Compartilhe!

A grama do primeiro campo do centro de treinamento do Santa Cruz foi cultivada em Neópolis, no interior sergipano. Do tipo “bermuda”, a mesma vista nos principais estádios do país, como Maracanã e Mineirão e a própria Arena Pernambuco, o gramado viajou 403 quilômetros até o empreendimento na Guabiraba. Ao todo, 8 mil metros quadrados de relva, que chegou ao destino em 1º de novembro de 2018, cortada em rolos.

Curiosamente, foi adquirida junto à mesma empresa que produziu o novo gramado dos Aflitos, a Itograss. No caso alvirrubro, o campo veio de Touros, no Rio Grande do Norte – a compra tricolor também viria de lá, mas o período de entrega, em janeiro, acabou mudando os planos. Saiu por R$ 104 mil, basicamente metade via comissão patrimonial e metade via Tricolores do CT, um coletivo de torcedores que vem arrecadando fundos para o CT Ninho das Cobras – Rodolfo Aguiar.

Após os gradativos trabalhos de terraplenagem e drenagem, com a instalação do sistema de irrigação, o gramado deve ser plantado imediatamente. Acredita-se num prazo de até 45 dias para liberar o primeiro campo oficial (105m x 68m), indicando, enfim, que o Santa poderá treinar em local próprio fora do Arruda – lembrando que o projeto prevê três campos. Em relação à pré-temporada de 2019, ainda não é possível devido à infraestrutura inexistente, como alojamentos e refeitório. Porém, um vestiário provisório deverá ser instalado via container – solução arquitetônica atual, como foi o caso da sala de imprensa do CT do Sport. Outra pendência para a liberação de treinos é a colocação de alambrados e telas.

A arrecadação segue…
À parte do clube, através do executivo e da comissão patrimonial, com orçamento apertado, o coletivo Tricolores do CT segue realizando campanhas de doação. Com 240 membros, o grupo já arrecadou R$ 132 mil em quatro ciclos, desde a terraplenagem. Para participar, clique aqui.

As doações via Tricolores do CT
1ª arrecadação – R$ 13.950 (brita)
2ª arrecadação – R$ 31.735 (areia)
3ª arrecadação – R$ 34.555 (areia)
4ª arrecadação – R$ 52.020 (grama)

Cifras do CT Ninho da Cobras
R$ 1 milhão, o valor pago para a compra do terreno (07/07/2011)
R$ 453 mil, a arrecadação para a primeira etapa da obra (terraplenagem e irrigação)
R$ 104 mil, o valor pago pela grama do primeiro campo (01/11/2018)
R$ 2,5 milhões, a estimativa inicial de gasto para iniciar a utilização
R$ 5,0 milhões, a estimativa inicial de gasto para a conclusão da obra

Abaixo, fotos enviadas por Bruno Melo, um dos organizadores do Tricolores do CT.


Compartilhe!