Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Foi o 100º jogo de Pipico, com 41 gols. Desta vez, em branco. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz.

Os resultados voltaram a ajudar, com o Floresta empatando em casa e o Jacuipense perdendo fora, ambos os jogos no sábado. No domingo, uma vitória do Santa Cruz reduziria em mais 2 pontos a distância para o 8º lugar, o primeiro time do acima da zona de rebaixamento no Grupo A da terceira divisão. No entanto, apesar do ânimo renovado pelo fim de semana passado, o tricolor não conseguiu superar o Ferroviário.

Na verdade, o empate em 0 x 0, que manteve a diferença em 5 pontos (12 x 7), ficou até de bom tamanho para o que foi a partida, equilibrada no 1T e com três grandes chances para os cearenses no 2T, aos 35, 39 e 45 minutos, todas em contragolpes, com o tricolor pernambucano afoito em busca do gol – o grande calo desta campanha, pois fez apenas 6 em 12 jogos. Ao todo, o scout finalizações apontou 12 x 8 para o Ferrão, que também marcou forte, com 23 x 13 em faltas. Esteve mais ligado, na minha visão.

Com placar em branco no Arruda, o Santa alimentou outro incômodo jejum. Se a vitória sobre o Floresta, fora, quebrou um hiato de 101 dias, o time coral agora tenta voltar a triunfar na condição de mandante. A última vitória em casa foi em 7 de abril, num 4 x 1 sobre o Vera Cruz pelo Estadual. De lá pra cá, somando PE, Nordestão e BR, já foram dez jogos, com 5 empates e 5 derrotas. Com a fase classificatória da Série C chegando a 2/3 dos jogos, é essencial ao Santa, ainda na lanterna, alavancar o rendimento em casa. E só tem mais 3 jogos no Mundão…

Santa Cruz em 12 rodadas na Série C de 2021
Mandante (6 jogos, 3 pts e 16.6%): 0V, 3E e 3D
Visitante (6 jogos, 4 pts e 22.2%): 1V, 1E e 4D

Escalação do Santa Cruz (melhor: Jordan; piores: Leonan e Weriton)
Jordan, Lucas Rodrigues (Weriton), Wiliam Alves, Jr Sergipano, Breno Calixto e Leonan (Elias Carioca); Vitinho, Tarcísio e Jaílson (Frank); Pipico e Bruno Moraes (Levi). Técnico: Roberto Fernandes

Escalação do Ferroviário (melhores: Dioguinho e Wesley; pior: Berguinho)
Rafael, Lázaro (Reinaldo), Vitão, Richarlison e Emerson; Wesley Dias, Emerson Souza e Dudu; Mauri (Berguinho), Augusto (Dioguinho) e Edson Cariús (Adílson Bahia). Técnico: Francisco Diá

Histórico geral de Santa Cruz x Ferroviário-CE (todos os mandos)
16 jogos
4 vitórias pernambucanas (25%)
4 empates (25%)
8 vitórias cearenses (50%)

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a partida (do tempo 0h01 até 1h00):


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •