Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Os dez melhores do NE somando todos os pontos obtidos nos torneios nacionais de juniores.

A participação nordestina nas competições nacionais da categoria Sub 20 em 2021 terminou somente em 12 de outubro, na última do Campeonato Brasileiro, com os quatro representantes da região ficando abaixo do G8, a zona de classificação ao mata-mata. Eis as campanhas: 15º Sport (5V, 3E e 11D), 16º Ceará (4V, 6E e 9D), 17º Fortaleza (3V, 4E e 12D) e 19º Bahia (2V, 7E e 10D).

Já na Copa do Brasil, a melhor campanha foi do estreante Floresta do Ceará, que alcançou as quartas de final, sendo a 11ª campanha da região entro oito melhores do torneio, em seu 10º ano. Ao todo, 12 clubes nordestinos participaram das duas principais competições do país em 2021, com o Bahia sendo o único representante tanto no campeonato quanto na copa.

Embora o rendimento do Sub 20 do tricolor tenha sido bem abaixo em relação à temporada passada, quando foi vice da Copa do Brasil, o clube obteve um resultado final relevante. Afinal, com os 17 pontos somados no ano, ultrapassou o arquirrival Vitória e assumiu, pela primeira vez, a liderança nordestina em pontos conquistados nos torneios nacionais de juniores. Saltou 186 para 203 pontos, enquanto o leão baiano, ausente das disputas, seguiu estacionado em 197 pontos – o rubro-negro, porém, segue sendo o único com taça no Sub 20.

A atualização do blog considera 26 competições chanceladas, sendo 16 edições do Brasileiro e 10 da Copa do Brasil – no caso do BR, a conta parte de 2006, numa organização da federação gaúcha sob autorização da CBF. Ao todo, 25 clubes da região já participaram de algum torneio oficial, dois a mais em relação à lista passada. Além do Floresta, a novidade foi o Presidente Médici, do Maranhão. A participação, lembrando, ocorre com os campeões estaduais na copa e com os 20 melhores ranqueados, da lista nacional profissional, no campeonato.

Curiosidades na atualização da lista nordestina em 2021
– Apesar da liderança, o saldo de gols do Bahia caiu de +14 para -4
– Ceará (5º) reduziu a diferença para o Náutico (4º) de 17 para 2 pontos
– Fortaleza disputou o BR pela 2ª vez e tomou a 6º posição do América
– Sem participação, o Santa Cruz saiu do top ten, de 9º para 11º
– Número de clubes do NE com vitórias nacionais subiu de 9 para 11
– Sport tornou-se o 3º time a alcançar a marca de 100 pontos no BR
– Floresta tornou-se o 6º time (e o 2º do CE) a ficar no G8 de um torneio
– Floresta estreou no ranking em 7º lugar; Presidente Médici em 24º

Antes do quadro completo de resultados (no fim do post), confira a lista por desempenho, ordenada por títulos, vices e participações nas semifinais e quartas, respectivamente. Somando as competições, apenas 6 nordestinos terminaram no “top 8” ao menos uma vez. Somando, 23 vezes.

As 12 campanhas do Nordeste no G8 do Campeonato Brasileiro
1º) Vitória (5x) – vice (15 e 18), semifinal (10) e quartas (11 e 13)
2º) Sport (2x) – vice (08) e quartas (12)
3º) Bahia (2x) – semifinal (06 e 15)
4º) Náutico (2x) – semifinal (08) e quartas (12)
5º) Ceará (1x) – quartas (10)

As 11 campanhas do Nordeste no G8 da Copa do Brasil
1º) Vitória (3x) – campeão (12), vice (14) e quartas (17)
2º) Bahia (6x) – vice (16 e 20), semifinal (12 e 14) e quartas (13 e 17)
3º) Sport (1x) – semifinal (16)
4º) Floresta (1x) – quartas (21)

A seguir, o ranking histórico dos clubes do NE nos campeonatos nacionais oficiais de juniores.

Obs. Caso o leitor queira uma estatística mais detalhada sobre cada coluna presente no quadro, basta clicar na setinha no tópico das colunas, tanto para cima ou para baixo – escolha a ordem.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •