Compartilhe!
  •  
  • 5
  •  
  •  

O meia Didira foi preciso na penalidade no primeiro tempo. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz.

Num jogo com chances claras dos dois lados, o Santa Cruz venceu o Botafogo e somou o 4º triunfo consecutivo na Série C, além de ampliar a série invicta para sete jogos (5V e 2E). Assim, o time de Martelotte chegou a 27 pontos e abriu 10 de vantagem sobre o 5º do Grupo A, restando seis rodadas para o fim da fase classificatória, com 18 pontos em disputa. Na prática, o tricolor está classificado. Nas últimas seis edições, sempre com dez clubes em cada chave, a campanha média do 4º colocado foi de “27,3” pontos, oscilando de 25 (em 2017) até 31 (em 2016).

Em relação ao jogo, a assinatura de Didira no econômico placar. O meia de 32 anos foi uma contratação interessante no início da temporada, a partir do rendimento visto no CSA. No Arruda, no entanto, a torcida precisou ter um pouco de paciência para ver um futebol mais efetivo e de forma regular. Hoje, é o que acontece. São semanas seguidas participando diretamente dos gols. Desta vez, cobrando uma penalidade aos 19 minutos – de uma infantilidade incrível do lateral Kellyton. Foi o 5º gol de Didira com a camisa coral. Como o meia também tem 6 assistências, tendo o melhor desempenho do elenco neste quesito, isso significa que ele já participou diretamente de 11 gols tricolores em 2020.

E acabou sendo o único gol da noite no Mundão, numa partida na qual o ameaçado Botafogo pressionou. Finalizou mais tanto no 1T (5 x 3) quanto no (4 x 3), com o estreante goleiro Luiz Fernando, recuperado da Covid-19, aparecendo com boas defesas – uma delas foi uma defesaça num chute de Rodrigo Andrade. Nos minutos finais, porém, se machucou, e Jordan, o 3º goleiro, foi acionado mais uma vez. A bola rondou a área até os 52 minutos, tendo como contrapartida dois contragolpes desperdiçados. Aperreio à parte, o 1 x 0 foi mantido.

O tricolor segue mostrando bastante conjunto e a ótima campanha dá tranquilidade, mas creio que o time, um protagonista nesta edição da terceirona, ainda possa ter um maior controle dos jogos, sobretudo pensando mais à frente, onde o Santa inevitalmente estará.

Santa Cruz em 12 rodadas na Série C de 2020
Mandante (6 jogos, 16 pts e 88.8%): 5V, 1E e 0D
Visitante (6 jogos, 11 pts e 61.1%): 3V, 2E e 1D

Escalação do Santa Cruz (melhores: Luiz Fernando, Didira e Bileu)
Luiz Fernando (Jordan); Toty, Danny Morais, William Alves e Perí (Leonan); Bileu, Paulinho (André) e Didira; Lourenço (Tinga), Jáderson (Kleiton Pego) e Pipico. Técnico: Marcelo Martelotte

Escalação do Botafogo-PB (melhor: Rodrigo Andrade; pior: Kellyton)
Felipe; Kellyton (David Miranda), Luís Gustavo (Donato), Rodrigo e Christianno (Mário); Vitinho, Juninho, Higor Leite (Mineiro) e Rodrigo Andrade; Cristian (Rhuan) e Ramon. Técnico: Rogério Zimmermann

Histórico geral de Santa Cruz x Botafogo-PB (todos os mandos)
66 jogos
38 vitórias tricolores (57,5%)
14 empates (21,2%)
14 vitórias paraibanas (21,2%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Lucas Liausu, Diego Borges e Rodolpho Moreira):


Compartilhe!
  •  
  • 5
  •  
  •