Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

A festa do valioso gol de Moccelin na Arena PE, com 2.500 pessoas. Foto: Anderson Stevens/Sport.

Em termos de desempenho, foi a melhor atuação do Sport neste Brasileirão, ainda mais considerando o desafio técnico na Arena Pernambuco. O Corinthians foi a campo com 10 jogos de invencibilidade e mirando o G4, num crescimento a partir da chegada de reforços de peso como Renato Augusto, bem marcado no meio, e Roger Guedes, completamente anulado por Ewerthon.

Durante todo o jogo, mas principalmente no 1T, o time pernambucano marcou muito bem em seu campo, permitiu poucas ações ofensivas ao visitante e quando recuperou a bola levou perigo seguidas vezes, variando as jogadas. Bola raspando a trave, defesa de Cássio e até gol anulado pelo VAR. Com apenas 35% de posse de bola, o Sport de Florentín foi dinâmico como poucas vezes vimos nesta campanha, iniciada com Louzer. Ou seja, sabia o que fazer com a bola.

Daí, num time com muita gente oriunda da base, destaque para Gustavo. Aos 19 anos, o meia tem muito talento. Neste sábado, jogou solto, com boa visão, driblando e finalizando. Considerando o peso da parida, exibida pela Rede Globo para boa parte do país, já ficou mais “caro”. Um pouco mais de concentração – ou amadurecimento – e deve ajudar ainda mais o leão nesta recuperação improvável nos gramados.

Após oito rodadas de jejum, de vitórias e gols, já são três vitórias seguidas, derrubando qualquer prognóstico. E é preciso deixar claro que o Sport jogou bem, com estratégias distintas e aplicação semelhante tática, nessas três apresentações, contra Grêmio, Juventude e Corinthians. Nesta última, além do potencial do adversário, o rubro-negro ainda perdeu duas peças importantes por suspensão, Hernanes e Everaldo.

Por isso, a centralização de Gustavo, jogando onde pode mais, onde é diferente. Na ponta, Everton Felipe enfim ajudou tanto ofensivamente quanto defensivamente. Por fim, a vitória por 1 x 0 acabou saindo do banco, outra questão há tempos sem ajuda efetiva. Moccelin entrou aos 19 minutos do 2T e marcou um golaço, semelhante àquele contra o América Mineiro, após jogada de profundidade de Marcão, que tabelou com Mikael antes da assistência. Depois disso, Mailson só fez uma defesa, a única com dificuldade no jogo, num chute de GP. Vitória grande, deixando o time, momentaneamente, fora da zona de rebaixamento após várias semanas.

E essa sequência, positiva, ocorreu justamente no dia em que o STJD confirmou a “notícia de infração” feita por nove clubes, todos eles concorrentes contra o Z4, sobre a suposta escalação irregular do zagueiro Pedro Henrique – que pode resultar na perda de 17 pontos. Valerá o regulamento específico da Série A de 2021, a visão do Sport, ou o regulamento geral de competições da CBF, a visão dos adversários? O caso será quente no tribunal, com a temperatura aumentando a cada ponto somado pelo Sport. E nesta semana foram 9 pontos…

Sport em 25 rodadas na Série A de 2021
Mandante (13 jogos, 13 pts e 33.3%): 3V, 4E e 6D
Visitante (12 jogos, 13 pts e 36.1%): 3V, 4E e 5D

A comparação da campanha com as permanências do leão na Série A após 25 jogos
1º) 2008 – 38 pontos (11V, 5E e 9D; 8º lugar)
2º) 2014 – 36 pontos (10V, 9E e 9D; 9º lugar)
3º) 2015 – 36 pontos (8V, 12E e 5D; 10º lugar)
4º) 2007 – 33 pontos (9V, 6E e 10D; 12º lugar)
5º) 2016 – 30 pontos (8V, 6E e 11D; 13º lugar)
5º) 2017 – 30 pontos (8V, 6E e 11D; 14º lugar)
7º) 2020 – 28 pontos (8V, 4E e 13D; 15º lugar)
8º) 2021 – 26 pontos (6V, 8E e 11D; 17º lugar)

Escalação do Sport (melhores: Gustavo, Ewerthon e Marcão)
Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere (Chico, 32/2T), Sabino e Sander; Marcão; Zé Welison, Everton Felipe (Tréllez, 13/2T), Luciano Juba (Paulinho Moccelin, 19/2T) e Gustavo (Leandro Barcia, 32/2T); Mikael. Técnico: Gustavo Florentín

Escalação do Corinthians (melhor: GP; piores: Roger Guedes e Gil)
Cássio; Fágner, Gil, João Victor, Fabio Santos; Cantillo (Gustavo Mosquito, 24/2T), Renato Augusto (Gustavo Mantuan, 42/2T), Giuliano; Gabriel Pereira (Luan, 39/2T), Jô (Adson, 24/2T) e Roger Guedes. Técnico: Sylvinho

Histórico geral de Sport x Corinthians (todos os mandos)
46 jogos
17 vitórias rubro-negras (36,9%)
10 empates (21,7%)
19 vitórias paulistas (41,3%)

Histórico de Sport x Corinthians pela Série A (todos os mandos)
41 jogos
15 vitórias rubro-negras (36,5%)
9 empates (21,9%)
17 vitórias paulistas (41,4%)

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a partida (do tempo 0h01 até 1h42):

Abaixo, assista ao gol do Sport, através do perfil oficial do clube no Twitter.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •