Compartilhe!
  •  
  • 11
  •  
  •  

O Íbis chegou a 645 mil usuários na soma das cinco redes. Já tem a 28ª base digital do país.

O Ibope-Repucom publicou a atualização das bases digitais dos principais clubes brasileiros, somando os perfis oficiais nas cinco redes sociais mais utilizadas no futebol até dezembro de 2020 – Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok; confira o quadro abaixo. Ao todo, o ranking digital conta com 50 times monitorados, incluindo 15 nordestinos. A seguir, uma análise do blog focada na região, sendo esta tabela a 9ª desde o início da pandemia e a 5ª após a largada das Séries A, B e C do Brasileiro. Obviamente, o futebol em atividade ajudou a alavancar os dados.

Pelo segundo mês seguido, o Íbis registra o 5º maior crescimento do país somando todos os perfis. É algo impressionante considerando que o clube disputa a Série A2 do Pernambucano. Após passar o Náutico em novembro, o Íbis passou a Ponte Preta em dezembro e já figura em 28º lugar, tendo a maior base entre os clubes sem divisão nacional. Por sinal, pelo critério adotado pelo Ibope, o levantamento soma os 20 times presentes na Série A deste ano e os 30 com as maiores bases digitais nas demais divisões, ou mesmo aqueles sem participação no Brasileirão 2020. Daí, a presença do pássaro preto, cujo perfil de humor viralizou faz tempo.

Seguindo a visão sobre o NE, o Sport chegou a 3,6 mi e se manteve no 13º lugar nacional pelo terceiro mês, numa disputa duradora com o Botafogo. E o leão ainda aumentou a vantagem sobre os cariocas, de 12 mil para 34 mil. Já em relação à defesa da liderança regional, o clube pernambucano viu o Bahia reduzir um pouco a vantagem. De 148 mil para 146 mil – foi a 23ª aproximação em 30 meses. Curiosamente, agora ambos contam com um serviço de streaming, o Sócio Digital no tricolor e o Leão Play no rubro-negro. No Bahia, o investimento na plataforma própria reduziu o crescimento das redes. A conferir o cenário no Sport.

A lista regional segue com Ceará, Fortaleza e Vitória, todos acima de 2 milhões de inscritos nas redes combinadas. Ou seja, são cinco nordestinos no recorte do 13º ao 19º do ranking – Botafogo e Athletico são os “intrusos”. No topo da lista absoluta, o Flamengo é o único no patamar de 30 milhões (já soma 36,8 mi). Além disso, o atual campeão do Brasileirão e da Libertadores já abriu 11,9 mi sobre o Corinthians. O clube do Rio lidera há 23 meses.

Abaixo, o ranking completo com as 50 maiores bases digitais do país. Caso esteja num aparelho celular, “estique” a tela para melhorar a visualização do quadro. O seu clube está presente?

A seguir, os seis quadros sobre o Nordeste (e o top 3 nacional), com as respectivas evoluções mensais e as observações do blog sobre os novos dados, contabilizados pela equipe do Ibope até 30 de novembro – o asterisco (*) corresponde à maior evolução do NE. Também vale a ressalva de que uma pessoa pode ter contas em diferentes plataformas, com a lista contando cada uma delas. E também pode, em tese, seguir perfis rivais, também contabilizados.

1) Soma das cinco redes quantificadas
Pelo 2º mês seguido, o Íbis teve a maior evolução na região. Foram 71 mil e 64 mil adesões, respectivamente. Assim, não só tomou o 7º lugar do Náutico como já abriu 87 mil de vantagem. Embora a lista não tenha nenhuma alteração em relação às posições, vale o destaque para o G4, que cresceu também num ritmo fortíssimo – mas não tão fora da curva quanto o pássaro preto.

