Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •  

A goleada no jogo adiado da 18ª rodada definiu o título do turno. Foto: Joca Duarte/Brasileirão.

Devido ao atraso na tabela do Campeonato Brasileiro de 2020, que chegou a ter oito jogos pendentes após a 19ª rodada, em 2 de novembro, o campeão do 1º turno só foi conhecido agora, em 9 de dezembro, 37 dias após o prazo original, com a competição já com 24 rodadas disputadas. E o time com mais jogos adiados acabou sendo o vencedor. Ao vencer o Botafogo por 4 x 0, o São Paulo chegou a 7 pontos nos três jogos remarcados e passou Inter e Fla, que estavam empatados (37 x 35/35).

Ao todo, o time comandado por Fernando Diniz teve 10 vitórias, 7 empates e apenas 2 derrotas na primeira metade da tabela. A campanha segue consistente, hoje já com 50 pontos, 7 à frente do vice-líder Galo, no embalo de uma invencibilidade de 17 partidas (10V e 7E). Entretanto, focando especificamente o desempenho no 1º turno, foi a primeira vez em quatro anos que o primeiro colocado fez menos de 40 pontos – ou a segunda num recorte de nove anos, mostrando que é algo incomum. Considerando a era dos pontos corridos, desde 2003, esta é a 4ª vez que o tricolor paulista lidera o turno. Como também já foi o melhor no returno em outras 4 oportunidades, o SPFC é o time com mais “turnos” conquistados na elite.

Por sinal, o status de “campeão do turno” é uma tradição antiga o futebol europeu. Por lá, usa-se a alcunha simbólica de “campeão de inverno” ao melhor time da primeira metade. Aqui, desde 2004, o jornal Lance! entrega um troféu especial (e não oficial) ao melhores times de cada turno da Série A, com a homenagem ao locutor esportivo Osmar Santos no primeiro turno e ao jornalista João Saldanha no segundo turno. Abaixo, listei todos os vencedores, incluindo o Cruzeiro de 2003, antes da criação das peças, mas já no mesmo formato de disputa. Em 2003 e 2004 os turnos tiveram 23 jogos, com a redução para 21 jogos em 2005 e finalmente para 19 jogos em 2006, o formato mantido há 15 edições.

Do título no turno para o título brasileiro
Vale destacar que a estatística acerca da colocação final do campeão do 1º turno é bem favorável. Até hoje foram 13 títulos em 17 anos. As exceções foram em 2008 (Grêmio pelo São Paulo), 2009 (Inter pelo Flamengo), 2012 (Galo pelo Fluminense) e 2018 (São Paulo pelo Palmeiras). E em 2020?

Leia mais sobre o assunto
O ranking do NE no 1º turno da Série A, com 43 campanhas; Fortaleza à frente em 2020

Troféu Osmar Santos no Brasileirão (válido pelo 1º turno)
2003 – Cruzeiro, 47 pontos (14V, 5E e 4D)*
2004 – Santos, 41 pts (13V, 2E e 8D)*
2005 – Corinthians, 42 pts (13V, 3E e 5D)*
2006 – São Paulo, 38 pts (11V, 5E e 3D)*
2007 – São Paulo, 39 pts (12V, 3E e 4D)*
2008 – Grêmio, 41 pts (12V, 5E e 2D)
2009 – Internacional, 37 pts (11V, 4E e 4D)
2010 – Fluminense, 38 pts (11V, 5E e 3D)*
2011 – Corinthians, 37 pts (11V, 4E e 4D)*
2012 – Atlético-MG, 43 pts (13V, 4E e 2D)
2013 – Cruzeiro, 40 pts (12V, 4E e 3D)*
2014 – Cruzeiro, 43 pts (13V, 4E e 2D)*
2015 – Corinthians, 40 pts (12V, 4E e 3D)*
2016 – Palmeiras, 36 pts (11V, 3E e 5D)*
2017 – Corinthians, 47 pts (14V, 5E e 0D)*
2018 – São Paulo, 41 pts (12V, 5E e 2D)
2019 – Flamengo, 42 pts (13V, 3E e 3D)*
2020 – São Paulo, 37 pts (10V, 7E e 2D), a conferir
*Foi campeão brasileiro

Títulos do 1º turno (18 edições; 10 times)
1º) 4x – Corinthians e São Paulo
3º) 3x – Cruzeiro
4º) 1x – Atlético-MG, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras e Santos

A seguir, os vencedores do Troféu João Saldanha, o simbólico título returno – abaixo, relembre as melhores campanhas. Neste caso, em 10 dos 17 anos o vencedor também levou a taça do campeonato.

Troféu João Saldanha no Brasileirão (válido pelo 2º turno)
2003 – Cruzeiro, 53 pontos (17V, 2E e 4D)*
2004 – Santos, 48 pts (14V, 6E e 3D)*
2005 – Internacional, 44 pts (13V, 5E e 3D)
2006 – São Paulo, 40 pts (11V, 7E e 1D)*
2007 – São Paulo, 38 pts (11V, 5E e 3D)*
2008 – São Paulo, 42 pts (12V, 6E e 1D)*
2009 – Cruzeiro, 40 pts (12V, 4E e 3D)
2010 – Grêmio, 43 pts (13V, 4E e 2D)
2011 – Fluminense, 38 pts (12V, 2E e 5D)
2012 – São Paulo, 35 pts (10V, 5E e 4D)
2013 – Cruzeiro, 36 pts (11V, 3E e 5D)*
2014 – Corinthians, 37 pts (11V, 4E e 4D)
2015 – Corinthians, 41 pts (12V, 5E e 2D)*
2016 – Palmeiras, 44 pts (13V, 5E e 1D)*
2017 – Chapecoense, 32 pts (9V, 5E e 5D)
2018 – Palmeiras, 47 pts (14V, 5E e 0D)*
2019 – Flamengo, 48 pts (15V, 3E e 1D)*
* Foi campeão brasileiro

Títulos do 2º turno (17 edições; 10 times)
1º) 4x – São Paulo
2º) 3x – Cruzeiro
3º) 2x – Corinthians e Palmeiras
5º) 1x – Chapecoense, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional e Santos

Total de turnos conquistados na Série A de 2003 a 2020 (35 edições; 11 times)*
1º) 8x – São Paulo
2º) 6x – Corinthians e Cruzeiro
4º) 3x – Palmeiras
5º) 2x – Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional e Santos
10º) 1x – Atlético-MG e Chapecoense
* Até o primeiro turno de 2020


Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •