Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Erick marcou duas vezes e vai fazendo um ótimo Estadual em 2021. Foto: Tiago Caldas/Náutico.

O duelo contra o Salgueiro, no Cornélio de Barros, foi apontado como o primeiro grande teste do Náutico neste Campeonato Pernambucano, uma vez que o alvirrubro havia enfrentado os quatro piores times nas quatro primeiras rodadas. Porém, havia vencido todos os adversários, com o ataque funcionando. Ou seja, não era exatamente o desempenho que estava sendo questionado, mas a continuidade deste desempenho num desafio técnico maior. Sarrafo mantido.

O time de Hélio dos Anjos venceu o atual campeão estadual por 3 x 2 e tornou-se a única equipe com 100% de aproveitamento nesta fase classificatória, e já com cinco partidas disputadas – o time sertanejo também vinha 100%, mas tinha apenas dois jogos, perdendo a invencibilidade agora. Finalizando o dia em que completou 120 anos, com título estadual feminino e lançamento de concurso de uniforme, o Náutico começou num ritmo muito forte.

Antes da primeira meia hora já vencia por 2 x 0, com dois gols de Erick, concluindo uma jogada de Vinícius e pegando uma sobra. O visitante poderia ter ampliado até o intervalo, com o mandante um tanto travado, tentando conciliar a maratona com três competições oficiais – tendo ainda o Nordestão (faltando um jogo) e Copa do Brasil (eliminado pelo Corinthians).

Na etapa complementar, contudo, o carcará deu todo o gás, criando e desperdiçando chances. Até conseguir diminuir aos 23 e empatar aos 28 minutos, com Felipe Baiano sendo o nome, com assistência para Tarcísio e finalização certeira. O empate colocou pressão no alvirrubro, com Gilberto Castro Júnior tendo bastante trabalho para controlar a partida – e historicamente não consegue tanto. No entanto, esta era uma noite de respostas de curto prazo.

E o Náutico respondeu de novo. O time de Rosa e Silva tomou a dianteira três minutos depois, com Kieza sofrendo o pênalti e convertendo. Ou seja, o timbu tem o artilheiro do PE, Kieza, com 6 gols, e o vice-artilheiro, Erick, com 5 gols. Ao todo, soma 16 tentos em 5 partidas, com a ótima média de 3,2. O time da capital volta a campo no domingo, contra o arrumado Retrô. Em caso de vitória, irá estruturar uma classificação direta para a semifinal por antecipação…

Escalação do Salgueiro (melhor: Felipe Baiano; pior: Bruno Sena)
Lucas Ferreira; Sinho, Elenilson, Richard e Alan Pires; Bruno Sena, Moreilândia (Arauá) e Felipe Baiano; Tarcísio, Ciel e Alison Araçoiaba. Técnico: Daniel Neri

Escalação do Náutico (melhores: Erick, Kieza e Rhaldney)
Alex Alves; Hereda (William Bahia), Camutanga, Ronaldo Alves e Rafinha (Wagner Leonardo); Djavan (Marciel), Rhaldney e Jean Carlos (Luiz Henrique); Vinícius, Kieza e Erick (Bryan). Técnico: Hélio dos Anjos

Histórico geral de Salgueiro x Náutico (todos os mandos)
37 jogos
19 vitórias alvirrubras (51,3%)
7 empates (18,9%)
11 vitórias salgueirenses (29,7%)

Leia mais sobre o assunto
Náutico lança o 2º concurso para o design do uniforme oficial. Desta vez, todo azul

Nos pênaltis, o Náutico bate o Sport e vence o PE Feminino após 14 anos. Presente!

A análise do Podcast 45 Minutos (Celso Ishigami e Clauber Santana; do minuto 11 ao 25):


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •