Compartilhe!
  •  
  • 5
  •  
  •  

A customização do palco em São Lourenço para o jogo da Seleção. Foto: Arena PE/Instagram.

Em 9 de setembro de 2021, às 21h30, a Seleção Brasileira disputará um jogo em Pernambuco pela 19ª vez na história, iniciada em 1934. Entretanto, será a primeira vez sem a presença de público. Numa partida remarcada várias vezes e programada com três adversários diferentes (Bolívia, Argentina e, por fim, Peru), acabou ocorrendo o pior cenário possível em relação à torcida na Arena Pernambuco, embora de acordo com o andamento do plano sanitário no estado.

Através do ofício 427/2021 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, o governo do estado vetou a presença de público, tanto de forma reduzida (a previsão era de 25% da capacidade, com 11.250 ingressos) quanto só para convidados (já num cenário alternativo, com apenas 1,5 mil pessoas). O texto assinado pela secretária-executiva Ana Paula Vilaça é bem sucinto, sem esclarecer o motivo – embora seja, naturalmente, pela pandemia da Covid-19, com os jogos de futebol ocorrendo sem público há 18 meses.

O documento – confira abaixo – foi enviado ao presidente da FPF, Evandro Carvalho, em 3 de setembro, na sexta-feira. Porém, o ofício só foi divulgado pela federação no dia 6, na segunda-feira, seja por atraso ou uma última tentativa de flexibilizar o acesso às cadeiras vermelhas do estádio no Grande Recife. Sem reviravolta, o estádio terá uma visão oposta à primeira passagem da canarinha na Arena PE, com 45.010 espectadores no empate entre Brasil e Uruguai em 2016, também pelas Eliminatórias. Afinal, segue sendo o recorde de público lá.

E o “spoiler” do blog, um tanto óbvio, é verdade, acabou confirmado… Veja aqui.

A nota do governo do estado sobre o veto ao público na Arena PE
“Cumprimentando-o cordialmente, informamos através do presente, que a partida entre Brasil e Peru, válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo Fifa 2022, na Arena Pernambuco, dia 09 de setembro, está autorizada a acontecer sem a presença de público e/ou convidados. Sem mais para o momento, nos colocamos à disposição para eventuais esclarecimentos que se fizerem necessários.”

O histórico da Seleção Brasileira atuando em Pernambuco
Somando a próxima partida, com 19 jogos do Brasil ao todo, eis os palcos: 10x Arruda, 5x Campo da Avenida Malaquias (o antigo estádio do Sport, já extinto), 2x Arena Pernambuco e 2x Ilha do Retiro. Até hoje foram 14V, 3E e apenas 1D, diante do Santa Cruz, em 1934 (2 x 3). Valendo para 2022, este será o 4º jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Antes tivemos para 1994 (1993: 6 x 0 na Bolívia), para 2010 (2009: 2 x 1 no Paraguai) e para 2018 (2016: 2 x 2 com o Uruguai). Se agora a arquibancada será zerada, em 93 foram 96.990 torcedores, no maior público já visto no Mundão.

Números da pandemia em Pernambuco
Até hoje, segundo a secretaria de saúde, já foram confirmados 610 mil casos de contaminação de Covid-19 em Pernambuco, com o registro de 19.462 mortes. Na última atualização diária divulgada foram 238 novos casos e 11 óbitos. Em relação à vacinação, somando a 2ª dose e a dose única, já são 2.639.223 pessoas imunizadas no estado, ou 27,2% da população local.

A seguir, a íntegra da nota oficial enviada pelo Governo de Pernambuco à FPF.

Leia mais sobre o assunto
A lista de Tite com os 25 convocados para Brasil x Peru na Arena PE; Neymar e olímpicos

Os jogos da Seleção Brasileira no Nordeste, com os times principal, olímpico e feminino


Compartilhe!
  •  
  • 5
  •  
  •