Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Com a imagem colorizada de 1955, eis o comparativo com 66 anos de diferença entre as camisas.

O ano de 1955 é considerado um dos mais especiais na história do Sport. Na temporada em que completou 50 anos de atividade, o Sport reabriu a Ilha do Retiro, após dois anos de reforma, e ganhou o título estadual numa melhor-de-três contra o Náutico. Sob o comando do técnico Gentil Cardoso, o “campeão do cinquentenário” teve uma linha de frente formada por Traçaia (o maior artilheiro rubro-negro, com 202 gols), Naninho (o quinto maior, com 105 gols), Gringo, Soca e Geo.

Além dos resultados no futebol e do ganho estrutural, o cinquentenário também ficou marcado pelo uniforme utilizado naquela campanha, com um distintivo bem singular, tendo o leão fora do escudo – ou, melhor dizendo, segurando um escudo menor, com o acrônimo SCR, as iniciais do clube. Trata-se de um padrão recorrente em ideias de padrão retrô.

Em 2016, através da linha Originals, a Adidas, então parceira do Sport, lançou uma releitura em poliéster. É o mesmo material da nova versão retrô, agora produzida pela Umbro, em seu terceiro ano estampando a marca no clube. Embora não tenha sido apresentada oficialmente pelo leão, a camisa já aparece no site da Fut Fanatics, mas como produto indisponível – o lançamento está previsto para 21 de junho. O produto deve chegar por R$ 239. Há cinco anos, a camisa retrô chegou por R$ 199. Com a correção inflacionária, via IPCA, o valor atual seria de R$ 243,45. Uma última curiosidade: o uniforme original de 1955 tinha quatro listras vermelhas, mas as duas versões têm apenas três, pois contam com faixas horizontais mais grossas.

Leia mais sobre o assunto
A linha de uniformes do Sport para a temporada 2021/2022, via Umbro

Abaixo, as três versões oficiais da camisa do cinquentenário. O padrão efetivamente utilizado, num registro sem retoques, e as versões especiais da Umbro e da Adidas. Qual é a melhor?

O uniforme original do Sport em 1955

A versão retrô da Umbro, em 2021

A versão retrô da Adidas, em 2016


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •