Compartilhe!

Globo 0 x 2 Náutico em 2022

Obs. Não pude assistir ao jogo. Aqui, trato o contexto. Foto: Tiago Caldas/Náutico.

Aproveitando a oportunidade surgida na penúltima rodada, o Náutico fez o seu papel em Ceará-Mirim, empurrado por alvirrubros lá, e se classificou para as quartas da Copa do Nordeste. Dependendo apenas de si para avançar, o campeão pernambucano venceu o já eliminado Globo por 2 x 0 e terminou em 3º lugar no Grupo B, ganhando uma premiação de R$ 300 mil – e deixou de fora o atual campeão regional, o Bahia. Desde a volta da competição ao calendário oficial da CBF, em 2013, esta já é a segunda melhor campanha do timbu, só abaixo da semifinal alcançada em 2019 (no período absoluto da copa, o máximo também foi a semi, em 2001 e 2002).

Voltando ao recorte recente, foram sete participações no torneio, com as outras cinco sendo marcadas por eliminações na fase de grupos, fantasma que o alvirrubro expurgou neste sábado como uma atuação consistente, apesar do “susto” inicial. No Batistão, a 614 km de distância, Rodallega fez logo no comecinho para o Baêa e disparou na artilharia do Nordestão, agora com 8 gols. Aquele triunfo parcial do tricolor tirava o Náutico do G4.

A informação, claro, chegou logo aos jogadores alvirrubros, com duas bolas na trave no 1T até enfim marcar, com o centroavante Léo Passos, aos 31. O jogador chegou com um jejum pessoal desde outubro de 2020. Agora, já com três jogos pelo timbu, soma dois gols, ambos importantes. O primeiro, contra o Santa, valeu a vaga na semifinal no PE. O segundo, contra o Globo, abriu o caminho para a classificação. O jogo foi definido de fato oito minutos depois, com Robinho – assim o Globo terminou com 21 gols sofridos na 1ª fase, a defesa mais vazada.

Mata-mata na capital vizinha

Com o 2 x 0, o Náutico se classificou na condição de visitante na próxima fase, já nesta quarta-feira. Curiosamente, o próximo adversário na Lampions será o mesmo da semifinal disputada há três anos. No caso, o timbu irá a João Pessoa para enfrentar o Botafogo, que também buscou a sua vaga fora de casa neste sábado. Confronto bem equilibrado no Almeidão…

Escalação do Globo
Hass; Alessandro (Judson), Gravatá, Eduardo Bahia e Pedro; Ramon (Geovane), Paloma (Joãozinho), Jonathan e Nino (Hiltinho); João Aleluia (Chaparral) e Adílio. Técnico: Jaelson Marcelino

Escalação do Náutico
Lucas Perri; Hereda, Carlão, Wellington e Júnior Tavares; Richard Franco, Wagninho (Djavan) e Jean Carlos (Juninho Carpina); Ewandro (Pedro Vitor), Leo Passos (Amarildo) e Robinho (Thássio). Técnico: Felipe Conceição

O histórico com cinco confrontos oficiais (2V do timbu, 2E e 1V da águia)
1º) 27/05/2018 – Náutico 2 x 0 Globo (Arena PE), Série C
2º) 27/07/2018 – Globo 1 x 1 Náutico (Barrettão), Série C
3º) 01/06/2019 – Náutico 2 x 2 Globo (Aflitos), Série C
4º) 05/08/2019 – Globo 2 x 0 Náutico (Barrettão), Série C
5º) 19/03/2022 – Globo 0 x 2 Náutico (Barrettão), Nordestão

As campanhas do Náutico na volta do Nordestão
2013 – não participou
2014 – Fase de grupos (1V, 3E e 2D)
2015 – Fase de grupos (2V, 2E e 2D)
2016 – não participou
2017 – Fase de grupos (3V, 1E e 2D)
2018 – Fase de grupos (2V, 4E e 2D)
2019 – Semifinal (5V, 3E e 2D)
2020 – Fase de grupos (4V, 2E e 4D)
2021 – não participou
2022 – Quartas (4V, 2E e 2D, em andamento)

Leia mais sobre o assunto
A premiação do Nordestão de 2022 será de R$ 31,56 milhões; confira as cotas

O ranking com os 30 clubes mais valiosos do Brasil; Náutico é o 6º mais valioso do NE

Abaixo, assista aos dois gols do jogo no RN, num vídeo do perfil da Copa do Nordeste.


Compartilhe!