Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Recém-chegado, o atacante Diego Costa fez o 2º gol pelo galo no BR. Foto: Pedro Souza/Atlético-MG.

Num duelo de enorme disparidade técnica, o resultado no Mineirão foi dentro do esperado, com vitória do Atlético-MG, o líder da Série A e agora invicto há 13 jogos, sobre o Sport, em penúltimo lugar e há inacreditáveis 632 minutos sem marcar um gol sequer. No scout, 22 x 7 em finalizações. No placar, 3 x 0.

Desta forma, a minha expectativa, ao menos a minha, estava mais voltada sobre o desempenho do time pernambucano, visando a possibilidade de recuperação nas rodadas seguintes. Com Florentín voltando ao 4-3-3, em sua formação mais coesa em termos defensivos, o rubro-negro começou retraído, buscando contragolpes. Funcionou nos primeiros 15 minutos, quando chegou a ter 3 x 1 em finalizações.

Aos poucos, sem surpresa, o galo foi tomando conta, com pleno controle da bola no 1T, passando de 70%, e pressionou. Até o intervalo balançou as redes com Diego Costa e Hulk, dois dos principais nomes da competição. A questão fica sobre a origem das jogadas, ambas no lado direito da defesa do Sport. No primeiro lance, aos 35, Hayner não fez a cobertura, com Tréllez ocupando no setor, sendo facilmente superado por Arana, lateral da Seleção. Bola na cabeça de Diego, certeiro.

Depois, aos 45, com os reservas leoninos aquecendo para a segunda etapa, o um erro bizarro de Hayner. Com a bola dominada, chutou em cima de Arana, que serviu a Hulk. Jogo definido – com o 3º gol só aos 53/2T, de pênalti, com Vargas. Aos 25 anos, o lateral-direito veio de uma Série B competitiva pelo Cuiabá. Um degrau acima, entretanto, não basta apenas ter força. A necessidade de boa qualidade técnica é essencial para o desenvolvimento, tanto individual quanto coletivo na 1ª divisão.

Titular nesta campanha, o jogador já figurou entre os piores por várias vezes aqui no blog. Por escolhas erradas no ataque, setor que não rende (embora tenha tido dois gols bem anulados por impedimento no 2T, de Thiago e André), e pela falta de postura defensiva do ala, caso visto em Belo Horizonte. Pior, sem reposição, pois Patric deixou o clube e Ewerthon, que até rendeu no BR 2020, sequer foi relacionado. É um problema que já influencia diretamente na péssima campanha em 2021, assim como a ausência de um segundo volante, para melhorar um pouco a danosa saída de bola. Erros na montagem que minam a permanência, que parece caminhar em para o improvável.

Sport em 21 rodadas na Série A de 2021
Mandante (10 jogos, 7 pts e 23.3%): 1V, 4E e 5D
Visitante (11 jogos, 10 pts e 30.3%): 2V, 4E e 5D

A comparação da campanha com as permanências do leão na Série A após 21 jogos
1º) 2014 – 31 pontos (9V, 4E e 8D; 7º lugar)
2º) 2015 – 31 pontos (7V, 10E e 4D; 8º lugar)
3º) 2017 – 29 pontos (8V, 5E e 8D; 9º lugar)
4º) 2008 – 28 pontos (8V, 4E e 9D; 10º lugar)
4º) 2007 – 28 pontos (8V, 4E e 9D; 11º lugar)
6º) 2016 – 26 pontos (7V, 5E e 9D; 13º lugar)
7º) 2020 – 25 pontos (7V, 4E e 10D; 11º lugar)
8º) 2021 – 17 pontos (3V, 8E e 10D; 19º lugar)

Escalação do Atlético-MG (melhores: Arana e Diego Costa)
Everson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana (Dodô, 27/2T); Allan (Nathan, 27/2T), Tchê Tchê e Zaracho; Hulk (Vargas, 17/2T), Diego Costa (Sasha, 17/2T) e Keno (Nacho, 27/2T). Técnico: Cuca

Escalação do Sport (melhor: Mailson; piores: Hayner, Marcão e Everaldo)
Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Marcão (Barcia, 41/2T), Hernanes (Ronaldo, 35/2T) e Everton Felipe (Thiago Neves, 15/2T); Paulinho Moccelin, Mikael (Everaldo, intervalo) e Tréllez (André, intervalo). Técnico: Gustavo Florentín

Histórico geral de Atlético-MG x Sport (todos os mandos)
58 jogos
14 vitórias rubro-negras (24,1%)
20 empates (34,4%)
24 vitórias mineiras (41,3%)

Histórico de Atlético-MG x Sport pela Série A (todos os mandos)
43 jogos
9 vitórias rubro-negras (20,9%)
17 empates (39,5%)
17 vitórias mineiras (39,5%)

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a partida (do tempo 1h09 até 1h40):

Abaixo, assista aos melhores momentos, através do perfil oficial do Atlético-MG.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •