Compartilhe!

O leão foi melhor em campo e conseguiu a 5ª vitória fora. Fotos: Gustavo Oliveira/Londrina EC.

O Sport se recuperou na Série B com uma vitória fora de casa, lá no interior paranaense. O time fez 2 x 1 no Londrina, com lá e lô nesta edição, e obteve a 10ª vitória em 24 jogos, criando gordura para ao menos uma rodada dentro do G4, onde já permanece há oito rodadas. Os gols foram marcados por Hernane e Guilherme. Juntos, somam 20 gols no Brasileiro, o que corresponde a 62,5% dos 32 gols marcados pelo time.

Como de praxe, o Sport foi irregular nos 90 minutos – mesmo obtendo o resultado. No início do 1T, a atuação do Sport lembrou aquela contra o Figueirense, apática – apesar do gol logo cedo, na primeira finalização do Brocador (11º gol). Afinal, o visitante começou pressionante por um time com 1 vitória em 10 jogos, com a defesa mais vazada da competição. E com seis mudanças. Era difícil imaginar que o time seria incapaz de realmente aproveitar este cenário. E aos poucos foi melhorando a posse de bola (54%) e passou a criar boas chances, desperdiçadas por Sander e Leandrinho, ambos pela esquerda.

A bronca é que defensivamente o time pernambucano não vem bem. Sobretudo na bola parada, com o 3º gol seguido. Este de Germano, ex-Sport, aos 46. O lance para mudar a conversa no intervalo. Um castigo tardio, mas não injusto, com Mailson inseguro, de novo, e os zagueiros sem firmeza na bola aérea. Já no 2T a superioridade enfim existiu, de forma regular. Verticalizando as jogadas, com um bom aproveitamento no passe, o Sport criou as melhores chances. Até desempatar, teve oportunidades com Yan, Brocador e Leandrinho – apesar do bom trabalho coletivo, o meia foi displicente, tentando um voleio na cara do gol, livre.

Desta vez o Sport não ficou satisfeito com o empate, ilustrando essa visão, por exemplo, com a entrada do meia Carmona na vaga do volante Yago, bem discreto. O jogador reforçou a esquerda, onde Guilherme poucou produzia. E por lá veio a bola para Hernane, puxado na área. Já aos 35 minutos. Pênalti importantíssimo batido por Guilherme – geralmente é o Broca. Bateu firme e definiu o placar, com o time ficando com um a mais em campo logo depois. Foram 10 minutos tocando a bola, trabalhando bem o resultado. Trabalhando os 3 pontos.

Sport na Série B de 2019
Mandante (12 jogos, 21 pts e 58.3%): 5V, 6E e 1D
Visitante (12 jogos, 20 pts e 55.5%): 5V, 5E e 2D

Escalação do Sport (melhores: 1 Leandrinho, 2 Brocador, 3 Willian; pior: Adryelson)
Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Yago (Pedro Carmona, 27/2T), Willian Farias e Leandrinho; Yan (Marcinho, 32/2T), Brocador e Guilherme (Marcão, 42/2T). Técnico: Guto Ferreira

Escalação do Londrina (melhor: Matheuzinho; pior: Alemão)
Emerson; Alemão, Augusto, Lucas Costa e Juninho. Germano, Néris (Paulinho, 25/2T) e Higor Leite; Matheuzinho (João Paulo, 17/2T), Léo Passos (Jr. Pirambu, 40/2T) e Luidy. Técnico: Tencati

Os confrontos até hoje, todos pela Série B (3V do leão e 2E)
1º) 17/08/2002 (F) – Sport 0 x 0 Londrina (Estádio do Café)
2º) 11/06/2003 (C) – Sport 1 x 1 Londrina (Ilha do Retiro)
3º) 27/04/2004 (F) – Sport 2 x 0 Londrina (Estádio do Café)
4º) 24/05/2019 (C) – Sport 3 x 2 Londrina (Ilha do Retiro)
5º) 24/09/2019 (F) – Sport 2 x 1 Londrina (Estádio do Café)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Celso Ishigami e Fred Figueiroa):


Compartilhe!