Compartilhe!
  •  
  • 2
  •  
  •  

Foram apenas 12 gols marcados em 6 jogos nesta “rodada” de abertura, com média de 2,00.

O Campeonato Brasileiro de 2020 começou com enormes consequências (diretas e indiretas) a partir da pandemia do Coronavírus, já indo além dos três meses de atraso. Além dos estádios sem público, numa norma protocolar como prevenção ao surto, três jogos foram adiados na semana da abertura e um foi suspenso faltando a poucos minutos do pontapé.

Com o calendário achatado, as finais dos Estaduais de São Paulo e da Bahia acabaram ocorrendo no mesmo fim de semana (Palmeiras e Bahia ficando com o título). Assim, três jogos foram adiados, ainda sem nova data – foram três jogos porque o Corinthians também foi finalista em SP. Já em Goiânia, dez jogadores do Goiás testaram positivo no domingo, incluindo a contraprova. O time do São Paulo já estava em campo quando houve a suspensão por parte da CBF.

Surreal pela cena, mas, na minha visão, era o certo a se fazer. Por sinal, o protocolo da CBF não trata do assunto. Há um mínimo de contaminados para provocar a suspensão? A rodada seguinte, com os jogadores já isolados, ficará comprometida? Qual é o limite de tempo para testes? São questões que devem voltar com força a partir de agora uma vez que o país segue com números altíssimos, com o futebol praticamente ignorando o cenário, pois o formato da competição foi mantido, com 38 rodadas e mandos próprios. Ou seja, deslocamento de 10 delegações a cada rodada, em viagens enormes. E foi apenas a primeira rodada.

Quando a bola rolou
Em campo, algumas surpresas. Ambas rubro-negras. O Flamengo, o atual campeão brasileiro, foi surpreendido pelo Galo num Maracanã vazio. Em 2019, com média de 55 mil, o time não perdeu um jogo sequer em casa. Agora, a escrita foi quebrada na estreia, alimentando a tese de que os mandos podem não ser tão determinantes agora. No Recife, o Sport venceu o clássico nordestino contra o Ceará e largou com vitória, sendo o único nordestino com um resultado positivo.

Abaixo, os detalhes do andamento do Campeonato Brasileiro (jogos, rodada e classificação).

Resultados da 1ª rodada
Fortaleza 0 x 2 Athletico-PR (Vitinho e Cittadini marcaram ainda no 1T)
Coritiba 0 x 1 Internacional (Paolo Guerrero marcou o tento colorado)
Sport 3 x 2 Ceará (com 2 gols, Elton largou na artilharia isolada)
Flamengo 0 x 1 Atlético-MG (jogão, mesmo tendo 1 gol, e contra, de Felipe Luís)
Santos 1 x 1 Bragantino (de volta após 22 anos, o visitante empatou aos 47/2T)
Grêmio 1 x 0 Fluminense (Diego Souza chegou a 110 gols em edições da Série A)

Jogos adiados
Goiás x São Paulo (motivo: 10 alviverdes testaram positivo com Covid-19)
Botafogo x Bahia (motivo: final do Baiano no sábado)
Palmeiras x Vasco (motivo: final do Paulista no sábado)
Corinthians x Atlético-GO (motivo: final do Paulista no sábado)

A agenda da 2ª rodada (+ transmissões na televisão)
12/08 (19h15) – Athletico-PR x Goiás (Arena da Baixada)
12/08 (19h15) – Bragantino x Botafogo (Nabi Abi Chedid), SporTV e Premiere
12/08 (19h15) – Atlético-MG x Corinthians (Mineirão), Premiere
12/08 (20h30) – Bahia x Coritiba (Pituaçu), Premiere
12/08 (20h30) – Atlético-GO x Flamengo (Olímpico), Premiere
12/08 (21h30) – Ceará x Grêmio (Castelão), Globo e Premiere
12/08 (21h30) – Fluminense x Palmeiras (Maracanã), Globo e Premiere
13/08 (19h15) – São Paulo x Fortaleza (Morumbi), Premiere
13/08 (19h30) – Internacional x Santos (Beira-Rio), TNT e Premiere
13/08 (20h00) – Vasco x Sport (São Januário), SporTV e Premiere

A classificação da Série A após a realização de 6 partidas.


Compartilhe!
  •  
  • 2
  •  
  •