Compartilhe!

O mandatário da FPF acredita na conclusão do Estadual em 2020. E você? Foto: Caio Falcão/FPF.

A FPF suspendeu o Campeonato Pernambucano de 2020 em 16 de março, após o avanço do Coronavírus no país. Passadas três semanas, segue a indefinição quanto à volta – assim como o início do Campeonato Brasileiro. Porém, o presidente da federação, Evandro Carvalho, mantém o otimismo sobre a conclusão do torneio local. Talvez ainda em maio e sem mudança na fórmula de disputa. E o público? Essa é a resposta mais complicada, apesar do tom categórico no início da sua resposta.

Em relação à competição desta temporada, que já tem Santa Cruz e Salgueiro assegurados na semifinal, faltam 17 jogos dos 57 programados na tabela. Restam as seguintes partidas: 5 pela 9ª rodada do turno classificatório, 6 pelo quadrangular do rebaixamento, 2 pelas quartas de final, 2 da semifinal e 2 da final – a única etapa da fase decisiva com jogos de ida e volta. Considerando as 39 partidas com borderô, a média do Estadual é de 2.675 espectadores. Ainda houve um jogo de portões fechados (Santa 2 x 1 Decisão), já em decorrência do surto.

Embora também cogite uma volta mais tardia do futebol, em julho, a fala de Evandro destoa um pouco realidade atual em PE, sob quarentena e com o nº ascendente de infectados. Segundo a Secretaria de Saúde de Pernambuco, com dados até 9 de abril, o estado contabiliza 555 casos confirmados de contaminação pelo Covid-19. Ao todo, já morreram 56 pessoas.

Abaixo, a declaração de Evandro em nota, seguida das respostas aos questionamentos do blog.

Pernambucano em maio
“A federação gostaria e tem uma expectativa otimista de que a pandemia seja controlada e o Ministério da Saúde libere um retorno parcial das atividades, o que nos possibilitaria almejar reiniciar o Estadual, de portões fechados, em fins de maio.”

O plano B no calendário local
“Se não for possível (retornar o torneio em maio), que seja junho e assim sucessivamente, sempre priorizando a saúde e o bem estar de todos. Qualquer outra ideia contrária a isso é desconectada com a realidade.”

Até a final sem público?
“Não. A nossa esperança é que a fase aguda (da pandemia) decline e que tenhamos normalidade em junho ou julho, mas a verdade é que são projeções, nada de concreto.”

Regulamento mantido
“O regulamento (do Estadual) será o mesmo, mas a ideia é que comece e termine sem interrupção, até para liberar os clubes para o (campeonato) nacional.”

Leia mais sobre o assunto
Devido ao Coronavírus, federações suspendem Estaduais e CBF paralisa torneios nacionais

As projeções sobre a última rodada, com as chances de classificação no Pernambucano 2020

Análise: Em caso de encerramento precoce, motivos para declarar (ou não) o Santa campeão em PE


Compartilhe!