Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •  

O zagueiro Sabino teve outra boa atuação pelo Sport. Foto: Anderson Stevens/Sport.

Já foram disputados 125 jogos no Brasileirão de 2021. E o empate sem gols entre Sport e Ceará, na Ilha do Retiro, foi o primeiro sem uma finalização sequer na barra. O levantamento é do SofaScore, que destacou o scout negativo sobre o clássico nordestino na 13ª rodada. O scout de finalizações apontou 14 x 12 para o vozão, mas todas as 26 tentativas na partida foram pra fora ou terminaram travadas pela defesa. Assim, o rubro-negro Mailson e o alvinegro Richard foram meros espectadores – a única defesa do visitante foi num cruzamento, num raro momento de perigo.

O jogo acabou retratando o que se esperava, com defesas bem mais ajustadas que os respectivos setores ofensivos. Ambas têm média de gols sofridos inferior a um gol por jogo – com 0,84 no Sport e 0,92 no Ceará. Numa noite de pouquíssima criatividade, e foi o que ocorreu, dificilmente essa estatística seria revertida. Ao time pernambucano, o resultado o tirou da zona de rebaixamento, uma vez que o São Paulo foi goleado mais cedo.

No entanto, a campanha do Sport segue terrível, com 11 pontos e apenas uma vitória em casa. Nas sete vezes em que permaneceu na Série A, na era dos pontos corridos, o leão já havia somado mais pontos neste recorte do torneio – veja abaixo. Sobre o desempenho técnico, a minha impressão, apesar da crise é de que Louzer não consegue extrair o máximo do grupo.

Quanto ao time cearense, comandado por Guto Ferreira, a sequência segue sólida. Sem empolgar, com queixas de parte da torcida, mas pontuando há várias semanas. Em 7º lugar, o Ceará está invicto há nove rodadas, com três vitórias e seis empates. Até aqui, só perdeu duas vezes, a mesma quantidade do líder Palmeiras. Abaixo deles, só o Bragantino, que perdeu a invencibilidade neste mesmo domingo (para o Fortaleza). No curto prazo, creio que o empate em 0 x 0 tenha ficado de bom tamanho para os times. Com a produção em campo, foi justo…

Sport em 13 rodadas na Série A de 2021
Mandante (6 jogos, 5 pts e 27.7%): 1V, 2E e 3D
Visitante (7 jogos, 6 pts e 28.5%): 1V, 3E e 3D

A comparação da campanha com as permanências do leão na Série A após 13 jogos
1º) 2015 – 24 pontos (6V, 6E e 1D; 6º lugar)
2º) 2014 – 21 pontos (6V, 3E e 4D; 5º lugar)
2º) 2017 – 21 pontos (6V, 3E e 4D; 5º lugar)
4º) 2020 – 20 pontos (6V, 2E e 5D; 6º lugar)
5º) 2007 – 18 pontos (5V, 3E e 5D; 10º lugar)
6º) 2008 – 15 pontos (4V, 3E e 6D; 14º lugar)
7º) 2016 – 12 pontos (3V, 3E e 7D; 18º lugar)
8º) 2021 – 11 pontos (2V, 5E e 6D; 16º lugar)

Escalação do Sport (melhores: Sabino e Thyere; piores: André e Mikael)
Maílson; Hayner, Sabino, Rafael Thyere e Chico; Marcão, Zé Welison, Thiago Lopes (Tréllez, 35/2T) e Gustavo (Paulinho Moccelin, 21/2T); Everaldo e Mikael (André, 11/2T). Técnico: Umberto Louzer

Escalação do Ceará (melhores: Messias e Sobral; piores: Fabinho e Rick)
Richard; Fabinho, Gabriel Lacerda, Messias e Bruno Pacheco; Pedro Naressi (Vinícius, 15/2T), Fernando Sobral, Jorginho (Kelvin, 15/2T) e Rick (Airton, 30/2T); Lima e Cléber (Wendeson, 30/2T). Técnico: Guto Ferreira

Histórico geral de Sport x Ceará (todos os mandos)
61 jogos
27 vitórias rubro-negras (44,2%)
18 empates (29,5%)
16 vitórias alvinegras (26,2%)

Histórico de Sport x Ceará pela Série A (todos os mandos)
11 jogos
6 vitórias rubro-negras (54,5%)
4 empates (36,3%)
1 vitória alvinegra (9,0%)

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a partida (a partir do tempo 1h14):


Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •