Compartilhe!

Em 2019, Elias, de 20 anos, atuou 28 vezes pelo profissional do Santa, com 5 gols e 2 assistências.

O Santa Cruz detalhou os números da negociação do atacante Elias, vendido ao Athletico-PR por R$ 1,6 milhão. De forma precisa, saiu por “R$ 1.641.009,82”, num dado incomum no futebol, acostamos a cifras arredondadas. Porém, há uma explicação.

Na negociação, o tricolor quitou uma dívida junto ao clube de Curitiba, pendente há três anos – desde a compra de 50% dos direitos do também atacante André Luís, cujo repasse jamais aconteceu. Com juros, o valor chegou a R$ 741.009,8, ou 45,15% da transação de Elias, que extinguiu o processo movido pelo rubro-negro. O restante do valor, R$ 900.000 (54,84% do total), efetivamente entrou na conta corrente dos corais, mas com destino já selado. Segundo a nota divulgada pela direção do Santa Cruz, este saldo “servirá para o pagamento de débitos trabalhistas, pagamentos de acordos judiciais e extrajudiciais, manutenção da folha de atletas e funcionários e investimentos em infraestrutura da sede e do gramado do Estádio José do Rego Maciel”.

A negociação envolvendo a principal revelação coral nesta temporada correspondeu a 80% dos direitos econômicos – como curiosidade, vale dizer que, nestes termos, o valor total seria de “R$ 2.051.262,27”. O clube do Arruda optou por permanecer com os 20% restantes, visando uma futura venda do jogador – e o CAP tem, de fato, um ótimo trânsito com o mercado internacional. Segundo levantamento do blog, esta foi a 7ª venda milionária na história do Santa, sendo a primeira em dois anos – desde a saída de Raniel. Em relação aos valores, considerando os 25 anos do Plano Real, Elias aparece na 4ª posição. Não fez sequer 30 jogos num ano de resultados abaixo do esperado. Me parece uma boa venda. E o que você acha?

Os clubes com mais vendas milionárias no Nordeste (1994-2019)*
1º) 27 – Bahia e Vitória
3º) 22 – Sport
4º) 12 – Náutico
5º) 9 – Ceará
6º) 7 – Santa Cruz
* Ao todo, 16 clubes da região já firmaram alguma transação por pelo menos R$ 1 milhão

A seguir, as maiores vendas do Santa Cruz, em valores nominais – ressalva importante, uma vez que, em mais de duas décadas, o valor da moeda nacional flutuou. No Nordeste, Elias aparece em 73º lugar. Cronologicamente, ele foi a 42ª venda de PE e a 120ª do NE.

Leia mais sobre o assunto
Todas as vendas milionárias dos clubes do Nordeste no Plano Real


Compartilhe!