Compartilhe!

Sport/instagram (@sportrecife)

A Ilha do Retiro, hoje limitada a 30 mil torcedores. São quase 80 anos recebendo finais.

O Estádio Adelmar da Costa Carvalho é o palco da decisão da 105ª edição do Campeonato Pernambucano, com o clássico entre Sport e Náutico, em 21/04. Ao longo dos anos, o local definiu o maior número de títulos estaduais (37x) e também foi o estádio com o maior número de finais (28x). A diferença entre os dois cenários está relacionada ao fato de que em nove oportunidades um time sagrou-se campeão por antecipação na Ilha – 6x com o leão e 3x com o timbu.

Em 2019, portanto, a casa rubro-negra amplia este recorde com a 38ª volta olímpica e a 29ª decisão. Nesta publicação, o histórico de finais por lá, com a primeira em 1940, três anos após a inauguração, com a arquibancada diminuta, passando pelo recorde de público (inalcançável) e por 25 clássicos. Curiosamente, duas decisões não tiveram o Sport em campo (1944 e 1946). Na lista a abaixo, os times à esquerda foram os campeões, independentemente do mando de campo. Como exemplo, o Santa Cruz. Até 1970 o tricolor revezava o seu mando entre a Ilha e os Aflitos – isso só mudou a partir da construção anel inferior do Arruda.

Curiosidade – O Sport não conquista um título em sua casa desde 2010. Desde então, perdeu as últimas três finais. Já o Náutico não ergue a taça na Ilha desde 1965. De lá pra cá, seis vices.

As 29 decisões do Campeonato Pernambucano na Ilha (último jogo)
1ª) 1940 – Santa Cruz 2 x 1 Sport
2ª) 1944 – América 3 x 0 Náutico
3ª) 1946 – Santa Cruz 0 x 0 Náutico
4ª) 1948 – Sport 2 x 0 América
5ª) 1954 – Náutico 1 x 1 Sport
6ª) 1957 – Santa Cruz 3 x 2 Sport (Supercampeonato)
7ª) 1961 – Sport 3 x 2 Náutico
8ª) 1962 – Sport 2 x 1 Santa Cruz
9ª) 1965 – Náutico 2 x 0 Sport
10ª) 1971 – Santa Cruz 1 x 0 Sport
11ª) 1973 – Santa Cruz 2 x 0 Sport
12ª) 1981 – Sport 2 x 0 Náutico (Supercampeonato)
13ª) 1986 – Santa Cruz 0 x 0 Sport
14ª) 1987 – Santa Cruz 1 x 1 Sport
15ª) 1988 – Sport 4 x 1 Náutico
16ª) 1991 – Sport 3 x 0 Náutico
17ª) 1992 – Sport 1 x 0 Náutico
18ª) 1994 – Sport 2 x 0 Náutico
19ª) 1996 – Sport 1 x 1 Santa Cruz
20ª) 1998 – Sport 2 x 0 Porto (56.875 pessoas, recorde)
21ª) 1999 – Sport 2 x 1 Santa Cruz
22ª) 2000 – Sport 3 x 2 Santa Cruz
23ª) 2003 – Sport 2 x 2 Santa Cruz
24ª) 2006 – Sport (5) 0 x 1 (4) Santa Cruz (nos pênaltis)
25ª) 2010 – Sport 1 x 0 Náutico
26ª) 2012 – Santa Cruz 3 x 2 Sport
27ª) 2013 – Santa Cruz 2 x 0 Sport
28ª) 2016 – Santa Cruz 0 x 0 Sport
29ª) 2019 – A definir

Retrospecto na Ilha em finais estaduais
15x – Clássico das Multidões (Santa Cruz 9 x 6 Sport)
10x – Clássico dos Clássios (Sport 7 x 2 Náutico + 1 a definir)
1x – Clássico das Emoções (Santa Cruz 1 x 0 Náutico)

Nº de títulos na Ilha em finais estaduais (+1 a definir)
15x – Sport (1948, 61, 62, 81, 88, 91, 92, 94, 96, 98, 99, 2000, 03, 06 e 10)
10x – Santa Cruz (1940, 46, 57, 71, 73, 86, 87, 2012, 13 e 16)
2x – Náutico (1954 e 65)
1x – América (1944)

As 5 decisões interestaduais na Ilha do Retiro (último jogo*)
1ª) 1968 – Sport 2 x 1 Remo (Torneio Norte-Nordeste)
2ª) 1987 – Sport 1 x 0 Guarani (Série A)
3ª) 1990 – Sport 0 x 0 Athletico-PR (Série B)
4ª) 2000 – Sport 2 x 2 Vitória (Copa do Nordeste)
5ª) 2008 – Sport 2 x 0 Corinthians (Copa do Brasil)
* Em todas, o leão ficou com a taça

Leia mais sobre o assunto
Todas as voltas olímpicas no Campeonato Pernambucano, do British Club ao Sertão


Compartilhe!