Compartilhe!

A festa do centroavante pelos 3 gols no Clássico dos Clássicos. Foto: Paulo Paiva/Sport.

No primeiro clássico de um ano que promete ser bem movimentado nesta rivalidade, o Sport venceu o Náutico por 3 x 2 e reagiu na Copa do Nordeste. O nome da noite na Ilha do Retiro foi Mikael, sem dúvida alguma. Em 90 minutos, o centroavante flertou com uma má atuação, reapareceu a partir de sua forte presença de área e terminou com tom de despedida. Pois é.

Em disputa pela 2ª rodada, diante de 3 mil rubro-negros, numa restrição sanitária pela pandemia, o leão contou com a força do pé esquerdo do jogador de 22 anos. Numa partida exibida para todo o país pela ESPN, Mikael começou distante do seu desempenho no returno da última Série A. Afinal, foi lançado duas vezes, ficando cara a cara com Lucas Perri, mas finalizou mal. Na primeira, o goleiro defendeu. Na segunda, bateu pra fora. Entre os lances, a abertura de placar para os visitantes com o recém-chegado Robinho, o “falso 9”. Aproveitou uma falha terrível de Maílson, numa falta na área, e marcou. Ou seja, os lances de Mikael pesavam ainda mais àquela altura.

No último lance do 1T, no qual o timbu foi mais organizado e apareceu no campo ofensivo, acertando ainda o travessão com Carpina, uma boa trama entre Juba e Sander, pela ponta esquerda, resultou num cruzamento rasteiro para a área. Acertando a passada, Mikael enfim marcou o seu primeiro gol na noite. Foi à torcida na geral e pediu de desculpas. Por que? Na entrevista no intervalo, comentou: “Fiquei emocionado (no gol) porque cada jogo meu aqui pode ser o último”. Frase forte no dia seguinte à venda de Gustavo.

Ou seja, numa tacada só o Sport perderia as suas principais joias. Gustavo sequer foi a campo. Mikael, cujo interesse vem da Salernitana da Itália, num valor provavelmente maior que o do meia (que saiu por R$ 11,8 milhões), voltou para o 2T e justificou a sua importância e a possível lacuna técnica em caso de saída. Numa partida faltosa na retomada, o leão virou aos 25 minutos, após pênalti bobo de Camutanga sobre Mikael – por ser indiscutível. O zagueiro ainda tomou o segundo amarelo. A batida do camisa 99 foi característica, alta e forte.

O roteiro já estava quase pronto, mas na base da superação o Náutico foi lá de novo, com Kauan mandando para as redes numa boa jogada de Franco. Até que a história, deste jogo, foi finalizada aos 41 minutos. Num contragolpe, o Sport foi rápido, com o lançamento para Alan, que só ajeitou a bola e rolou para Mikael, certeiro, imparável. Sport 3 x 2, com o “hat-trick” do atacante, que fez 5 gols em 3 jogos nesta temporada e deixou uma dúvida enorme sobre a sua continuidade. Seja lá qual for o destino, Mikael deverá ajudar bastante…

Escalação do Sport (melhores: Mikael, Jaderson e Ronaldo; pior: Maílson)
Maílson; Ezequiel, Rafael Thyere, Chico e Sander (Alanzinho); Ítalo (Fábio Alemão), Ronaldo Henrique e Everton Felipe (Adryan); Jaderson (Ray Vanegas), Luciano Juba e Mikael. Técnico: Gustavo Florentín

Escalação do Náutico (melhores: Leandro Carvalho e Franco; piores: Camutanga, Tavares)
Lucas Perri; Hereda, Carlão, Camutanga e Júnior Tavares; Djavan, Rhaldney (Rafael Ribeiro) e Juninho Carpina (Pedro Vitor); Ewandro (Kayon), Robinho (Kauan Maranhão) e Leandro Carvalho (Richard Franco). Técnico: Hélio dos Anjos

Histórico geral de Sport x Náutico (todos os mandos)
558 jogos
214 vitórias rubro-negras (38,3%)
160 empates (28,6%)
183 vitórias alvirrubras (32,7%)
1 placar desconhecido (em 1931)

Os sete confrontos pela Copa do Nordeste (4V do leão e 3V do timbu)
1º) 18/03/2001 – Sport 1 x 2 Náutico (Ilha do Retiro)
2º) 21/04/2001 – Náutico 0 x 1 Sport (Aflitos)
3º) 20/03/2002 – Náutico 0 x 1 Sport (Aflitos)
4º) 23/01/2014 – Sport 0 x 1 Náutico (Ilha do Retiro)
5º) 02/02/2014 – Náutico 0 x 3 Sport (Arena Pernambuco)
6º) 15/02/2020 – Náutico 2 x 0 Sport (Aflitos)
7º) 29/01/2022 – Sport 3 x 2 Náutico (Ilha do Retiro)

Leia mais sobre o assunto
A premiação do Nordestão de 2022 será de R$ 31,56 milhões; confira as cotas

O ranking com os 30 clubes mais valiosos do Brasil; Sport e Náutico presentes

Abaixo, assista aos cinco gols do jogo, num vídeo do perfil da Copa do Nordeste.


Compartilhe!