Compartilhe!

Com empate, a coruja ficou a 1 ponto do G6. Náutico quase garantido. Foto: Afogados/Instagram.

Tentando juntar os cacos após o vexame em Tocantins, após a eliminação na 1ª fase da Copa do Brasil, o Náutico até ensaiou uma reação imediata em Afogados da Ingazeira, mas no fim ficou “aliviado” mesmo cedendo o empate. Afinal, quase cedeu a vitória ao Afogados. Buscando as primeiras colocações no Estadual, com duas vagas diretas na semifinal, o timbu chegou a fazer 2 x 0, com gols de Jean Carlos e Ewandro.

A vantagem foi estabelecida aos 10 minutos do 2T, mas a coruja não desistiu da partida em momento algum. Na verdade, teve um volume ofensivo acima do visitante, com 18 x 14 no scout de finalizações. Num jogo com 32 chutes, espera-se alguma dose de emoção, apesar da falta de pontaria das equipes.

Porém, com tamanha quantidade de finalizações, uma hora o Afogados diminuiu. Insistiu e empatou aos 49 minutos, com Juffo cravando o 2 x 2 e repetindo o placar do último encontro, no Recife. Então, de onde vem o “alívio” do Náutico neste domingo? Como a partida, sob chuva, se estendeu até os 52, o mandante ainda teve um escanteio, com Perri espalmando no cantinho e com Tauã desperdiçando o rebote de maneira inacreditável.

Com o resultado, o atual campeão estadual figura em 3º lugar no PE, com 10 pontos, a 3 do Santa e a 5 do Retrô. Ainda tem quatro jogos a disputar, com mais oportunidades para tentar apagar a precoce eliminação na copa nacional. Para isso, precisa melhorar o rendimento defensivo. Neste início temporada, já com três torneios, o alvirrubro já foi a campo 12 vezes, com 5V, 3E e 4D. Fez 20 gols, num desempenho esperado, mas tomou 14, com média superior a 1. E a visão só piora ao contextualizar o desafio técnico abaixo na maioria das partidas. É uma limitação recorrente e que vem custando pontos preciosos, classificação, premiação…

Os sete confrontos na história, todos pelo Estadual (4V do timbu e 3E)
1º) 20/02/2018 – Náutico 2 x 1 Afogados (Arena PE)
2º) 18/03/2018 – Náutico 1 x 0 Afogados (Arena PE)
3º) 24/02/2019 – Afogados 1 x 3 Náutico (Vianão)
4º) 03/04/2019 – Náutico 2 x 0 Afogados (Aflitos)
5º) 10/02/2020 – Náutico 1 x 1 Afogados (Aflitos)
6º) 26/04/2021 – Náutico 2 x 2 Afogados (Aflitos)
7º) 27/02/2022 – Afogados 2 x 2 Náutico (Vianão)

Escalação do Afogados
Jeferson Danilo, Mattheus Silva (Geraldo), Airton Júnior, Félix e Wilian Gaúcho; Rômulo, Lucas Vinícius, Tauã e Breno; Anderson e Wellington Nunes (Filipe Eduardo). Técnico: Sérgio China

Escalação do Náutico
Perri, Hereda, Camutanga (Rafael Ribeiro), Carlão e Luan (João Paulo); Rhaldney, Franco e Jean; Ewandro (Pedro Victor), Carpina (Wagninho) e Robinho (Jhon Kenedy). Técnico: Felipe Conceição

Leia mais sobre o assunto
As folhas dos clubes do Pernambucano 2022 somam R$ 3,63 milhões, com 19% no Náutico

O ranking com os 30 clubes mais valiosos do Brasil; Náutico é o 6º mais valioso do NE

Abaixo, assista aos quatro gols do jogo, num vídeo do perfil da FPF.


Compartilhe!