Compartilhe!

O ranking completo com as 50 maiores bases digitais do país. Caso esteja num celular, “estique” a tela para melhorar a visualização do quadro. O seu clube está presente?

O Ibope-Repucom publicou a atualização das bases digitais dos principais clubes brasileiros, somando os perfis oficiais nas redes sociais mais utilizadas no futebol até setembro de 2020 – Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok. Analisado pelo 4º mês, o TikTok se mantém com a principal fonte de adesão em 25 dos 42 clubes presentes na plataforma. Por sinal, os clubes do país já somam 6,2 milhões de usuários na rede de microvídeos (aumento de 55% em um mês!).

Ao todo, o ranking digital conta com 50 times, sendo 15 nordestinos. A representatividade da região aumentou neste mês devido à entrada do Campinense (PB), que tirou o Londrina (PR) do novo levantamento. A seguir, uma análise focada na região, sendo esta a sexta tabela desde o início da pandemia e a segunda após o início das Séries A, B e C do Brasileiro. Obviamente, o futebol em atividade ajuda a alavancar os dados.

O Sport é o nordestino com a melhor colocação geral. Hoje em 14º, o leão está a 17 mil pessoas do Botafogo, com quem trava há meses uma disputa pela 13º lugar. Já em relação à defesa da liderança regional, o time pernambucano voltou a abrir diferença sobre o Bahia. Desta vez de 84 mil para 105 mil – foi apenas a 5ª vez em 27 meses. A base do crescimento do Sport foi justamente no TikTok, onde tem o 6º maior perfil do país. Sobre o Bahia, vale dizer que o clube passou a investir mais no Sócio Digital, a sua plataforma própria de streaming. A lista segue com Ceará, Fortaleza e Vitória, todos acima de 2 milhões na soma das redes. Curiosamente, são cinco nordestinos do 14º ao 19º do ranking – o Athletico é a exceção.

Pelo critério adotado pelo instituto, o levantamento soma os 20 times presentes na Série A deste ano e os 30 com as maiores bases digitais nas demais divisões, ou mesmo aqueles sem participação no Campeonato Brasileiro de 2020. No topo da lista combinada, o Flamengo é o único no patamar de 30 milhões (já soma 35,2 mi). Além disso, o atual campeão do Brasileirão e da Libertadores abriu 10,7 mi sobre o Corinthians. A seguir, os seis quadros sobre o Nordeste (e o top 3 nacional), com as respectivas evoluções mensais e as observações do blog sobre os novos dados, contabilizados pela equipe do Ibope até o dia 31 de agosto.

Obs 1. O asterisco (*) corresponde à maior evolução do NE no último mês.

Obs 2. Uma pessoa pode ter contas em diferentes plataformas, com a lista contando cada uma delas. E também pode, em tese, seguir perfis rivais, também contabilizados nas listas.

1) Soma das cinco redes quantificadas
Nesta atualização, nove clubes nordestinos tiveram crescimento acima de 10 mil. É o recorde desde que comecei a acompanhar os quadros digitais do Ibope – a marca anterior de era oito clubes, curiosamente nos dois meses anteriores. Refinando o número, cinco clubes tiveram mais de 30 mil adesões – com o Sport tendo disparado o maior crescimento, algo raro considerando o fato de já ter uma base consolidada. Em relação ao ranking, nenhuma mudança – até porque o Campinense já estreou em 15º. Nesta atualização, o Ceará se afirmou na 3ª posição do pódio, abrindo 58 mil sobre o rival Fortaleza.

Top 10 do NE
1º) 3.574.388 – Sport (+73.507)*
2º) 3.469.376 – Bahia (+52.624)
3º) 2.164.885 – Ceará (+61.848)
4º) 2.106.361 – Fortaleza (+46.266)
5º) 2.067.345 – Vitória (+39.944)
6º) 1.209.962 – Santa Cruz (+28.809)
7º) 545.946 – Náutico (+14.896)
8º) 495.179 – Íbis (+9.777)
9º) 482.087 – ABC (+7.283)
10º) 468.723 – América-RN (+3.664)
11º) 466.234 – CSA (+14.369)
12º) 410.686 – CRB (+19.396)
13º) 308.608 – Sampaio Corrêa (+7.954)
14º) 251.972 – Botafogo-PB (+7.442)
15º) 229.684 – Campinense (s/n)

Top 3 do Brasil
1º) 35.268.905 – Flamengo (+979.858)
2º) 24.550.302 – Corinthians (+624.427)
3º) 15.733.985 – São Paulo (+233.930)

2) Facebook
Após quatro meses oscilando entre 11 e 14 clubes com decréscimo, no pior momento do Facebook, a rede traz 7 times negativados, incluindo o trio de ferro do Recife. Ainda assim, trata-se de metade dos clubes com base de comparação – o Campinense estreou no top 50 do país neste mês. Já em relação aos clubes que conseguiram crescer, apenas dois, Fortaleza (3,0 mil) e Fortaleza (1,2 mil), passaram de mil adesões. Sobre o ranking, sem mudanças na estagnada rede de Mark Zuckerberg.

Top 10 do NE
1º) 1.118.391 – Bahia (+433)
2º) 1.058.334 – Sport (-333)
3º) 918.791 – Fortaleza (+1.200)
4º) 892.720 – Ceará (+401)
5º) 550.978 – Santa Cruz (-220)
6º) 490.091 – Vitória (+3.072)*
7º) 236.837 – América-RN (-112)
8º) 219.705 – ABC (-109)
9º) 211.793 – Náutico (-50)
10º) 157.880 – CSA (+334)
11º) 155.923 – Sampaio Corrêa (-19)
12º) 144.490 – CRB (+721)
13º) 140.431 – Íbis (-211)
14º) 124.034 – Campinense (s/n)
15º) 89.670 – Botafogo-PB (+40)

Top 3 do Brasil
1º) 12.125.182 – Flamengo (+17.857)
2º) 11.220.925 – Corinthians (-4.586)
3º) 6.638.884 – São Paulo (-6.684)

3) Twitter
Após quatro meses, finalmente o Twitter registrou crescimento de todos os nordestinos presentes – novamente, exceção feita à raposa de Campina Grande, estreante na lista. O período anterior foi marcado pela varredura de perfis inativos, com vários clubes negativos. Desta vez, uma evolução no patamar recente (e já estabilizado) da rede mais utilizada pelos brasileiros para debater futebol, segundo com estudo do próprio Ibope. Sobre o ranking, nenhuma mudança. Curiosidade: dos 15 nordestinos presentes, só os dois paraibanos seguem sem o selo azul de verificação.

Top 10 do NE
1º) 1.568.913 – Sport (+1.718)
2º) 1.444.946 – Bahia (+4.389)*
3º) 1.131.782 – Vitória (+422)
4º) 324.283 – Ceará (+3.775)
5º) 271.113 – Fortaleza (+2.946)
6º) 243.876 – Santa Cruz (+1.184)
7º) 211.409 – Íbis (+4.248)
8º) 145.315 – Náutico (+683)
9º) 122.416 – ABC (+158)
10º) 99.219 – América-RN (+119)
11º) 83.186 – CRB (+910)
12º) 44.979 – CSA (+673)
13º) 33.648 – Botafogo-PB (+322)
14º) 31.996 – Campinense (s/n)
15º) 13.397 – Sampaio Corrêa (+539)

Top 3 do Brasil
1º) 6.866.146 – Flamengo (+71.527)
2º) 6.145.061 – Corinthians (+45.123)
3º) 4.330.628 – São Paulo (+10.490)

4) Instagram
O Ceará manteve a liderança pelo 5º mês seguido e tornou-se o primeiro clube da região a ultrapassar a marca de 700 mil seguidores. Além disso, o vozão voltar a ampliar a vantagem para o segundo colocado, de 23 de mil para 42 mil. Na verdade, neste momento o foco vice-líder, o rival Fortaleza, é defender esta posição, pois o Bahia encostou – a diferença caiu de 11 mil de 5 mil. Em relação as colocações, sem mudanças.

Top 10 do NE
1º) 708.782 – Ceará (+25.172)*
2º) 666.357 – Fortaleza (+6.120)
3º) 661.239 – Bahia (+12.402)
4º) 629.541 – Sport (+9.322)
5º) 341.671 – Vitória (+14.949)
6º) 275.708 – Santa Cruz (+6.345)
7º) 211.875 – CSA (+5.262)
8º) 153.510 – CRB (+8.463)
9º) 143.339 – Íbis (+5.740)
10º) 130.038 – Náutico (+1.763)
11º) 121.028 – Sampaio Corrêa (+1.912)
12º) 113.834 – ABC (+1.753)
13º) 102.726 – América-RN (+1.435)
14º) 95.108 – Botafogo-PB (+1.497)
15º) 64.586 – Campinense (s/n)

Top 3 do Brasil
1º) 8.777.577 – Flamento (+170.474)
2º) 5.071.416 – Corinthians (+150.690)
3º) 2.998.373 – São Paulo (+36.024)

5) Youtube
Em alta nesta temporada, com lives e transmissões de jogos, o Youtube segue com crescimento regular. Pelo segundo mês, todos nordestinos presentes aumentaram as suas bases. E o destaque segue com a dupla cearense, turbinada na atualização passada a partir do streaming do Campeonato Cearense. Neste rescaldo, o Ceará tomou o 2º lugar do Bahia, deixando os dois alencarinos nas duas primeiras posições – com a liderança do Fortaleza sendo bem folgada, com 38 mil inscritos à frente. Outra mudança no ranking foi proporcionada pelo Botafogo de João Pessoa, que tomou o 7º lugar do América de Natal. Por fim, é preciso pontuar que o Íbis aparece sem canal, embora tenha há tempos um perfil oficial, hoje com 3.490 pessoas.

Top 10 do NE
1º) 170.000 – Fortaleza (+5.000)
2º) 132.000 – Ceará (+8.000)*
3º) 128.000 – Bahia (+1.000)
4º) 115.000 – Sport (+3.000)
5º) 64.700 – Santa Cruz (+2.000)
6º) 49.600 – Vitória (+2.400)
7º) 28.400 – Botafogo-PB (+2.200)
8º) 27.300 – América-RN (+800)
9º) 25.100 – CSA (+500)
10º) 19.800 – ABC (+600)
11º) 17.700 – CRB (+900)
12º) 15.500 – Náutico (+1.700)
13º) 11.400 – Sampaio Corrêa (+600)
14º) 9.020 – Campinense (s/n)

Top 3 do Brasil
1º) 5.500.000 – Flamengo (+220.000)
2º) 1.400.000 – Palmeiras (+40.000)
3º) 1.300.000 – São Paulo (+20.000)

6) TikTok
Presente pela 4ª vez no ranking digital do Ibope, o TikTok segue com crescimento muito elevado, com muitos jovens aderindo à rede de compartilhamento de vídeos curtinhos E assim o ranking vai mudando mês a mês. Desta vez foram três trocas. O Bahia passou o Ceará (2º x 3º), o Fortaleza passou o Santa (4º x 5º) e o ABC passou o Botafogo (11º x 12º). Líder, o Sport teve um salto de 41% nesta rede e ultrapassou a marca de 200 mil seguidores em menos de seis meses desde a criação do perfil. Aqui, o Íbis segue sendo o único nordestino da lista geral do Ibope a não ter um perfil no TikTok.

Top 10 do NE
1º) 202.600 – Sport (+59.800)*
2º) 116.800 – Bahia (+34.400)
3º) 107.100 – Ceará (+24.500)
4º) 80.100 – Fortaleza (+31.000)
5º) 74.700 – Santa Cruz (+19.500)
6º) 54.100 – Vitória (+19.000)
7º) 43.300 – Náutico (+10.500)
8º) 26.400 – CSA (+7.600)
9º) 11.800 – CRB (+8.402)
10º) 6.860 – Sampaio Corrêa (+4.922)
11º) 6.332 – ABC (+4.881)
12º) 5.146 – Botafogo-PB (+3.383)
13º) 2.641 – América-RN (+1.422)
14º) 46 – Campinense (s/n)

Top 3 do Brasil
1º) 2.000.000 – Flamengo (+500.000)
2º) 852.900 – Corinthians (+403.200)
3º) 466.100 – São Paulo (+174.100)


Compartilhe!