Compartilhe!
  •  
  • 18
  •  
  •  

Vizeu e Rossi, alguns dos destaques da final entre cearenses e baianos. Imagem: Copa NE/Twitter.

São os dois representantes da região na Sul-Americana de 2021, contam com os maiores orçamentos na temporada, com os reforços mais caros e, acima de tudo, com o melhor futebol também. Analisando o nível técnico, a decisão da Copa do Nordeste de 2021, entre Ceará e Bahia, é uma das melhores da história.

História esta que já enxerga o duelo como recorrente na disputa máxima pela orelhuda dourada. Afinal, esta é a terceira final entre os clubes, com dois triunfos do alvinegro, em 2015 e 2020 – vencendo todos os quatro jogos. Ou seja, igualou a marca do clássico Ba-Vi, que era a final com mais edições, mas cujo terceira ocorreu há 19 anos!

Presente na final pela 9ª vez em 18 edições, o tricolor quer, finalmente, alcançar o tetracampeonato, que o igualaria ao arquirrival rubro-negro na quantidade de taças regionais. Ao Bâea, cuja classificação na semifinal foi tensa, vinda nos pênaltis, o duelo pode servir para exorcizar um fantasma, pois os insucessos diante do vozão incomodam de fato.

O time de Dado Cavalcanti, que vem tendo boa construção ofensiva, parece bem mais capaz do que aquele time na edição passada. A bronca é que o Ceará também chega melhor. Invicto há 22 partidas no torneio, somando 2020 e 2021, o vozão segue com Guto Ferreira, que pode ser o primeiro técnico tricampeão, e com um elenco mais encorpado. Luiz Otávio x Conti, Vina x Rodriguinho, Mendoza x Rossi, Vizeu x Gilberto. Paralelos técnicos num clássico de peso.

A análise das semifinais
Ceará elimina o Vitória mais uma vez e chega à 4ª final em 8 anos no Nordestão

Nos pênaltis, Bahia elimina o Fortaleza e avança pela 9ª vez à final do Nordestão

A final nordestina de 2021 (e as transmissões na TV)
01/05 (16h00) – Bahia x Ceará (Pituaçu), SBT, Fox Sports e Nordeste FC
08/05 (16h00) – Ceará x Bahia (Castelão), SBT, Fox Sports e Nordeste FC

As campanhas dos finalistas (após 10 jogos)
22 pontos – Ceará (6V, 4E e 0D; +16, 19 GP e 3 GC)
17 pontos – Bahia (5V, 2E e 3D; +11; 20 GP e 9 GC)

Histórico geral de Ceará x Bahia (todos os mandos)
73 jogos
25 triunfos do tricolor baiano (34,2%)
24 empates (32,8%)
24 vitórias do alvinegro cearense (32,8%)

A seguir, um breve resumo sobre as 18 finais do Nordestão desde 1994 – por algum tempo o torneio foi intermitente. Ceará ou Bahia em 2021? Ambos carregam, literalmente, os respectivos estados nesta grande final. Sem muro, o meu pitaco fica com o Ceará.

Nº de finais nordestinas por clube de 1994 a 2021 (entre parênteses, o nº de títulos)
1º) 9x – Bahia (3)*
2º) 7x – Vitória (4)
3º) 5x – Sport (3)
4º) 4x – Ceará (2)*
5º) 2x – Campinense (1)
6º) 1x – América-RN (1), Santa Cruz (1), Sampaio Corrêa (1), Fortaleza (1), CRB (0), Fluminense de Feira (0), ABC (0), ASA (0) e Botafogo-PB (0)
* Faltando a definição de 2021

Premiação oficial
Com a presença na decisão, tanto Ceará quanto Bahia já têm a garantia de ao menos R$ 500 mil de cota, pela segunda colocação. Em caso de título, R$ 1 milhão. Até aqui, ambos já somaram R$ 2,56 milhões. Ou seja, terminarão a edição com R$ 3,06 mi (vice) ou R$ 3,56 mi (campeão).

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a decisão (a partir do minuto 105):


Compartilhe!
  •  
  • 18
  •  
  •