Top 10 do NE
1º) 3.685.050 – Sport (+29.117)
2º) 3.539.019 – Bahia (+32.000)
3º) 2.303.576 – Ceará (+31.730)
4º) 2.270.324 – Fortaleza (+57.824)
5º) 2.093.379 – Vitória (+6.536)
6º) 1.228.289 – Santa Cruz (+7.558)
7º) 645.501 – Íbis (+64.312)*
8º) 558.432 – Náutico (+2.597)
9º) 496.051 – ABC (+2.385)
10º) 481.979 – CSA (+5.240)
11º) 475.007 – América-RN (+1.546)
12º) 425.762 – CRB (+4.853)
13º) 346.169 – Sampaio Corrêa (+18.823)
14º) 258.822 – Botafogo-PB (+3.360)
15º) 233.386 – Campinense (+1.274)

Top 3 do Brasil
1º) 36.875.519 – Flamengo (+505.485)
2º) 24.948.801 – Corinthians (+94.012)
3º) 16.037.585 – São Paulo (+174.524)

2) Facebook
Neste mês, a rede de Mark Zuckerberg apresenta uma mudança no ranking, com o Sampaio tomando o 10º lugar do CSA. A entrada do campeão maranhense no top ten veio no embalo da maior evolução no mês, com 4,7 mil novos usuários. Entre os demais presentes, uma base praticamente estagnada. Apenas oscilação, tanto para baixo (-397) quanto para cima (+1,9 mil, através do líder Bahia). No geral, 10 nordestinos tiveram acréscimo e 5 registraram decréscimo.

Top 10 do NE
1º) 1.120.592 – Bahia (+1.991)
2º) 1.058.134 – Sport (-327)
3º) 927.979 – Fortaleza (+1.782)
4º) 894.030 – Ceará (+68)
5º) 549.738 – Santa Cruz (-397)
6º) 493.617 – Vitória (+835)
7º) 236.446 – América-RN (-159)
8º) 219.627 – ABC (-148)
9º) 212.064 – Náutico (+156)
10º) 162.706 – Sampaio Corrêa (+4.760)*
11º) 159.381 – CSA (+337)
12º) 145.094 – CRB (+246)
13º) 140.916 – Íbis (+542)
14º) 123.842 – Campinense (-98)
15º) 89.755 – Botafogo-PB (+68)

Top 3 do Brasil
1º) 12.215.449 – Flamengo (+16.376)
2º) 11.178.394 – Corinthians (-12.963)
3º) 6.632.908 – São Paulo (+7.481)

3) Twitter
Pelo 4º mês seguido, o Twitter registrou o crescimento de todos no NE – o período anterior foi marcado pela varredura de perfis inativos. A evolução seguiu o patamar já estabilizado da rede mais utilizada pelos brasileiros para debater futebol, segundo o próprio Ibope. Só o Íbis destoou, no embalo do enorme engajamento nas postagens com provocações no futebol. Com a evolução deste mês, o clube passou o Santa e assumiu a 6ª posição entre as maiores bases do NE. Última curiosidade: dos 15 nordestinos, só os dois paraibanos seguem sem o selo azul de verificação.

Top 10 do NE
1º) 1.577.069 – Sport (+1.511)
2º) 1.456.302 – Bahia (+3.590)
3º) 1.132.715 – Vitória (+216)
4º) 335.609 – Ceará (+4.602)
5º) 287.420 – Fortaleza (+5.080)
6º) 256.701 – Íbis (+17.062)*
7º) 246.753 – Santa Cruz (+1.196)
8º) 147.801 – Náutico (+707)
9º) 123.061 – ABC (+190)
10º) 99.823 – América-RN (+218)
11º) 85.326 – CRB (+701)
12º) 47.365 – CSA (+777)
13º) 34.121 – Botafogo-PB (+198)
14º) 32.158 – Campinense (+47)
15º) 18.619 – Sampaio Corrêa (+1.969)

Top 3 do Brasil
1º) 7.126.627 – Flamengo (+90.629)
2º) 6.200.451 – Corinthians (+18.805)
3º) 4.369.514 – São Paulo (+20.574)

4) Instagram
Mais uma vez, a base do crescimento massivo do Íbis ficou concentrada no Instagram, onde o clube somou 46 mil seguidores, com uma evolução de 23,2% em 30 dias. No mês passado, o pássaro preto passou o CRB. Agora, passou o CSA e já tem a 7ª maior base na rede de compartilhamento de imagens. Ainda houve outra alteração no ranking da região, com o Sampaio figurando entre os dez primeiros, agora à frente do Náutico. No pódio, os três primeiros colocados tiveram cresceram numa escala praticamente idêntica: Ceará (13,6 mil), Fortaleza (12,2 mil) e Bahia (13,0 mil).

