Compartilhe!

Obs. Não pude assistir ao jogo. Aqui, trato o contexto. Foto: Evelyn Fotografias/Santa Cruz.

No sábado, a torcida coral celebrou o cinquentenário da inauguração do Arruda, embalando a venda de ingressos para o jogo contra o Sergipe, no domingo. Com a capacidade ainda limitada, a torcida adquiriu o que foi possível, com 19.999 espectadores, quebrando o recorde público desta edição da Série D – que já era do clube, com 19.491 na estreia em casa, contra o ASA. E a presença coral desta vez foi recompensada, com a vitória do Santa por 1 x 0, gol do atacante Hugo Cabral, escorando um cruzamento aos 43 minutos do 1º tempo – veja o lance no vídeo abaixo.

O jogador foi contratado apesar do jejum pessoal de três anos sem balançar as redes no futebol profissional. Pelo time coral, entretanto, ele já soma dois gols em duas partidas, sendo decisivo para os 4 pontos obtidos diante do campeão sergipano. Com isso, fechando a 8ª rodada do Grupo A4, o Santa deu um salto na tabela, do 6º para o 3º lugar.

Ou seja, o clube pernambucano integra o G4 da chave pela primeira vez, hoje se credenciando ao mata-mata do Brasileiro. É verdade que ainda restam seis jogos nesta fase classificatória, mas essa ligação entre time e torcida, tão importante no último acesso na 4ª divisão, pode ser o fator que estava faltando num campeonato tecnicamente nivelado por baixo. Voltando ao Arruda, o duelo nordestino deu início à caminhada rumo ao centenário, ainda distante. Até hoje foram 1.578 jogos Santa no Mundão, com 933 vitórias, 377 empates e 268 derrotas.

Escalação do Santa Cruz
Jefferson; Edson Ratinho, Alemão, Luan Bueno e Dudu Mandai; Gilberto (Rodrigo Yuri), Daniel Pereira e Wescley (Tarcísio); Matheuzinho (Fabrício), Hugo Cabral (Lucas Silva) e Rafael Furtado (Raphael Macena). Técnico: Marcelo Martelotte

Escalação do Sergipe
Dida; Chiquinho Alagoano (Sinho), Alexandre Lazarine, Diego Augusto e Wendell Lomar; Matheus Silva, Elivelton (Diego Aragão), Ewerton Ageu (Phillip) e Fabiano (Alan James); Hiago (Kaio Wilker) e Paulinho Simionato. Técnico: Rafael Jacques

Histórico geral de Santa Cruz x Sergipe (todos os mandos)
23 jogos
10 vitórias tricolores (43,4%)
8 empates (34,7%)
5 vitórias sergipanas (21,7%)

Classificação do Grupo A4 da Série D após a 8ª rodada
1º) 14 pontos – ASA (4V, 2E e 2D; 8 GP e 9 GC; -1)
2º) 14 pontos – Lagarto (3V, 5E e 0D; 14 GP e 7 GC; +7)
3º) 11 pontos – Santa Cruz (3V, 2E e 3D; 8 GP e 9 GC; -1)
4º) 10 pontos – Jacuipense (2V, 4E e 2D; 12 GP e 11 GC; +1)
5º) 10 pontos – CSE (2V, 4E e 2D; 16 GP e 16 GC; 0)
6º) 9 pontos – Juazeirense (2V, 3E e 3D; 5 GP e 8 GC; -3)
7º) 8 pontos – Atlético-BA (2V, 2E e 4D; 8 GP e 9 GC; -1)
8º) 6 pontos – Sergipe (0V, 6E e 2D; 5 GP e 7 GC; -2)

Leia mais sobre o assunto
A tabela de jogos do Santa Cruz no Campeonato Brasileiro da Série D de 2022

Abaixo, assista ao único gol da partida, através do perfil oficial da FPF no Instagram.


Compartilhe!