Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acesso veio no ano do 60º aniversário do Vera Cruz e do 70º do Sete. Fotos: Instagram/reprodução.

Após cinco anos na segunda divisão, o Vera Cruz está de volta à elite do futebol pernambucano. É o 4º ano acesso na história do clube de Vitória de Santo Antão, sendo a 4ª vez com a taça de campeão, tornando-se o recordista de títulos na Série A2. Na última rodada do hexagonal decisivo, o galo, treinado pelo ex-goleiro Nilson Corrêa, já largou na ponta, mantendo a posição com o empate em 1 x 1 com o Ypiranga, fora de casa.

Assim, ficou na frente do Sete de Setembro no saldo de gols (3 x 1). Porém, engana-se quem pensa que o alviverde de Garanhuns lamentou o resultado. Pelo contrário, a festa foi enorme também, com a vitória sobre o Porto, no Gigante do Agreste, saindo aos 46 minutos do segundo tempo. Àquela altura, a vaga era do Centro Limoeirense, que venceu o Íbis por 1 x 0. Assim, Sete e Porto precisavam ganhar, o que deixou o jogo, até então num empate em branco, num lá e cá danado nos minutos finais.

Por isso, o lance decisivo saiu num contragolpe, com o meia Tiago Bagagem recolocando a cidade de Garanhuns na 1ª divisão do Campeonato Pernambucano após 11 anos! É tempo demais para um município tão importante, com 140 mil habitantes e dois clubes com história. Este foi o 3º acesso na história do lobo guará, se juntando a 1995 (campeão) e 2007 (vice).

Com o fim da segundona em 13/12, está enfim definida a lista de participantes no Estadual de 2021. Serão dez times. Eis os nomes, com a ordem através da classificação em 2020: Salgueiro (1º A1), Santa Cruz (2º A1), Náutico (3º A1), Afogados (4º A1), Retrô (5º A1), Central (6º A1), Sport (7º A1), Acadêmica Vitória (8º A1), Vera Cruz (1º A2) e Sete de Setembro (2º A2).

Classificação final hexagonal da Série A2 de 2020 (5 rodadas)
1º) 10 pts – Vera Cruz (3V, 1E e 1D; 6 GP e 3 GC)
2º) 10 pts – Sete de Setembro (3V, 1E e 1D; 5 GP e 4GC)
3º) 9 pts – Centro Limoeirense (3V, 0E e 2D; 6 GP e 3 GC)
4º) 6 pts – Porto (2V, 0E e 3D; 5 GP e 3 GC)
5º) 5 pts – Íbis (1V, 2E e 2D; 3 GP e 4 GC)
6º) 2 pts – Ypiranga (0V, 2E e 3D; 1 GP e 9 GC)

Campanha geral na Série A2 de 2020
Campeão, Vera Cruz – 13 jogos; 8V, 3E e 2D; 19 GP e 8 GC
Vice, Sete de Setembro – 11 jogos; 6V, 3E e 2D; 12 GP e 6 GC

O ranking de títulos na Série A2 (20 campeões)
4x – Vera Cruz (2006, 2009, 2014 e 2020)
3x – Petrolina (2001, 2010 e 2018)
2x – Vitória (2008 e 2013) e Flamengo de Arcoverde (1996 e 2016)
1x – Maguari (1977), Sete de Setembro (95), Ferroviário de Serra Talhada (97), Unibol (98), Central (99), AGA (2000), Itacuruba (02), Porto (03), Ypiranga (04), Estudantes (05), Salgueiro (07), Serra Talhada (11), Chã Grande (12), Belo Jardim (15) e Pesqueira (17) e Decisão (19)

A seguir, dados e curiosidades sobre os novos integrantes da 1ª divisão. Parabéns aos dois!

Vera Cruz Futebol Clube
Fundação: 3 de fevereiro de 1960
Município: Vitória de Santo Antão (Zona da Mata, a 44 km da capital)
Mascote: Galo
Instagram: oficialveracruzfc
Estádio: Carneirão (10 mil lugares, em obras) ou Arena Pernambuco (45 mil, em São Lourenço)

Time-base no acesso
Serginho; Léo Cotia, Ruan, Matheus Serra e Wendel; Vitor, Índio, Kelvin; Charles, Elvis e Edson. Técnico: Nilson Corrêa

Vera Cruz na Série A1
Ranking: 32º lugar
4 participações (última em 2015)
86 jogos (102 GP e 116 GC; -14)
24 vitórias (27,9%)
27 empates (31,3%)
35 derrotas (40,6%)
38,3% de aproveitamento

Sete de Setembro Esporte Clube
Fundação: 7 de setembro de 1950
Município: Garanhuns (Agreste, a 200 km da capital)
Mascote: Lobo Guará
Instagram: seteecoficial
Estádio: Gigante do Agreste (7 mil lugares, particular)

Time-base no acesso
Igor; Douglas, Maurício, Matheus e Léo; Madson, Willian Luz, Anderson e Tiago Bagagem; Muller Fernandes e Jackson. Técnico: Cícero Monteiro

Sete de Setembro na Série A1
Ranking: 15º lugar
16 participações (última em 2010)
335 jogos (276 GP e 556 GC; -280)
79 vitórias (23,5%)
78 empates (23,2%)
178 derrotas (53,1%)
31,3% de aproveitamento


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •