Compartilhe!

Náutico/twitter (@nauticope)

A reabertura dos Aflitos, com o amistoso entre Náutico e Newell’s Old Boys, levou 17.357 torcedores aos Aflitos. O estádio, que passou por obras de requalificação, estava apto para receber até 18.968 pessoas. Portanto, a taxa de ocupação foi de 91%. Essa presença já deixou uma marca histórica: a maior bilheteria do futebol pernambucano, com R$ 1,57 milhão.

A renda, a segunda de porte milionário do timbu, superou em R$ 183 mil o recorde anterior, que pertencia ao Santa, de R$ 1,39 mi. Por sinal, a liderança durou 5 anos, indicando, de certa forma, um demérito do futebol local, pois no âmbito regional, até esta data, era apenas a 14ª maior, com 7 do CE, 5 da BA e 1 do RN à frente. Neste levantamento, com valores nominais, apenas jogos na era do Plano Real, desde 1994.

O tíquete médio no Eládio, considerando o público total, foi de R$ 90,81, um dado que vai demorar a ser batido. O índice do supracitado confronto entre Santa e Betim, com 60.040 pessoas, foi de R$ 23,19. Como curiosidade, entre os borderôs divulgados, ainda vale destacar que a maior bilheteria já vista no estado foi no empate entre Brasil e Uruguai pelas Eliminatórias, em 2016, na Arena Pernambuco. Na ocasião, os 45.010 espectadores proporcionaram uma renda bruta de R$ 4.961.890.

Obs 1. Considerando o NE, o amistoso tornou-se o 59º jogo acima de R$ 1 milhão, sendo o 9º maior.

Obs 2. O investidor, que bancou parte da reforma, teve direito a 70% da renda (cerca de R$ 1,1 mi)

As 5 maiores bilheterias da história do Náutico
1ª) R$ 1.576.220 – Náutico 1 x 0 Newell’s Old Boys (ARG), Aflitos (amistoso, 2018)
2ª) R$ 1.040.104 – Náutico 1 x 1 Sporting (POR), Arena PE (amistoso, 2013)
3ª) R$ 956.695 – Náutico 2 x 1 Central, Arena PE (Estadual, 2018)
4ª) R$ 893.950 – Náutico 0 x 1 Sport, Arena PE (Estadual, 2014)
5ª) R$ 879.515 – Náutico 1 x 1 Bragantino, Arena PE (Série C, 2018)

As 5 maiores bilheterias da história de Pernambuco*
1ª) R$ 1.576.220 – Náutico 1 x 0 Newell’s Old Boys (ARG), Aflitos (amistoso, 2018)
2ª) R$ 1.392.610 – Santa Cruz 2 x 1 Betim, Arruda (Série C, 2013)
3ª) R$ 1.254.240 – Sport 2 x 0 São Paulo, Arena PE (Série A, 2015)
4ª) R$ 1.177.140 – Santa Cruz 0 x 1 Sport, Arruda (Estadual, 2011)
5ª) R$ 1.149.020 – Sport 0 x 1 Flamengo, Arena PE (Série A, 2015)
* Apenas em jogos envolvendo clubes

Confira o ranking com as 50 maiores rendas de Pernambuco clicando aqui.

Confira o ranking com todas as rendas milionárias do Nordeste clicando aqui.


Compartilhe!