Compartilhe!

Em 2018, os quatro clubes que conseguiram o acesso na Série C estavam no grupo B, formado por times do Sudeste, Sul e Centro-Oeste. A derrocada do grupo A, então com oito nordestinos e dois representantes do Norte, deixou uma grande dúvida acerca da composição da terceirona em 2019. Três semanas após a definição dos rebaixados na Série B, fechando os 20 clubes, enfim saiu o posicionamento da CBF, que evitou o embaralhamento do campeonato. Assim, o grupo A será formado integralmente por clubes do Nordeste, pela primeira vez.

A decisão saiu em 13 de dezembro, na sede da CBF, no Rio. A direção de competições aproveitou o sorteio da Copa do Brasil, na mesma data, para definir a situação com os dirigentes dos clubes participantes, incluindo Náutico e Santa, que na última edição pararam nas quartas. Se facilitou a vida dos times da região, com viagens mais curtas, por outro lado, o grupo B terá distâncias gigantescas, como os 3.092 km entre Belém e Caxias do Sul. Ou seja, a dupla Re-Pa mudou de chave.

Em 2019, segundo o calendário oficial do futebol brasileiro, a Série C será realizada entre 28 de abril e 6 de outubro. Assim como não parou durante o Mundial na Rússia, não vai parar na Copa América no Brasil. Já a fórmula é a mesma, com jogos dentro das respectivas chaves, em ida e volta, com 18 rodadas. Avançam ao mata-mata os quatro melhores de cada grupo, com o primeiro confronto, pelas quartas, já valendo o acesso (1A x 4B, 2A x 3B, 1B x 4A e 2B x 3A).

Grupo A (Nordeste, 10 times)
ABC-RN, Botafogo-PB, Confiança-SE, Ferroviário-CE, Globo-RN, Imperatriz-MA, Náutico-PE, Sampaio Corrêa-MA, Santa Cruz-PE e Treze-PB

Grupo B (Norte, 3 times; Sudeste, 3; Sul, 3; Centro-Oeste, 1)
Atlético-AC, Boa Esporte-MG, Juventude-RS, Luverdense-MT, Paysandu-PA, Remo-PA, São José-RS, Tombense-MG, Volta Redonda-RJ e Ypiranga-RS

Abaixo, o número de clubes por região em cada chave desde que a Série C do Campeonato Brasileiro passou a ter o formato atual, com 20 participantes divididos em dois grupos de dez.

O histórico de composições do Grupo A
2012 – NE 6, N 2, CO 2
2013 – NE 6, CO 3, N 2*
2014 – NE 6, N 2, CO 2
2015 – NE 7, CO 2, N 1
2016 – NE 8, N 1, CO 1
2017 – NE 8, N 1, CO 1
2018 – NE 8, N 2
2019 – NE 10
* Devido a um imbróglio judicial envolvendo Treze e Rio Branco, a chave teve 11 times

O histórico de composições do Grupo B
2012 – SE 6, S 2, CO 2
2013 – SE 7, CO 2, S 1
2014 – SE 8, S 2
2015 – SE 6, S 4
2016 – SE 8, S 2
2017 – SE 8, S 2
2018 – SE 5, S 3, CO 2
2019 – SE 3, S 3, N 3, CO 1


Compartilhe!