Compartilhe!

Corinthians 0 x 2 Flamengo na Libertadores 2022

O Flamengo abriu ótima vantagem na Neo Química. A volta será no Maracanã, também no SBT.

O clássico interestadual entre Flamengo e Corinthians é o jogo entre clubes mais valorizado pela tevê brasileira. Ou basicamente pela Rede Globo, que já havia exibido o confronto na Libertadores, na Série A, na Copa do Brasil e no Torneio Rio-São Paulo, só no Século XXI. nos últimos anos a escala de distribuição nas afiliadas saltou de 18 para 27 estados! Dito isso, o duelo pelas quartas de final na Libertadores de 2022 foi exclusivo no SBT, o que gerou enorme expectativa sobre a audiência. Afinal, o canal de Sílvio Santos passaria o jogo pela 1ª vez tendo que encarar a própria Globo no horário nobre. Não por acaso, o capítulo de Pantanal foi ampliado na noite de terça, em 02/08.

E a “novela das 9”, que parece ser mesmo uma paixão nacional maior que o futebol, acabou vencendo nas sedes dos times. Fez 24,1 vs 23,9 no Rio de Janeiro e 23,3 vs 21,7 em São Paulo, o palco da partida, onde o clube carioca deitou e rolou, vencendo por 2 x 0, com golaços de Arrascaeta e Gabigol. Só quando a novela acabou o jogo tomou a dianteira no Ibope, com a média nacional ficando em 19,5 pontos, ou o triplo do histórico do SBT nesta faixa.

À parte desse comparativo com “Juma e companhia”, vale abordar o quadro das principais praças em relação ao jogo na fase final da disputa continental. O cenário apurado pelo repórter Gabriel Vaquer mostra Manaus disparado na liderança, com 11,1 pontos a mais que o 2º lugar, Vitória. As duas capitais, do Amazonas e do Espírito Santo, são conhecidos redutos flamenguistas. Por sinal, a última pesquisa nacional de torcidas apontou 46 milhões de rubro-negros e 33 milhões de alvinegros, enquanto 57 milhões de pessoas não gostam de futebol.

Fortaleza com audiência à la Globo

Ao todo, 14 metrópoles tiveram a audiência mensurada pelo Ibope, incluindo três nordestinas, com Fortaleza apresentando o maior índice, tendo o 5º lugar nacional. A média na TV Jangadeiro foi de 23,5 pontos, número semelhante ao que o futebol costuma registrar na Globo, a líder na grade geral. Já Salvador (TV Aratu) e Recife (TV Jornal) tiveram índices entre os mais baixos do país, com 12,0 pontos (11º) e 11,8 pontos (12º), respectivamente. Na capital pernambucana rolou o único jogo simultâneo, com Sport 1 x 1 Criciúma, pela Série B, mas com transmissão somente via PPV, no canal Premiere. Ainda assim, uma concorrência considerável.

Voltando ao SBT, apenas Belo Horizonte e Porto Alegre não chegaram a dois dígitos na Liberta. Lembrando que cada ponto corresponde a 1% da respectiva população analisada. Ao todo, apenas 5 das 14 regiões metropolitanas lideraram na “ida”: no AM, CE, GO, DF e ES. Abaixo, veja os dois rankings de audiências, por pontos (proporcional) e telespectadores (absoluto).

Leia mais sobre o assunto
As audiências das 2 finais da Libertadores no SBT, de 2020 (Maracanã) e 2021 (Centenário)

Pesquisa de torcida O Globo/Ipec aponta 6 clubes do Nordeste acima de 1 milhão

Audiência média em pontos de Corinthians 0 x 2 Flamengo na Libertadores, no SBT
1º) 35,8 – Manaus
2º) 24,7 – Vitória
3º) 24,5 – Brasília
4º) 24,2 – Rio de Janeiro
5º) 23,5 – Fortaleza
6º) 23,4 – Belém
7º) 22,2 – São Paulo
8º) 21,6 – Goiânia
9º) 13,7 – Curitiba
10º) 13,6 – Florianópolis
11º) 12,0 – Salvador
12º) 11,8 – Recife
13º) 8,9 – Belo Horizonte
14º) 7,5 – Porto Alegre

Audiência média em telespectadores de Corinthians 0 x 2 Flamengo na Libertadores, no SBT
1º) 4,559 milhões – São Paulo
2º) 3,042 milhões – Rio de Janeiro
3º) 848,1 mil – Fortaleza
4º) 707,7 mil – Manaus
5º) 669,8 mil – Brasília
6º) 538,2 mil – Belém
7º) 525,3 mil – Goiânia
8º) 494,9 mil – Belo Horizonte
9º) 458,9 mil – Vitória
10º) 444,5 mil – Curitiba
11º) 443,3 mil – Recife
12º) 439,5 mil – Salvador
13º) 302,4 mil – Porto Alegre
14º) 148,7 mil – Florianópolis


Compartilhe!