos duelos recifenses.

Os três grandes confrontos de Pernambuco já passaram de 500 jogos, cada. Ao longo de cem anos, matches, prélios, pelejas e clássicos. Hoje, cada partida tem uma nomenclatura específica, tradicional. Você sabe quando surgiu cada uma? A última foi na década de 1950.

Não é tão fácil precisar as datas, mas listo abaixo as primeiras citações na imprensa pernambucana considerando a busca nos jornais digitalizados na Biblioteca Nacional – via Diario de Pernambuco e Jornal Pequeno; o acervo do Jornal do Commercio não está presente. E os três nomes surgiram durante o campeonato estadual, deixando de lado alcunhas como “clássicos citadino” e versões de outras praças esportivas, como “Fla-Flu do Nordeste” para Náutico x Sport.

Clássico dos Clássicos
05/04/1941, Jornal Pequeno (detalhes abaixo)
12/10/1945, Diario de Pernambuco

O duelo entre alvirrubros e rubro-negros, disputado pela 1ª vez em 1909, tinha 32 anos quando o Jornal Pequeno, já extinto, tratou como “Clássico dos Clássicos” numa chamada da página. O jogo na Ilha foi válido pelo Estadual de 1940 – pra lá de atrasado. No caso, pela última rodada do segundo turno. A página teve uma diagramação moderna para a época, com fotos, escudos e escalações. No início da reportagem, o seguinte trecho: “O jogo que vão realizar, amanhã, à tarde, no estádio da Ilha do Retiro, as equipes do Náutico e do Esporte, é dos mais tradicionais da capital. Podemos dizer que se trata do primeiro clássico do futebol pernambucano”. O rubro-negro venceu com dois gols de Pirombá e faturou a fase. Depois, disputou uma melhor de três com o Santa Cruz, que ficou com o título (2V e 1D).

“A cidade esportiva está em festa! A realização, amanhã, do Clássico dos Clássicos. No monumental estádio da Ilha do Retiro será jogada amanhã o último Náutico x Esporte da temporada, que promete constituir um espetáculo empolgante. Em todos os tempos alvirrubros e rubro-negros se defrontaram com admirável galhardia, lutando bravamente, sem esquecer o espírito de cavalheirismo aos jogos esportivos!”

Resultado: Sport 2 x 0 Náutico, na Ilha do Retiro.

Clássico das Multidões
04/07/1943, Diario de Pernambuco (detalhes abaixo)
20/07/1946, Jornal Pequeno

Em 1943, o Sport já era o maior campeão pernambucano, com onze títulos, e o Santa era apontado como o mais popular no subúrbio, sempre com bons públicos. E o primeiro registro encontrado pelo blog, presente no DP, deixa claro que os dois times proporcionavam, de fato, os maiores públicos na Ilha, o maior estádio da capital na época.

“Mesmo que a disputa de hoje não tivesse as características de uma decisão importante, estaríamos certos do seu êxito, pois o clássico Santa Cruz x Esporte tem o seu prestígio e o seu numeroso público. Foi este encontro que, em todos os tempos, assinalou os maiores records de bilheterias que temos registrado. Ainda este ano, proporcionando um encontro emocionante, o clássico das multidões rendeu a importância de vinte e um mil cruzeiros, renda esta que, desde 1940, não registrávamos”

Resultado: Sport 3 x 0 Santa Cruz, na Ilha do Retiro.

Clássico das Emoções
01/11/1953, Diario de Pernambuco (detalhes abaixo)
19/07/1954, Jornal Pequeno

É o único clássico com uma assinatura e também o único “batizado” depois da década de 1940. À parte do texto principal sobre o jogo, foi publicado um comentário de Alves da Mota, tendo como título justamente “Clássico das Emoções”. Mais direto, impossível. E o jogo acabou fazendo justiça ao apelido recém-criado, com seis gols marcados.

“Teremos hoje, à tarde, no estádio ‘Eládio Barros Carvalho’, um ‘match’ que pela excelente forma e posição em que se encontram ambos os preliantes no presente campeonato, está fadado não só a um legítimo record de bilheteria, mas a um desfecho sensacional, numa luta cheia de lances emocionantes que tanto pode fazer vibrar a grande torcida do ‘clube das multidões’, para cujo lado está mais pendida a preferência do público, como resultar numa espetacular vitória dos alvirrubros”

Resultado: Náutico 4 x 2 Santa Cruz, nos Aflitos.


Compartilhe!