Compartilhe!
  •  
  • 3
  •  
  •  

A “seleção do mundo” nesta temporada, segundo a Fifa. Concorda com a lista?

No evento Fifa The Best, numa cerimônia virtual em Zurique, a apresentação do time ideal da temporada 2019/2020 trouxe um ataque formado pelos finalistas do “prêmio de melhor jogador”. No caso, com Messi, Lewandowski e CR7. O argentino e o português aparecem pela 14ª vez na seleção, um recorde daqueles.

Se o ataque está bem colocado, o restante do time reservou algumas curiosidades. No gol, Alisson, do Liverpool, foi o único brasileiro presente neste seleção – pelo 2º ano seguido, diga-se. Porém, pouco minutos antes, o alemão Manuel Neuer, do Bayern, foi escolhido como o melhor goleiro do mundo. Como poderia não estar nesta lista?

Embora o prêmio tenha sido entregue pela mesma entidade, o método foi diferente, gerando uma distorção difícil de explicar. A escalação da seleção foi organizado pela Fifa em parceria com o sindicato mundial de jogadores de futebol, o Fifpro, com mais de 23 mil votos. Já os nomes dos prêmios individuais são indicados a partir por especialistas escolhidos pela Fifa.

Sobre a seleção, a tônica desta edição foi a disputa Bayern x Liverpool, em vez do tradicional Real Madrid x Barcelona. O campeão europeu emplacou quatro nomes, enquanto campeão inglês teve três. Entre os recorrentes, além de Messi e CR7, teve o zagueiro Sergio Ramos, eleito pela 5ª vez seguida. Uma outra surpresa na lista foi na escolha do técnico, com Klopp eleito também pelo 2º ano seguido. De fato, o seu trabalho foi excepcional, com o Liverpool levando a Premier League após 30 anos. Contudo, o favorito era o compatriota Hans-Dieter Flick, treinador do Bayern, que ganhou absolutamente tudo ao seu alcance.

Nº de indicados por clube em 2020
4x – Bayern de Munique (ALE)
3x – Liverpool (ING)
1x – Barcelona (ESP), Juventus (ITA), Manchester City (ING) e Real Madrid (ESP)

Nº de indicados por país de origem em 2020
2x – Espanha
1x – Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, Canadá, Holanda, Inglaterra, Polônia, Portugal

Leia mais sobre o assunto
Lewandowski, o melhor jogador do mundo em 2020. O 1º polonês na história

Abaixo, as últimas cinco seleções do ano, todas com a mesma formação.

Seleção FifPro de 2020 (4-3-3)
Alisson (BRA/Liverpool); Alexander-Arnold (ING/Liverpool), Van Djik (HOL/Liverpool), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid) e Alphonso Davies (CAN/Bayern de Munique); Kimmich (ALE/Bayern de Munique), De Bruyne (BEL/Manchester City) e Thiago Alcantara (ESP/Bayern de Munique; Lionel Messi (ARG/Barcelona), Robert Lewandowski (POL/Bayern de Munique) e Cristiano Ronaldo (POR/Juventus). Técnico: Jürgen Klopp (ALE/Liverpool)

Seleção FifPro de 2019 (4-3-3)
Alisson (BRA/Liverpool); Sergio Ramos (ESP/Real Madrid), De Ligt (HOL/Ajax), Van Dijk (HOL/Liverpool) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Modric (CRO/Real Madrid), Frenkie De Jong (HOL/Ajax) e Eden Hazard (BEL/Chelsea); Kylian Mbappé (FRA/PSG), Lionel Messi (ARG/Barcelona), e Cristiano Ronaldo (POR/Juventus). Técnico: Jürgen Klopp (ALE/Liverpool)

Seleção FifPro de 2018 (4-3-3)
De Gea (ESP/Manchester United); Daniel Alves (BRA/PSG), Varane (FRA/Real Madrid), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Modric (CRO/Real Madrid); Kanté (FRA/Chelsea) e Hazard (BEL/Chelsea); Messi (ARG/Barcelona), Mbappé (FRA/PSG) e Cristiano Ronaldo (POR/Real Madrid). Técnico: Didier Deschamps (FRA/seleção)

Seleção FifPro de 2017 (4-3-3)
Buffon (ITA/Juventus); Daniel Alves (BRA/Juventus), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid). Bonucci (ITA/Juventus) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Toni Kroos (ALE/Real Madrid), Modric (CRO/Real Madrid) e Iniesta (ESP/Barcelona); Neymar (BRA/Barcelona), Messi (ARG/Barcelona) e Cristiano Ronaldo (POR/Real Madrid). Técnico: Zidane (FRA/Real Madrid)

Seleção FifPro de 2016 (4-3-3)
Neuer (ALE/Bayern de Munique); Daniel Alves (BRA/Juventus), Piqué (ESP/Barcelona), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Toni Kroos ALE/Real Madrid), Modric (CRO/Real Madrid) e Iniesta (ESP/Barcelona); Messi (ARG, Barcelona), Luis Suárez (URU, Barcelona) e Cristiano Ronaldo (POR, Real Madrid). Técnico: Claudio Ranieri (ITA/Leicester)

O prêmio “World 11” existe há 16 anos, fazendo parte da cerimônia da Fifa desde 2009. Abaixo, os recordistas de indicações. Messi e CR7 são lembrados há 14 anos seguidos.

Jogadores com mais presenças na seleção do ano
14x – Lionel Messi (ARG) e Cristiano Ronaldo (POR)
11x – Sergio Ramos (ESP)
9x – Andrés Iniesta (ESP)
8x – Daniel Alves (BRA)

Clubes com mais jogadores na seleção do ano
51x – Barcelona (ESP)
47x – Real Madrid (ESP)
12x – Chelsea (ING) Juventus (ITA)


Compartilhe!
  •  
  • 3
  •  
  •