Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Wallace enfim estreou e participou bem, mas perdeu grande chance. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz.

O primeiro gol do Santa Cruz na Série C saiu depois de 322 minutos de bola rolando. Após passar em branco nas três primeiras rodadas, os corais balançaram as redes aos 7 do segundo tempo, diante do Jacuipense, no Arruda. No lance, Madson, que acabara de entrar, cruzou e Lucas Batatinha fez o seu primeiro gol com a camisa tricolor. Contando todas as finalizações no jejum até aquele momento, foram 24 chutes, com média de 1 a cada 13 minutos, aproximadamente.

No entanto, o alívio para o time do estreante Roberto Fernandes durou apenas três minutos. Mal deu tempo de encaixar a formação com a equipe em vantagem. Até o gol de Bambam, ex-Central. O atacante havia perdido um gol claro no 1T, mas foi oportunista na segunda chance e escorou o cruzamento de Gedeilson, a partir de uma tabela com Jeremias, ex-Santa.

Novamente pressionado pelo placar, o Santa não se apresentou de forma regular. No jogo que fechou a 4ª rodada, o tricolor sufocou o adversário nos primeiros 25 minutos, mas aos poucos o time baiano foi equilibrando e levando perigo da mesma forma, deixando o jogo bastante franco, com 26 finalizações ao todo – a partida anterior do Santa teve apenas 11. Com Thiaguinho ganhando todas nas costas de Weriton, com muito espaço cedido pela má recomposição na reta final, os corais acabaram sendo surpreendidos.

Num lançamento de uns 30 metros, Peixoto encontrou Thiaguinho, que dominou e bateu, virando o placar. O Santa não desistiu, com o também estreante Wallace Pernambucano fazendo bem o trabalho de pivô (mas finalizando pouco) e acabou evitando a derrota aos 43 minutos – fazendo justiça ao volume ofensivo de uma forma geral. Léo Gaúcho fez de cabeça após escanteio de Chiquinho, definindo o empate em 2 x 2, com ambos os times seguindo na zona de rebaixamento do Grupo A, com apenas 2 pontos em 12. E a distância para o 8º lugar, o primeiro acima do Z2, subiu de 2 para 3 pontos – hoje, o Paysandu. Não por acaso, esta já é a pior largada coral na terceirona considerando as seis campanhas neste formato na 1ª fase…

Scout de finalizações a cada jogo:
Santa vs Manaus: 6 x 10 (gols: 0 x 2); trio titular: França, Pipico e Madson
Santa vs Floresta: 7 x 1 (gols: 0 x 0); dupla titular: Madson e Adriano Michael Jackson
Santa vs Ferroviário: 5 x 6 (gols: 0 x 1); trio titular: Frank, Lucas Batatinha e Madson
Santa vs Jacuipense: 15 x 11 (gols: 2 x 2); trio titular: Lucas Batatinha, Wallace PE e França
Total de chutes: 33 x 28 (gols: 2 x 5); 7 atacantes diferentes testados

Santa Cruz em 4 rodadas na Série C de 2021
Mandante (2 jogos, 2 pts e 33.3%): 0V, 2E e 0D
Visitante (2 jogos, 0 pt e 0%): 0V, 0E e 2D

O desempenho da cobra coral nos 4 primeiros jogos na Série C (Grupo A)
2012 – 6 pontos (1V, 3E e 0D; 6º lugar)
2013 – 9 pontos (3V, 0E e 1D; 4º lugar)*
2018 – 6 pontos (1V, 3E e 0D; 6º lugar)
2019 – 3 pontos (0V, 3E e 1D; 10º lugar)
2020 – 10 pontos (3V, 1E e 0D; 1º lugar)
2021 – 2 pontos (0V, 2E e 2D; 9º lugar)
* Subiu

Escalação do Santa Cruz (melhores: Wallace, Madson e Léo; piores: Derley e Weriton)
Jordan; Weriton, Breno Calixtto, William Alves e Julinho (Eduardo, intervalo); Vitinho, Derley (Madson, intervalo) e Chiquinho; Lucas Batatinha (Léo Gaúcho, 26/2T), Wallace Pernambucano e França (Frank, 26/2T). Técnico: Roberto Fernandes

Escalação do Jacuipense (melhores: Thiaguinho e Railson; pior: Josa)
Vitor; Gedeilson, Tiago Alves, Railon e Vicente; Charles, Luís Fernando, Peixoto (Josa, 29/2T) e Jeremias; Thiaguinho e Bambam. Técnico: Jonilson Veloso

Os três confrontos na história, todos na Série C (1V do leão e 2E)
1º) 28/09/2020 – Santa Cruz 3 x 3 Jacuipense (Arruda)
2º) 30/11/2020 – Jacuipense 1 x 0 Santa Cruz (Pituaçu)
3º) 21/06/2021 – Santa Cruz 2 x 2 Jacuipense (Arruda)

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a partida (do tempo 1h10 até 2h10):

Leia a análise sobre o novo técnico
Com Roberto Fernandes, nova gestão do Santa já vai para o 4º técnico em 4 meses

Financiamento coletivo
Confira a campanha de apoio financeiro ao blog, com jornalismo 100% independente


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •