Compartilhe!
  •  
  • 3
  •  
  •  

Sander foi um dos nomes do time principal acionados na noite. Foto: Anderson Stevens/Sport.

Em duas cobranças de escanteio, o Salgueiro virou o jogo sobre o Sport, em plena Ilha do Retiro, e conseguiu a segunda vitória consecutiva no Campeonato Pernambucano de 2021. O atual campeão estadual precisou ter muita paciência para arrancar o resultado positivo, já se garantindo no “G2” nesta segunda rodada – pois Santa Cruz e Retrô, que também largaram vencendo, empataram nesta quarta-feira.

Ao contrário da estreia no PE, na qual utilizou três reservas e compôs o restante da equipe com juniores, desta vez o leão utilizou mais atletas do time principal, como Márcio Araújo, Ricardinho, Chico e Mikael. Porém, ainda sem os principais nomes, como Adryelson, Patric, Marcão e Thiago Neves. Embora caiba discussão sobre qual formação deveria ser utilizada no Estadual (particularmente, acho que o Sport deveria ter mantido a equipe da estreia neste momento), o time conseguiu jogar um pouco melhor em relação ao último domingo, contra o Sampaio pelo NE, com uma formação semelhante a esta.

Mais uma vez o Sport abriu o placar, num golaço de Mikael. Atento à saída do carcará, ele recuperou a bola e chutou do círculo central. Só que o visitante respondeu quatro minutos depois, aos 16. O zagueiro Leozão fez de cabeça. Foi o 3º gol do defensor em 3 jogos pelo time sertanejo – 2 pelo PE e 1 pelo NE. No 2T, o Sport teve mais volume, acertou a trave, com Gustavo, teve um gol de Mikael mal anulado e viu o goleiro Lucas fazer duas ótimas defesas.

Só que o “quase” não adianta, sobretudo diante de um adversário reconhecidamente eficiente no cenário local. Aos 49, Tarcísio cobrou um escanteio, numa rara chegada do Salgueiro, o experiente Ranieri escorou e Raimundo Júnior bateu seco, Salgueiro 2 x 1. Grande vitória de um time que quase desistiu de participar do Nordestão e da Copa do Brasil devido à crise financeira. Focado no campo, o Salgueiro segue sendo o interiorano mais qualificado.

Qual será o time da Copa do Brasil?
Quanto ao Sport, o revés em casa ocorreu no dia da divulgação da tabela da 1ª fase da Copa do Brasil, com o duelo contra a Juazeirense agendado dentro de sete dias. É o tempo para o Sport regularizar as suas principais peças para reduzir o risco de nova eliminação na 1ª fase. Além disso, tenta solucionar o problema do “Caso André”. Tudo para que o time não seja o desta noite…

Escalação do Sport (melhores: Mikael e Gustavo; piores: Márcio, Sander e Mateusinho)
Mailson; Ricardinho, Pedrão, Chico e Sander; Márcio Araújo (Paulinho), Serrato (Pablo Pardal) e Gustavo; Ewerthon, Luciano Juba (Mateusinho) e Mikael. Técnico: Emílio Faro (interino)

Escalação do Salgueiro (melhores: Leozão, Lucas e Raimundo Júnior)
Lucas; Sinho, Elenilson, Leozão e Tarcísio; Bruno Sena, Moreilândia (Ranieri), Felipe Baiano (Raimundo Júnior) e Cássio Ortega (Aruá); Thomas Anderson (Emanuel) e Alison Araçoiaba (Kelsen). Técnico: Daniel Neri

Histórico geral de Sport x Salgueiro (todos os mandos)
39 jogos
20 vitórias rubro-negras (51,2%)
10 empates (25,6%)
9 vitórias salgueirenses (23,0%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Fred Figueiroa e João de Andrade; min 9 a 29):

Leia mais sobre o assunto
As folhas dos dez clubes do Pernambucano de 2021 somam R$ 4,27 milhões

A tabela do Campeonato Pernambucano de 2021, com turno e mata-mata


Compartilhe!
  •  
  • 3
  •  
  •