Top 10 do NE
1º) 776.237 – Ceará (+13.660)
2º) 713.525 – Fortaleza (+12.262)
3º) 690.425 – Bahia (+13.019)
4º) 668.347 – Sport (+8.333)
5º) 359.147 – Vitória (+4.785)
6º) 286.298 – Santa Cruz (+4.359)
7º) 247.884 – Íbis (+46.708)*
8º) 218.833 – CSA (+2.326)
9º) 159.542 – CRB (+2.106)
10º) 137.044 – Sampaio Corrêa (+9.194)
11º) 134.967 – Náutico (+1.034)
12º) 120.063 – ABC (+1.143)
13º) 106.302 – América-RN (+957)
14º) 96.485 – Botafogo-PB (+443)
15º) 67.492 – Campinense (+1.280)

Top 3 do Brasil
1º) 9.343.443 – Flamengo (+198.470)
2º) 5.244.856 – Corinthians (+56.270)
3º) 3.159.563 – São Paulo (+90.969)

5) Youtube
Após três meses, finalmente todos os clubes nordestinos presentes no levantamento tiveram crescimento simultâneo na rede de vídeos. A curiosidade é o empate entre 4 clubes em relação à evolução na atualização, todos com 1.000 – justamente os quatro primeiros, com o Fortaleza se mantendo no topo. Isso se deve à divulgação dos dados, que são arredondados, “facilitando” a possibilidade. Sobre o ranking regional, que não teve mudanças, é preciso que pontuar que Íbis aparece sem canal, embora tenha perfil oficial, hoje com 3.520 pessoas inscritas.

Top 10 do NE
1º) 182.000 – Fortaleza (+1.000)*
2º) 136.000 – Ceará (+1.000)*
3º) 134.000 – Bahia (+1.000)*
4º) 126.000 – Sport (+1.000)*
5º) 66.700 – Santa Cruz (+500)
6º) 52.500 – Vitória (+400)
7º) 28.500 – Botafogo-PB (+100)
7º) 28.500 – América-RN (+100)
9º) 25.800 – CSA (+100)
10º) 20.900 – ABC (+100)
11º) 18.500 – CRB (+100)
12º) 17.900 – Náutico (+200)
13º) 13.200 – Sampaio Corrêa (+800)
14º) 9.800 – Campinense (+40)

Top 3 do Brasil
1º) 5.890.000 – Flamengo (+100.000)
2º) 1.470.000 – Palmeiras (+30.000)
3º) 1.400.000 – Corinthians (+10.000)

6) Tiktok
Presente pela 7ª vez no ranking digital do Ibope, o TikTok acelerou o ritmo no último mês. Entre os nordestinos, 10 clubes somaram mais de 1.000 seguidores – na lista anterior foram 7. O Sport segue na liderança regional, sendo o único acima de 200 mil. Em termos nacionais, o clube tem a 6ª maior base – sendo a melhor colocação do NE em qualquer rede. Ainda vale o destaque ao Fortaleza, que tomou a 3ª posição regional do Bahia – em dois meses, o tricolor de Salvador caiu de 2º para 4º. Aqui, o Íbis segue como o único nordestino da lista geral do Ibope a não ter um perfil no TikTok.

Top 10 do NE
1º) 255.500 – Sport (+18.600)
2º) 161.700 – Ceará (+12.400)
3º) 159.400 – Fortaleza (+37.700)*
4º) 137.700 – Bahia (+12.400)
5º) 78.800 – Santa Cruz (+1.900)
6º) 55.400 – Vitória (+300)
7º) 45.700 – Náutico (+500)
8º) 30.600 – CSA (+1.700)
9º) 17.300 – CRB (+1.700)
10º) 14.600 – Sampaio Corrêa (+2.100)
11º) 12.400 – ABC (+1.100)
12º) 9.961 – Botafogo-PB (+2.551)
13º) 3.936 – América-RN (+430)
14º) 94 – Campinense (+5)

Top 3 do Brasil
1º) 2.300.000 – Flamengo (+100.000)
2º) 925.100 – Corinthians (+21.900)
3º) 574.000 – Pameiras (+16.600)


Compartilhe!
  •  
  • 11
  •  
  •