Compartilhe!

O calendário do futebol brasileiro em 2020. Está faltando algo? Sim, está.

A CBF divulgou o calendário oficial do futebol brasileiro em 2020 – em 3 de outubro, o mesmo dia da divulgação anterior. A próxima temporada será aberta com a Supercopa do Brasil, em 19 de janeiro. A disputa em jogo único envolve os campeões da Copa do Brasil (Athletico-PR) e da Série A (Flamengo? Palmeiras?). A última edição desta taça ocorreu em 1991!

No Campeonato Brasileiro, a novidade é a paralisação na Data Fifa (serão dez). Trata-se de uma meia verdade, pois a competição não vai parar durante a Copa América, cuja edição especial a ser realizada na Argentina e na Colômbia vai reajustar o torneio para o ano par (2020, 2024, 2028 etc). E nove rodadas serão afetadas, quase 1/4 da Série A! Por sinal, as duas principais divisões mantêm a estrutura, enquanto as Séries C e D sofreram alterações interessantes.

Na terceirona, a fase classificatória terá mais um mês de duração, apesar do mesmo número de datas. Em vez de 25 de agosto, como nesta temporada, a 18ª rodada será em 20 de setembro. O encerramento cedo, deixando clubes de massa com até quatro meses sem jogos oficiais, era uma queixa – embora uma outra parte defendesse isso, para evitar mais despesas. No viés local, o Santa Cruz terminou a sua participação em agosto nos últimos dois anos – em 2018, mesmo disputando as quartas, acabou parando neste mês. Em 2020, na terceira campanha seguida na C, o tricolor terá um calendário mais racional – na minha visão.

Já a Série D foi reformulada. Em vez de 6 jogos na fase de grupos, agora serão 14! Explica-se: haverá uma preliminar com oito clubes, avançando quatro para compor a fase de grupos, com 64 clubes. Agora, serão oito grupos de oito times, jogando em ida e volta. Os quatro melhores de cada chave avançam, compondo o mata-mata, iniciado com 32 equipes. Na Série D de 2020, Pernambuco será representado por Central, Salgueiro e Afogados, estreante.

Esqueceram das copas regionais?
Nem sinal de Copa do Nordeste ou Copa Verde – que seguem no cronograma da confederação. O calendário não detalhou. Na questão dos campeonatos estaduais, os 27 torneios receberam 16 datas, de 22/01 a 26/04 – duas a menos que em 2019. Contudo, na prática, as 9 federações nordestinas têm 14 datas, com mais 12 no Nordestão. Ou seja, o período – com disputas paralelas – fica concentrado em 26 jogos, num inchaço ainda sem solução. Não por acaso, a direção de competições da CBF ainda irá fechar a questão, mesmo com a divulgação do “calendário nacional”.

Confira o calendário completo clicando aqui.

Período dos torneios envolvendo times brasileiros em 2020
Série A – 03/05 a 06/12 (38 jogos)
Série B – 02/05 a 28/11 (38 jogos)
Série C – 03/05 a 08/11 (de 18 a 24 jogos)
Série D – 03/05 a 22/11(de 2 a 26 jogos)
Copa do Brasil – 05/02 a 16/09 (8 fases, até 14 jogos)
Sul-Americana – 05/02 a 07/11 (6 fases, até 11 jogos)
Libertadores – 05/02 a 21/11 (7 fases, até 17 jogos)

Leia mais sobre o assunto
Nordestão 2020 projeta cota recorde. Quanto mais fins de semana, mais dinheiro


Compartilhe!