Compartilhe!

A Arena Fonte Nova recebeu a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Foto: Copa2014/divulgação

A articulação política costurada durante meses por Evandro Carvalho e Mauro Carmélio, os presidentes das federações de futebol de Pernambuco e Ceará, respectivamente, acabou frustrada. Os dirigentes disputavam a escolha da CBF, entre Arena Pernambuco ou Castelão, após a sinalização de que haveria uma subsede a mais na Copa América de 2019. Não haverá. Na região, o único estádio selecionado foi a Fonte Nova, que já estava na lista prévia.

Ao blog, Evandro chegou a comentar o seguinte:
“No começo, a gente (Evandro e Carmélio) trabalhou junto para ampliar a participação do Nordeste. Foi uma briga grande para conseguir isso. E conseguimos um estádio. Agora, então, cada um está cuidando do seu território”

A resposta, indo de encontro a esta declaração, veio de Moscou, durante a inauguração da “Casa do Futebol da Conmebol”, com a cúpula da confederação sul-americana. A CBF foi representada pelo vice, Fernando Sarney, após o imbróglio protagonizado pelo mandatário na votação para o Mundial de 2026. Inicialmente, o país pretendia realizar uma Copa América com 16 países, num modelo semelhante ao da Copa América Centenário, nos EUA, em 2016. Porém, o formato acabou inviabilizado, voltando às 12 seleções regulares – dez filiados e dois convidados.

Com isso, o número de subsedes também caiu, fechando a lista com apenas cinco: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador. Em 1989, na última vez em que o Brasil recebeu a Copa América, foram quatro estádios, incluindo o Arruda, incorporado de última hora, devido aos protestos da torcida baiana na Fonte Nova, em sua versão antiga – com mais de 100 mil lugares no cimento, destoando das 47.364 cadeiras azuis atuais.

Os palcos da Copa América no Brasil
1919 (7 jogos) – Laranjeiras (RJ, 7)

1922 (11 jogos) – Laranjeiras (RJ, 11)

1949 (29 jogos) – São Januário (RJ, 13), Pacaembu (SP, 12), General Severiano (RJ, 2), Vila Belmiro (SP, 1) e Otacílio Negrão (MG, 1)

1989 (26 jogos) – Serra Dourada (GO, 10), Fonte Nova (BA, 8), Maracanã (RJ, 6) e Arruda (PE, 2)

2019 (26 jogos) – Maracanã (RJ), Mineirão (MG), Fonte Nova (BA), São Paulo* e Porto Alegre**

* Arena Corinthians ou Allianz Parque
** Beira-Rio ou Arena do Grêmio

Sobre a Copa América de 2019
Participantes: Argentina, Bolívia, Brasil, Catar, Chile, Colômbia, Equador, Japão, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela

Período de disputa: 14/06 a 07/07

Curiosidade: o Brasil venceu todas as edições continentais em que foi o país-sede

Fernando Sarney, o vice da CBF, apresentou a Copa América de 2019. Foto: Conmebol/twitter


Compartilhe!