Compartilhe!

Os detalhes do novo padrão do tricolor soteropolitano. A gênese vermelha, branca e azul.

Fundado em 1931, o Bahia utilizou um uniforme predominantemente branco nas três primeiras temporadas. A primeira versão tricolor surgiu só em 1934, ano do primeiro bicampeonato estadual do clube. A camisa era azul, com duas faixas horizontais na cor branca e mais uma vermelha, centralizada. Este modelo seria reeditado em 1944/1945, já com o escudo, e outra com a obtenção da hegemonia local, segundo relatos do livro “Bahia: 80 anos contados por suas camisas”.

Logo, a camisa batizada de “Alma Tricolor” teve 100% de aproveitamento nas três temporadas. Após um longo hiato, a sua 4ª temporada será em 2020. São 75 anos desde a última utilização e 86 anos considerando a estreia. Assim como vem ocorrendo desde o lançamento da marca própria Esquadrão, o padrão foi criado por um torcedor, a partir das enquetes elaboradas pelo clube, que captou ideias tanto para a linha de 2019 quanto para a linha de 2020. A diferença é que este uniforme acabou sendo aprovado de forma direta pela direção.

A princípio, seria a 4ª camisa da coleção, só para sócios, mas a pandemia brecou a produção, com o clube optando por fechar a linha oficial com 3 modelos, incluindo esta versão “retrô”. O uniforme foi (re) criado pelo publicitário Vitor Torres, de Salvador, com o lançamento em plena quarentena, através das mídias sociais do clube. Em relação à utilização oficial, após a volta do futebol nesta crise de saúde, a tendência é que o Baêa vista a camisa ao menos uma vez.

Marca própria beirando R$ 10 milhões/ano
De acordo com o balanço oficial do clube sobre 2019, publicado neste mês, a marca Esquadrão, pertencente ao Bahia, alcançou uma renda bruta de R$ 9,68 milhões em vendas na Loja Esquadrão, na Fonte Nova. O número dobrou a meta estipulada, de R$ 4,2 milhões ao longo do ano.

Leia mais sobre o assunto
Bahia lança uniformes I e II para a temporada 2020 após votação com 50 mil pessoas

Balanço do Bahia em 2019 aponta receita recorde no Nordeste e passivo maior

Um desenho do pioneiro padrão tricolor, de 1934

O mockup digital de 2020, inspirado no padrão de 1934

A camisa retrô de 2020, já confeccionada pela marca Esquadrão

Curiosidade: o design lembra o da camisa do Tramways, de Pernambuco, também utilizada em 1934 – o clube foi campeão estadual em 36 e 37. Além de ser a base do padrão ainda utilizado pela Sampdoria, da Itália. Porém, sem informação sobre a relação entre os modelos semelhantes.


Compartilhe!