Compartilhe!

Com 2V, 2E e 2D, o leão está em 3º lugar no Grupo A, no limite. Foto: Anderson Stevens/Sport.

Iniciando a sequência de seis jogos seguidos como visitante, o Sport foi improdutivo numa escala preocupante diante do Altos, pelo Nordestão. Até porque os times voltam a se enfrentar na quarta-feira, novamente em Teresina, mas valendo R$ 750 mil na Copa do Brasil. O leão terá a vantagem do empate, resultado que de fato obteve nesta noite.

Contudo, o empate em 0 x 0 ocorreu, à parte do gramado visivelmente ruim, numa organização tática sem ideias ofensivas e com a parte defensiva sem a segurança de outrora – com duas bolas no travessão. Mal com Maílson, sem precisão nas bolas aéreas mais uma vez, e também na cabeça de área, com os dois principais contratados, Naressi e William Oliveira, em ritmos bem diferentes. O primeiro pela lentidão e marcação distante e o segundo pela falta de regulagem. Faltoso, o volante tomou dois amarelos e foi expulso merecidamente na reta final.

Àquela altura, no Lindolfo Monteiro, o Sport só havia chegado com perigo duas vezes no 2T, uma com mérito de Rodrigão, que girou sobre o marcador e quase fez um bonito gol, e na falha de Vanegas, que chutou por cima uma sobra quase na pequena área. Ainda é preciso de destacar que Florentín, que viajou pressionado, fez algo incomum – confesso que nunca havia visto no tempo normal de um jogo. Aos 21/2T, o paraguaio fez quatro trocas de uma vez!

Pode ter sido para poupar visando a copa nacional, pode ter sido por mudança tática pensada com antecedência ou simplesmente tentou algo diferente pela enésima vez. O fato é que não funcionou. O rubro-negro não melhorou em setor algum e chegou a seis jogos sem vitória, com 5E e 1D somando PE e NE. Pela Lampions, embora siga no G4, com 8 pontos em 6 rodadas, o time pernambucano só marcou 4 gols. Com um poder de fogo assim, o clube tende a precisar bastante da vantagem existente na 1ª fase da Copa do Brasil…

A sequência do Sport com 6 jogos fora da casa
1º) 27/02 – Altos 0 x 0 Sport (Nordestão)
2º) 02/03 – Altos x Sport (Copa do Brasil)
3º) 05/03 – Bahia x Sport (Nordestão)
4º) 08/03 – Salgueiro x Sport (Estadual)
5º) 12/03 – Náutico x Sport (Estadual)
6º) 16/03 – Íbis x Sport (Estadual)

Escalação do Altos (melhor: Bala; pior: Manoel)
Marcelo; João Carlos, Mimica, Lucas Sousa e Marconi; Alexandre Quaresma, Tibiri, Danilo Bala e Elielton; Betinho e Manoel (Dico). Técnico: Carlos Rabelo

Escalação do Sport (piores: William, Vanegas e Maílson)
Mailson; Ewerthon, Thyere, Sabino, Sander (Lucas Hernández); William Oliveira, Pedro Naressi (Paulinho), Ítalo (Ronaldo), Everton Felipe (Ray Vanegas); Rodrigão (Parraguez) e Jáderson. Técnico: Gustavo Florentín

Curiosidade histórica
Num confronto inédito, o Altos do Piauí foi o 407º adversário diferente enfrentado pelo Sport desde 1905, considerando as 5.323 partidas realizadas pelo time principal do leão.

Leia mais sobre o assunto
A premiação do Nordestão de 2022 será de R$ 31,56 milhões; confira as cotas

O ranking com os 30 clubes mais valiosos do Brasil; Sport é o 3º mais valioso do NE

O registro das quatro alterações no perfil oficial do Sport. Já tinha visto isso?


Compartilhe!