Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Sampaio Corrêa e Náutico comemorando as respectivas classificações à decisão da Série C.

A final do Campeonato Brasileiro da Série C de 2019 reúne dois clubes nordestinos, assegurando desde já o primeiro título nacional da região nesta temporada. E trata-se de uma decisão com as duas melhores equipes da competição, se revezando na liderança da pontuação geral desde a primeira fase. Incluindo os mata-matas, no somatório geral, o critério para a definição do mando de campo, o Sampaio ficou à frente do Náutico, 41 x 38. Portando, ida no Recife e volta em São Luís.

Esse confronto já aconteceu três vezes nesta temporada, sendo um pelo Nordestão e dois pela própria Série C. E o alvirrubro pernambucano venceu o tricolor maranhense nas três oportunidades, duas em casa e uma fora. Agora, mais dois jogos, com o primeiro mata-mata.

Calendário da final
29/09 (16h00) – Náutico x Sampaio Corrêa (Aflitos)
06/10 (16h00) – Sampaio Corrêa x Náutico (Castelão)

As campanhas gerais na Série C após 22 jogos
1º) 41 pts – Sampaio (12V, 5E e 5D; 28 GP e 21 GC)
2º) 38 pts – Náutico (11V, 5E e 6D; 29 GP e 23 GC)

Esta final “caseira” valerá o 16º título nacional do Nordeste desde 1959, considerando todas as competições oficiais organizadas pela CBF e por sua precursora, a CBD – cronologia abaixo. Nos últimos três anos, esta será a 4ª taça, todas em divisões inferiores do futebol brasileiro. A seguir, observações sobre os dois finalistas em caso de título nesta terceirona.

Se o Sampaio for campeão…
– Se isolaria como o clube com mais títulos nacionais na região, independentemente do peso da conquista. Hoje, divide a ponta com o Sport, ambos com três. Esta é a segunda vez que o clube tenta chegar à 4ª taça. Em 2013, também na Série C, perdeu a final para o Santa.

– Seria o primeiro título nacional a não corresponder à última divisão. Nos três anos em que a Bolívia Querida foi campeã brasileira, a divisão era a última do país na ocasião, com a B em 1972, a C em 1997 e a D em 2012. Desta vez, ainda haveria uma divisão abaixo.

2º na 1ª fase, o Sampaio tirou São José (quartas) e Confiança (semi). Foto: Lucas Almeida/Sampaio.

Se o Náutico for campeão…
– Seria o primeiro título nacional do alvirrubro, que já ficou com o vice-campeonato em três oportunidades. Em 1967, na Taça Brasil, hoje equiparada à Série A, e em 1988 e 2011 na Série B – sendo que a segunda campanha já foi na era dos pontos corridos.

– O timbu seria o 11º clube da região a conquistar um título nacional oficial. Com isso, Pernambuco chegaria a 5 taças e abriria vantagem neste cenário, com 2 troféus à frente de Maranhão e Ceará.

1º na 1ª fase, o Náutico tirou Paysandu (quartas) e Juventude (semi). Foto: Léo Lemos/Náutico.

Histórico geral de Náutico x Sampaio (todos os mandos)
20 jogos
10 vitórias pernambucanas (50,0%)
4 empates (20,0%)
6 vitórias maranhenses (30,0%)

Cronologia dos títulos nacionais do Nordeste
1º) 10/12/1959 – Bahia* 3 x 1 Santos (Taça Brasil)
2º) 17/12/1972 – Sampaio Corrêa* (5) 1 x 1 (4) Campinense (Série B)
3º) 07/02/1988 – Sport* 1 x 0 Guarani (Série A)
4º) 19/02/1989 – Internacional 0 x 0 Bahia* (Série A)
5º) 16/12/1990 – Sport* 0 x 0 Atlético-PR (Série B)
6º) 30/11/1997 – Sampaio Corrêa* 3 x 1 Francana (Série C)
7º) 11/06/2008 – Sport* 2 x 0 Corinthians (Copa do Brasil)
8º) 14/11/2010 – Guarany de Sobral* 4 x 1 América-AM (Série D)
9º) 20/11/2010 – ABC* 0 x 0 Ituiutaba (Série C)
10º) 21/10/2012 – Sampaio Corrêa* 2 x 0 Crac (Série D)
11º) 03/11/2013 – Botafogo-PB* 2 x 0 Juventude (Série D)
12º) 01/12/2013 – Santa Cruz* 2 x 1 Sampaio Corrêa (Série C)
13º) 21/10/2017 – CSA* 0 x 0 Fortaleza (Série C)
14º) 04/08/2018 – Treze 1 x 0 Ferroviário* (Série D)
15º) 10/11/2018 – Avaí 0 x 1 Fortaleza* (Série B)
16º) 06/10/2019 – Sampaio Corrêa ou Náutico (Série C)
* Campeão

Total: 3x Série A, 1x Copa do Brasil, 3x Série B, 5x Série C e 4x Série D

Clubes nordestinos com conquistas nacionais*
3 – Sport (Série A 1987, Série B 1990 e Copa do Brasil 2008)
3 – Sampaio Corrêa (Série B 1972, Série C 1997 e Série D 2012)
2 – Bahia (Taça Brasil 1959 e Série A 1988)
1 – Guarany de Sobral (Série D 2010)
1 – ABC (Série C 2010)
1 – Botafogo-PB (Série D 2013)
1 – Santa Cruz (Série C 2013)
1 – CSA (Série C 2017)
1 – Ferroviário (Série D 2018)
1 – Fortaleza (Série B 2018)
* Desconsiderando o peso de cada título, com ordem a partir da última taça

Estados nordestinos com conquistas nacionais*
4 – PE (Série A 1987, Série B 1990, Copa do Brasil 2008 e Série C 2013)
3 – MA (Série B 1972, Série C 1997 e Série D 2012)
3 – CE (Série D 2010 e 2018, e Série B 2018)
2 – BA (Taça Brasil 1959 e Série A 1988)
1 – RN (Série C 2010)
1 – PB (Série D 2013)
1 – AL (Série C 2017)
* Desconsiderando o peso de cada título, com ordem a partir da última taça

Relembre os três confrontos em 2019
07/03 – Náutico 2 x 1 Sampaio. De virada, timbu encostou no G4 da Copa do Nordeste

10/06 – Sampaio 0 x 2 Náutico. Timbu superou o campo pesado e voltou ao G4 da Série C

12/08 – Náutico 2 x 1 Sampaio. De virada, o timbu se aproximou da vaga nas quartas da C

Leia mais sobre o assunto
Náutico elimina o Juventude e vai à final da Série C. Nos pênaltis, de novo


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •