Compartilhe!

Pelo 18º mês seguido, o Nordeste tem 30% dos clubes no levantamento produzido pelo Ibope.

O Ibope-Repucom publicou a atualização das bases digitais dos principais clubes brasileiros, somando os perfis oficiais nas cinco redes sociais mais utilizadas no futebol até julho de 2022 – Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok; confira o ranking completo abaixo. Ao todo, o quadro digital conta com 50 times monitorados, incluindo 15 do NE. No último mês foram 2 milhões de inscrições, sendo 314 mil entre os nordestinos, ou 15,7% do total. O dado absoluto da região foi quase o mesmo do mês anterior, mas na verdade foram 319 mil adesões, com o Íbis regredindo em 5 mil.

O destaque fica pela marca alcançada por Ceará, Vitória e Fortaleza. Simultaneamente, os três ultrapassaram a barreira de 3 milhões de seguidores. Até então, esse patamar era composto por apenas 16 clubes. Este cenário já havia sido projetado pelo blog considerando o ritmo forte de novos seguidores nos perfis do trio. Não por acaso, os três tiveram, novamente, os maiores crescimentos do NE, com o Ceará chegando a 109 mil – foi uma das maiores evoluções do país. Assim, o vozão ultrapassou o leão baiano e retomou o 3º lugar na região.

À frente desses três, no Nordeste, apenas Sport e Bahia, com o clube pernambucano abrindo vantagem na liderança regional pelo 6º mês seguido. Desta vez, a diferença saltou de 499 mil para 505 mil. O rubro-negro recifense, que ainda é o único com mais de 4 milhões de seguidores acumulados, também se manteve pelo 22º mês consecutivo em 13º lugar no ranking nacional. No entanto, a vantagem sobre o Botafogo do Rio de Janeiro, o concorrente mais próximo, vem diminuindo bastante. Nos últimos 30 dias, caiu de 191 mil para 172 mil.

Abaixo, o ranking completo com as 50 maiores bases digitais do país. Caso esteja num aparelho celular, “estique” a tela para melhorar a visualização do quadro. O seu clube está presente?

Ranking de redes sociais

A seguir, o quadro completo sobre o Nordeste e os cinco melhores colocados da região em cada rede, com as respectivas evoluções mensais até o dia 30 de junho. Vale a ressalva de que uma pessoa pode ter contas em diferentes plataformas e também pode seguir perfis rivais. Pelo critério do Ibope, o levantamento soma os 20 times presentes na Série A de 2022 e os 30 com as maiores bases digitais nas demais divisões, ou mesmo sem participação no Brasileirão.

Soma das cinco redes quantificadas

No ranking regional, a única mudança foi mesmo entre Ceará e Vitória, com o alvinegro voltando a fechar o pódio após um mês ausente. Já na lista nacional levantada pelo Ibope foram ocorreram duas alterações, mas ambas para baixo. O Íbis foi ultrapassado pelo Red Bull Bragantino e caiu de 26º para 27º lugar, enquanto o América de Natal perdeu a 39ª posição para o Cuiabá, que vem ganhando adeptos devido à presença na Série A.

Top 15 do Nordeste (além da posição nacional e a série)
1º) 4.427.444 (13º) – Sport (+26.094), B
2º) 3.921.838 (15º) – Bahia (+20.141), B
3º) 3.072.157 (17º) – Ceará (+109.068), A
4º) 3.025.108 (18º) – Vitória (+53.801), C
5º) 3.021.940 (19º) – Fortaleza (+73.557), A
6º) 1.447.793 (22º) – Santa Cruz (+10.150), D
7º) 1.097.598 (27º) – Íbis (-5.574), s/d
8º) 750.542 (30º) – Náutico (+3.746), B
9º) 671.980 (32º) – CSA (+3.632), B
10º) 601.712 (34º) – ABC (+5.350), C
11º) 537.960 (38º) – CRB (+3.186), B
12º) 529.752 (40º) – América-RN (+1.845), D
13º) 510.324 (41º) – Sampaio Corrêa (+5.114), B
14º) 334.174 (48º) – Botafogo-PB (+1.739), C
15º) 324.776 (49º) – Confiança (+2.411), C

Top 5 do Brasil
1º) 47.245.031 – Flamengo (+443.097), A
2º) 28.950.853 – Corinthians (+370.628), A
3º) 18.592.115 – São Paulo (+132.331), A
4º) 15.911.742 – Palmeiras (+213.080), A
5º) 11.073.431 – Vasco (+67.411), B
* O Fla também é o líder nacional em todas as redes.

A seguir, o G5 do Nordeste nas cinco redes observadas pelo Ibope e as respectivas evoluções mensais. O Sport é o único a liderar em duas frentes, com Twitter (maior perfil geral da região, com 1,65 milhão) e TikTok (8º maior do país). Nas outras frentes, os mesmos nomes dos últimos meses: Bahia (Facebook), Ceará (Instagram,) e Fortaleza (Youtube). Ainda vale citar que o Fortaleza também chegou a 1 milhão no Instagram, como o rival, com este perfil tricolor sendo o 7º do NE, em qualquer rede, a atingir a marca. Veja o levantamento anterior aqui.

1) Facebook
1º) 1.122.388 – Bahia (+546)
2º) 1.074.026 – Sport (+700)
3º) 962.104 – Fortaleza (+4.255)
4º) 947.677 – Ceará (+22.441)
5º) 630.700 – Vitória (+9.907)

2) Twitter
1º) 1.657.032 – Sport (+3.980)
2º) 1.541.543 – Bahia (+4.358)
3º) 1.230.820 – Vitória (+11.054)
4º) 416.320 – Ceará (+7.695)
5º) 391.074 – Fortaleza (+8.168)

3) Instagram
1º) 1.090.960 – Ceará (+42.232)
2º) 1.022.462 – Fortaleza (+29.834)
3º) 965.386 – Sport (+16.314)
4º) 864.707 – Bahia (+12.137)
5º) 817.088 – Vitória (+12.340)

4) Youtube
1º) 208.000 – Fortaleza (+1.000)
2º) 174.000 – Ceará (+2.000)
3º) 150.000 – Bahia (+1.000)
4º) 148.000 – Sport (igual)
5º) 77.200 – Santa Cruz (+500)

5) TikTok
1º) 583.000 – Sport (+5.100)
2º) 443.200 – Ceará (+34.700)
3º) 438.300 – Fortaleza (+30.300)
4º) 338.300 – Íbis (igual)
5º) 270.400 – Vitória (+19.100)


Compartilhe!