Compartilhe!

Lucas Figueiredo/CBF

Em 4 de outubro, a cidade de Maceió vai receber o sorteio da fase de grupos da Copa do Nordeste de 2019. Será a sétima cidade distinta a receber o evento de lançamento da competição desde a volta ao calendário oficial, em 2013. Ou seja, entre as capitais da região, faltam apenas Aracaju e Teresina. Em relação à 16ª edição, a novidade é o regulamento da fase principal, apresentado em 11/04, em Salvador, e votado e aprovado em 15/05, no Recife.

Na prática, o torneio já começou, com a fase preliminar realizada entre abril e maio – na ocasião, foram eliminados América de Natal, River, Campinense e Juazeirense, que ganharam R$ 100 mil, a menor cota do torneio. Portanto, a fase de grupos, com 16 clubes classificados, passa a ter apenas duas chaves, em vez de quatro. Ou seja, oito participantes em cada grupo, com os times de um enfrentando os times do outro em turno único. Ao todo, oito rodadas. Os quatro melhores de cada chave avançam às quartas, com novo sorteio, na CBF, como já ocorre há alguns anos.

As sedes dos sorteios da Copa do Nordeste
2013 – Fortaleza (14/09/2012)
2014 – Salvador (08/10/2013)
2015 – Recife (18/09/2014)
2016 – Natal (24/09/2015)
2017 – João Pessoa (04/10/2016)
2018 – São Luís (06/09/2017)
2019 – Maceió (04/10/2018)

12 ou 14 datas no Nordestão 2019?
A única dúvida sobre o novo Nordestão é o número de jogos nas quartas e na semi. Afinal, se essas fases eliminatórias forem realizadas em ida e volta o torneio terá 14 datas – duas a mais que a composição em vigor. Para manter as 12 datas, a solução seria fazer essas duas fases em jogos únicos. A CBF, pressionada na elaboração do calendário, deve se pronunciar até o sorteio.

O formato do sorteio
O sorteio mantém o formato com quatro potes, que também determinam as cotas de participação de cada clube (abaixo). Esses potes foram formados a partir do Ranking de Clubes da CBF válido neste ano. Cada grupo terá dois times de cada pote, com o objetivo de uma copa mais homogênea.

Subgrupo 1 – R$ 1,90 milhão
1º do Nordeste, Vitória (18º no Brasil), 2º Bahia (21º), 3º Santa Cruz (25º) e 4º Ceará (27º)

Subgrupo 2 – R$ 1,42 milhão
5º ABC (31º), 6º Náutico (32º), 7º CRB (36º) e 8º Sampaio Corrêa (39º)

Subgrupo 3 – R$ 1,22 milhão
9º Fortaleza (42º), 10º Botafogo-PB (45º), 11º Salgueiro (51º) e 12º Confiança (54º)

Subgrupo 4 – R$ 510 mil
13º CSA (59º), 14º Moto Club (66º), 15º Altos (98º) e 16º Sergipe (99º)

As cotas no Mata-mata
Quartas de final – R$ 300 mil
Semifinal – R$ 375 mil
Vice – R$ 500 mil
Campeão – R$ 1 milhão

Títulos da Copa do Nordeste
4 – Vitória (1997, 1999, 2003 e 2010)
3 – Sport (1994, 2000 e 2014)
3 – Bahia (2001, 2002 e 2017)
1 – América-RN (1998)
1 – Campinense (2013)
1 – Ceará (2015)
1 – Santa Cruz (2016)
1 – Sampaio Corrêa (2018)


Compartilhe!