Compartilhe!

A evolução do uniforme principal do Fortaleza com a sua marca própria. Qual foi o mais bonito?

O Fortaleza criou a sua marca própria de uniformes em setembro de 2016. Mesmo na reta final da temporada, o clube ainda lançou uma camisa oficial. Depois, manteve o formato de linhas completas no ano corrente. Assim, o clube chegou ao 5º ano com a “Leão 1918”. Em vez de apresentar os uniformes I e II de uma vez, o método recorrente, o clube opta por lançamento distintos. Ou seja, a divulgação da nova linha começou apenas com a camisa titular (e tricolor), batizada pelo clube de “Uniforme Tradição”, ao custo de R$ 249 – o clube chegou a lançar um modelo branco em dezembro, mas em caráter especial, pela inédita vaga na Copa Sul-Americana.

A apresentação da nova camisa, assim como ocorreu com outros grandes clubes da região, como Bahia e Sport, ocorreu apenas via redes sociais, uma vez que o país segue ainda sob quarentena, com o estado do Ceará sendo um dos mais afetados pelo Coronavírus – apesar da sinalização de reabertura gradativa em breve. No último ano o Fortaleza teve um resultado excelente, com 100 mil camisas oficiais vendidas, rendendo à marca própria um valor acima da soma dos patrocínios do time na temporada (R$ 15,7 mi x R$ 7,5 mi).

Pela previsão orçamentária original, o clube projetava R$ 12 milhões em vendas neste ano, com mais R$ 960 mil em licenciamento/royalties da marca e mais R$ 900 mil com os lojistas terceirizados, totalizando R$ 13,8 milhões. Porém, com a pandemia forçando o fechamento das lojas físicas por pelo menos dois meses, o dado tende a cair vertiginosamente, apesar do bom engajamento da torcida tricolor – trata-se de um cenário geral no futebol brasileiro.

Receita com a venda nas lojas oficiais do Fortaleza*
2017 – R$ 1,08 milhão
2018 – R$ 7,48 milhões
2019 – R$ 15,79 milhões
2020 – R$ 13,86 milhões (previsão pré-pandemia)
* Temporadas completas já com a marca “Leão 1918”

A seguir, a galeria com as últimas cinco versões do “Uniforme Tradição”.

Uniforme Tradição de 2020

A análise do blog sobre as finanças do leão
Balanço do Fortaleza em 2019 registra a maior receita da história do clube


Compartilhe!